Etíope vence Maratona do Rio, na primeira prova de 42km de sua vida

Descoberto por treinador mineiro, Mersimoy Niguse Alem subiu no topo do pódio masculino. No feminino, a vitória foi de Zinash Estifo Banetirga, também da Etiópia

 

Largada
Foto: Dizz Media

 

A Maratona CAIXA do Rio de Janeiro chegou este ano à sua 16ª edição, sempre com muitas histórias para contar. E neste domingo, dia 3, um capítulo diferente e especial foi escrito nas ruas da Cidade Maravilhosa. O etíope Mersimoy Niguse largou para disputar pela primeira vez uma prova de 42km e cruzou a linha de chegada como o grande vencedor masculino, em 2h18min41s. O queniano Nicolas Kipkorir Chelimo ficou em segundo, seguido do brasileiro Gilmar Silvestre Lopes (Brasil/Cruzeiro), 2h21min01s.

No feminino, Zinash Estifo Banetirga, também da Etiópia, subiu no topo do pódio, com o tempo de 2h41min40s. A pernambucana Mirela Saturnino ficou com a segunda colocação (2h42min06). Priscilla Lorchima do Quênia terminou em terceiro (2h44min02). A maior prova de 42km do Brasil reuniu 14 mil corredores, com largada no Recreio dos Bandeirantes e chegada no Aterro do Flamengo.

 

Mersimy Niguse
Foto: Dizz Media

“Fiquei muito honrado de competir aqui. Nunca tinha saído do meu país até vir para cá. Gostei muito da cultura do Rio e do clima. O visual é muito bonito. Só não esperava as duas subidas do percurso”, afirmou Mersimoy Niguse Alem, com a timidez típica dos novatos.

 

A história do campeão da Maratona do Rio só pôde ser escrita graças ao técnico mineiro Paulo dos Santos Rodrigues. Ex-atleta, ele iniciou um trabalho social na Etiópia após conhecer a realidade do país e criou uma equipe de atletismo chamada informalmente de Nova Flor, uma tradução do nome da capital etíope, Adis Abeba. “Uma vitória numa prova desse nível muda a vida de um fundista. Trabalhar com atletas como esses é muito gratificante”, explica Paulo.

Ao todo, a maior corrida da América Latina levou 38 mil pessoas para a orla carioca neste fim de semana, em provas de 42km, 21km, 10, 6km, percurso infantil e o Desafio Cidade Maravilhosa (21km + 42km), além de atrações musicais e food trucks.

 

 

Vice-campeã entre as mulheres, pernambucana Mirela Saturnino de Andrade foi a brasileira mais bem colocada. Gilmar Silvestre Lopes ficou com a 3ª colocação

 

Atleta mais bem colocada do Brasil, a pernambucana Mirela Saturnino de Andrade destacou a importância do apoio dos torcedores do longo do percurso pelo cenário deslumbrante do Rio de Janeiro.

 

Mirela Saturnino
Foto: Dizz Media

“A natureza, o ar, as pessoas gritando e vibrando, isso faz toda diferença. Você se sente lá no alto. Estava me sentindo ótima até o quilômetro 30. Quando chega ali, fica mais difícil. Vem dor no pé, na patela, e a gente tem que lutar contra as feridas. Consegui manter o ritmo e dedico esse resultado a meu pai, que hoje completa 55 anos. Estou feliz porque dei meu melhor”, disse Mirela, que disputou a prova pela quarta vez e em todas foi ao pódio, com um quinto lugar, um terceiro lugar, um vice-campeonato em 2017 e outro este ano.

 

No masculino, o melhor brasileiro foi o mineiro Gilmar Silvestre Lopes, terceiro colocado (2h21min01s), logo à frente de seu irmão gêmeo Gilberto, quarto colocado com 2h21min55s. Veterano na Meia Maratona no Rio, Gilmar levou o bronze logo na segunda maratona de sua carreira.

 

Gilmar Silvestre
Foto: Dizz Media

 

“A gente treina muito para chegar ao pódio. Corri no bloco da frente o tempo todo, junto com os africanos. No quilômetro 30 tentei sair, mas os africanos corresponderam e não consegui me aproximar nos últimos dois quilômetros. Já estava muito esgotado. A Maratona do Rio está crescendo cada vez mais, com o nível melhor a cada ano. A melhor coisa que fizeram foi ter botado a Meia Maratona no sábado e a Maratona no domingo. Foi muito bom”, afirmou Gilmar.

 

 

Family Run leva milhares de corredores ao Aterro

 

Orla da Reserva
Foto: Dizz Media

 

O domingo também foi de disputa na Family Run, que reuniu milhares de inscritos para corridas de 6km e 10km. Num domingo de temperatura amena e sem sol no Rio de Janeiro, o clima foi ideal para os 8 mil participantes da prova.

 

Gisele Barros
Foto: Claudio Toros

 

“Foi um dia bom para correr. Nublado, abafado, mas não estava quente, nem chovendo. Então foi perfeito. Fiz uma prova boa, num ritmo bom. Estava previsto para correr a Maratona, mas preferir me poupar e correr os 10km, para não correr o risco de me lesionar”, disse Gisele Barros de Jesus, que ganhou a disputa feminina dos 10km em 37min45s.

 

No masculino, Pablo Fagundes da Costa levou o ouro na prova de 10km, com o tempo de 31min06s, logo à frente de seu companheiro de equipe Alison Vinicios Leão Costa.

 

Pablo Fagundes
Foto: Claudio Toros

“É a primeira vez que corro aqui no Rio. O percurso é muito bom. Fico feliz de sair vitorioso da prova. Não esperava fazer esse tempo. Vim de lesão e, graças a Deus consegui fazer uma marca boa.”

 

 

 

RESULTADOS

 

MARATONA CAIXA DO RIO DE JANEIRO

 

 

Feminino

1)    Zinash Estifo Banetirga (Etiópia/Nova Flor), 2h41min40s

2)    Mirela Saturnino de Andrade (Brasil/Marinha), 2h42min26s

3)    Priscilla Lorchima (Quênia/Luasa Sports/Caixa), 2h44mins02s

4)    Roselaine de Souza Ramos Benitis (Brasil/Filé& Marcia Narloch), 2h46min35s

5)    Marcela Cristina Gomez Cordeiro (Brasil/Cruzeiro), 2h47min52s

 

Masculino

1)    Mersimoy Niguse Alem (Etiópia/Nova Flor), 2h18min41s

2)    Nicolas Kipkorir Chelimo (Quênia/Luasa Sports/Caixa), 2h18min59s

3)    Gilmar Silvestre Lopes (Brasil/Cruzeiro), 2h21min01s

4)    Gilberto Silvestre Lopes (Brasil/Pé de Vento), 2h21min55s)

5)    Valdir Sergio de Oliveira (Brasil/Cruzeiro), 2h22min54s

 

 

MEIA MARATONA OLYMPIKUS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

 

Feminino

1)    Meseret Merine (Etiópia/ Luasa Sports Caixa), 1h15min21

2)    Gessica Ladeira (Brasi/ Filé e Marcia Narloch), 1h19min17s

3)    Rejane Ester Bispo da Silva (Brasil/ Filé e Marcia Narloch), 1h20min02s

4)    Caroline Jepkemei Kimosop (Quênia/ Luasa Sports Caixa), 1h25min20s

5)    Larissa Marcelle (Brasil/ Pé de Vento), 1h26min02s

 

Masculino

1)    Paul Kipkemoi Kipkorir (Quênia/ Luasa Sports Caixa), 1h04min05s

2)    Giovane dos Santos (Brasil), 1h06min13s

3)    Jacob Kemboi Kiprotich (Quênia/ Luasa Sports Caixa), 1h07min17s

4)    Glenison Gilbert de Carvalho (Brasil/ Elite Academia), 1h08min23s

5)    Gustavo Henrique Pereira Nascimento (Brasil/ Luasa Sports Caixa RKM) 1h09min07s

 

 

FAMILY RUN 10KM

Feminino

 

1)    Gisele Barros de Jesus (Brasil/Filé & Marcia Narloch), 37min45s

2)    Solange Maria Mariano (Brasil/ Street Runner USA), 38min18s

3)    Luzinete Andrade dos Santos Miranda (Brasil/MT Fit Run), 39min41s

4)    Evillim Rezende Correa (Brasil/MT Fit Run), 40min05s

5)    Iris Ribeiro do Nascimento (Brasil), 41min22s

 

Masculino

1)    Pablo Fagundes da Costa (Brasil/MT Fit Run), 31min06s

2)    Alison Vinicios Leão Costa (Brasil/MT Fit Run), 31min08s

3)    Eduardo de Brito Ramos (Brasil), 32min46s

4)    Rodrigo Lira (Brasil/Diana Cretaro Sports), 33min22s

5)    José Ivanildo Amorim de Paiva (Brasil), 33min27s

 

FAMILY RUN 6KM

Feminino

 

1)    Margarita Andrea Masias Guineo (Argentina), 22min10s

2)    Joseli Janes de Castro (Brasil/Casa do Corredor), 22min21s

3)    Magda Amaral dos Santos Miranda (Brasil/Club da Corrida), 23min43s

4)    Maria Julia da Silva (Brasil/Marines), 24min09s

5)    Marina Malachias (Brasil/Massas de Geovani Braga), 24min18s

 

Masculino

1)    Welerson Rafael Pires do Nascimento (Brasil/Appai), 18min48s

2)    Paulo Machado dos Santos Silva (Brasil/Appai), 18min54s

3)    Equipe Solange Aparecida, 18min56s

4)    Marcelo Avelar (Brasil/Equipe Solange Aparecida), 19min02s

5)    Douglas C. da Silva (Brasil/Floripa Runners), 19min04s

 

Por: Divulgação

Site: www.maratonadorio.com.br

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: