Luiz Henrique apresenta Sambas que o tempo levou em fevereiro no Rio

Foto: Alex Mendes

Comemorando 20 anos de carreira, o cantor Luiz Henrique apresenta seu mais novo álbum ”Sambas que o tempo levou’‘ no show de lançamento que acontece no próximo dia 22 de fevereiro, às 20h, na sala Paulo Moura do Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola – na Tijuca.

A obra é um verdadeiro mergulho na memória musical brasileira através das 12 faixas que, embora já consagradas nas vozes de Carmen Miranda, Francisco Alves e Aracy de Almeida; acabaram caindo no esquecimento por parte do grande público. Entre os compositores marcam presença: Noel Rosa, Sinhô, Custódio Mesquita, Henrique Vogeler, Eduardo Souto e J. Aimberê. Os músicos Alceu Maia e Dirceu Leite também participam das gravações, com produção e arranjos do bandolinista Ricardo Calafate em uma seleção de sambas, sambas-canção e sambas-choros. 

A direção artística é da jornalista Sonia Monte, além de direção musical e arranjos de Gabriel Gonzaga. Convidada mais do que especial, a cantora Lu Fogaça, faz com Luiz um passeio que retrata a música brasileira dos anos 20 e 30, com pérolas como: SabiáSilêncio de um minutoEu sei sofrer, Palacete de Malandro e etc. 

Luiz Henrique, cantor e compositor carioca, começou a carreira em 1999, tendo sido gravado por artistas do rádio como Bob Lester, Cauby Peixoto e Emilinha Borba, com a qual também se apresentou em diversas ocasiões. A composição Grandes Mitos, de autoria do mesmo, foi gravada pela dupla épica formada pelo cantor que eternizou a canção Conceição e com uma das maiores divas da Era do Rádio.   

Boêmio convicto e morador do bairro da Glória, o carioca com quase meio século de vida, desde 2010 se destaca por trabalhos de resgate musical. Com os cds ”Um Sinhô Compositor” e ”Pro Samba Que Noel Me Convidou” homenageou, respectivamente, dois grandes nomes da música brasileira: Sinhô e Noel Rosa. No álbum anterior, ”Menino de 47”, que gravou em parceria com Velha Guarda Show do Império Serrano, para comemorar os setenta anos da escola de samba, o artista contou com a participação de bambas como Arlindo Cruz, Jorginho do Império, Wilson das Neves, entre outros.

A primeira tiragem é distribuída gratuitamente e quem for ao show recebe o álbum no local. Para adquirir o cd posteriormente basta ir até o Studio Musical Luzia Rohr que fica na Av. Treze de maio, nº. 47 – sala 606, às terças, quartas e quintas das 10h às 18h, no Centro.
Mais sobre Luiz Henrique em http://www.pelotelefone.com/samba27.html

 

Serviço:

Show de Lançamento: Sambas que o tempo levou

Data: 22 de fevereiro de 2019 (SEX) | Horário: 20h
Local: Centro da Música Carioca Artur da Távola 
End .:. Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca – telefone: (21) 3238-3831
Ingressos: R$30,00  (inteira) | R$15,00 (meia entrada)

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: