Olimpíadas Especiais Brasil organiza Jogos Regionais Sudeste 2023

A cidade de São João de Meriti reúne 300 atletas com deficiência intelectual competindo em dez modalidades

 

Foto: Divulgação

Após um ano repleto de atividades, as Olimpíadas Especiais Brasil (organização voltada para o desenvolvimento de pessoas com deficiência intelectual por meio do esporte) realizam o último grande evento do calendário de 2023: os Jogos Regionais Sudeste, em São João de Meriti, no estado do Rio de Janeiro. A competição acontece entre 1 e 3 de dezembro com a participação prevista de 300 atletas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Durante os três primeiros dias do mês, os atletas vão competir em Atletismo, Ginástica Rítmica, Natação e Tênis, além de outras seis modalidades no formato Unificado – forma de disputa em que pessoas com e sem deficiência intelectual competem juntas. São elas: Badminton, Basquete 3×3, Bocha, Futsal, Tênis de Mesa e Vôlei de Praia. A maioria das competições e atividades dos programas será realizada na Vila Olímpica de São João de Meriti, localizada na Rua Milton.

Para além das competições, o evento também conta com atividades ligadas aos programas da OEB que visam atender por completo a pessoa com deficiência e sua família. É o caso de Atletas Saudáveis, focado nas especificidades da saúde da pessoa com deficiência intelectual; Atletas Jovens, que promove a iniciação esportiva em crianças; e Liderança Juvenil, destacando a autonomia da pessoa com deficiência intelectual.

 

 

SOBRE OLIMPIADAS ESPECIAIS BRASIL

Projeto global sem fins lucrativos, a Special Olympics é um movimento mundial centrado no desporto, fundado em 1968 por Eunice Kennedy Shriver – irmã do 35° presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy. Trata-se de uma organização internacional criada para apoiar pessoas com deficiência intelectual a desenvolverem a sua autoconfiança, capacidades de relacionamento interpessoal e sentido de realização por meio do esporte.

Acreditada pela Special Olympics International, as Olimpíadas Especiais Brasil atuam nas seguintes modalidades esportivas: atletismo, águas abertas, basquete, bocha, ciclismo, futebol, natação, handebol, ginástica rítmica, tênis, tênis de mesa, vôlei de praia e judô, além dos Programas: Atleta Líder, Escolas Unificadas, Atletas Saudáveis, Atletas Jovens, MATP (Programa de Treinamento em Atividade Motora) e Famílias. Tendo o país quase seis milhões de pessoas com deficiência intelectual, as Olimpíadas Especiais Brasil possuem 44 mil atletas treinando.

 

Filosofia

A Special Olympics tem como filosofia dar oportunidade a todos os atletas, independente do nível de habilidade, promovendo diversas competições, nas mais diferentes regiões do mundo, durante todo o ano. O programa é conduzido por voluntários e por meio de treinamentos esportivos e competições de qualidade, melhora a vida das pessoas com deficiência intelectual e, consequentemente, a vida de todas as pessoas que as cercam.

 

Embaixadores

A Special Olympics conta, em nível local e global, com uma série de embaixadores que vestem a camisa do movimento e ajudam a levar adiante a causa. No Brasil, as OEB dispõem de nomes como os jogadores de futebol Cafu, Ricardinho, Romário, Zico, Lucas Moura e Willian Bigode, a jogadora de vôlei Jakie Silva, e as campeãs de nado sincronizado Bia e Bianca. No mundo, além de nomes importantes do esporte, com destaque para Michael Phelps, há artistas como Avril Lavigne, Brooklyn Decker Roddick, Charles Melton, Eddie Barbanell, Maureen McCormick, Chris Pratt e Katherine Schwarzenegger.

 

 

 

Por coletivacomunicacao.com.br

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *