Fábio Júnior faz dueto com o Padre Fábio de Mello no Km de Vantagens Hall RJ

“Vou dar só as iniciais, começa com FÁBIO e termina DE MELO. Xará, Brigaduuu!”, Fábio Jr. em relação ao padre. 

 

Foto: Paulo Tauil

 

Depois de voltar de uma turnê pela Europa, onde se apresentou na Suíça, França, Bélgica e Portugal, no sábado, 02 de junho, foi a vez do Rio de Janeiro receber o show de Fábio Júnior, o cantor mais romântico do Brasil. Com todo seu romantismo, Fábio emocionou os fãs no Km de Vantagens Hall RJ, na Barra da Tijuca, Zona Oeste. Por volta das 22:50, Fábio entrou no palco e com a música “Voltei a Fazer Planos”, iniciou a noite que vai ficar marcada pela presença do Padre Fábio de Mello, que emocionou a plateia ao lado do pai de Cléo. 

 

Foto: Edna Rocha

 

Acompanhado por uma banda formada por Amador Longhini no teclado e direção musical, Álvaro Gonçalves na guitarra e violão, Bruno Coppini no baixo, Gustavo Barros na guitarra, Pepa D’Elia na bateria e Aldo Gouveia e Ellis Negress nos vocais, Fábio, apresentou um espetáculo que envolveu não só os fãs, mas todos aqueles que apreciam a boa música. Ele interpretou sucessos como “Só Você”, “Enrosca”, “Pai”, “O Que Que Há”, “Se quiser” (voz e violão), entre outras. Em um dueto com o padre, o público foi envolvido pela música “Pareço Um Menino”, quando terminaram de cantar, Fábio disse que o padre ainda não iria sair do palco, pois nem ele, e nem a plateia iriam deixa-lo ir  tão fácil. Sem trabalhar mais um “cadinho”?”, resumiu o cantor entre risos. 

 

Foto: Edna Rocha

 

“Hoje, eu estava pensando que o meu trabalho e meu ofício me levou à muitos lugares e me fez conhecer muitas pessoas. E eu tenho uma gratidão muito grande a Deus, por me permitir ser o padre que eu sou e fazer o que faço. Mas eu confesso para vocês, que hoje, estar aqui, para mim é muito especial. Tenho um carinho muito grande por esta pessoa, por esse ser maravilhoso que tanto já tocou meu coração com sua arte. Muito obrigado, seu Fábio! É uma honra estar aqui!”, disse Padre Fábio antes de começar a cantar com Fábio Jr.

 

Em seguida, o Padre Fábio começou a cantar a canção “Vida”, um sucesso que fez muitas fãs voltarem ao de 1988, e ainda recordarem de um grande sucesso da TV Globo, a novela “Top Model” (1989). Na saga de Walther Negrão e Antônio Calmon, a canção embalava a sofrência nas histórias de amor e da doméstica Cida, que foi vivida por Drica Moraes. 

 

Foto: Edna Rocha

 

As fãs não se continham na cadeira, muitas gritavam que ele era lindo e que não tinha conhecido elas ainda, mas na hora dos clássico “Felicidade”, “Alma Gêmea” e “Caça e Caçador”, a maioria delas já tinham esquecido seus lugares, e grudadinhas ao ídolo acompanhavam cada letra das canções. Algumas conseguiram subiram ao palco para dar um beijo no pai do Fiuk, e, Nessa vibe, fechando com está última, Fábio despediu-se do público no Km de Vantagens.  “Brigaduuu!”.

 

 

Foto: Paulo Tauil

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Paulo Tauil

 

Foto: Paulo Tauil

 

 

Fonte:

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Top_Model_(telenovela)

 

 

 

 

 

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista que vai te deixar informado sobre tudo que esta acontecendo na cidade do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: