Cantora Nana lança CMG-NGM-PDE em shows no Brasil

“Fico empolgada com essa nova fase de poder tocar com banda no Brasil. Depois de lançar um disco, você quer tocar, ver a reação das pessoas. Por isso, estou feliz de estar no meu país, tocar, interagir com as pessoas, ver como as músicas vão ser recebidas ao vivo. Eu já sei que vou me divertir, me sinto muito à vontade cantando e tocando no palco” comenta.

 

Foto: Divulgação

A cantora e compositora baiana Nana, chega ao Brasil para lançar a turnê de seu novo disco independente, “CMG-NGM-PDE” – referência à planta comigo-ninguém-pode, famosa por espantar mau-olhado e atrair boas energias. Em São Paulo, Nana se apresenta na Casa do Mancha, em Pinheiros, no dia 11 de janeiro (quinta-feira), às 21h, com participação especial de Lulina e Felipe S., do Mombojó – ambos estão em “CMG-NGM-PDE” cantando nas faixas “Bomba” e “Caoutchouc”, respectivamente. A apresentação também conta com o músico Hurso Ambrifi, e a noite segue com a discotecagem de Joyce (Cansei do Mainstream). 

 

“Estou muito animada em apresentar esse show em São Paulo. Com as participações, o show vai poder refletir o que o novo álbum tem. A Lulina é uma artista com quem já toquei antes e é sempre maravilhoso dividir o palco com ela. Vai ser a primeira vez com Felipe, músico que admiro tanto. Mas tenho certeza que será tão bom quanto foi no estúdio”, comenta a artista. 

 

Além da capital paulista, Vitória (12 de janeiro, Casa Verde) e Rio de Janeiro (15 de janeiro, Audio Rebel; 27 de janeiro, Hotel Mercure Arpoador) também terão a oportunidade de conferir em primeira mão o novo show completo da artista radicada em Berlim desde 2014.

Para o show, a artista prepara um setlist que passeia pelas diferentes fases de sua carreira. Assim, além do elogiado novo álbum (eleito pelo site “Tenho mais discos que amigos” como o 11º melhor disco nacional de 2017), “pequenas margaridas” (2013) e o EP “berli(m)possível” (2015) também entram no repertório. “Tenho feito lives no Instagram (@ouvindonana), e é interessante ver a recepção do público e saber quais músicas as pessoas querem ouvir. E algumas muito citadas, como ‘Expressionismo Alemão’ e ‘Beli(m) possível’ não devem faltar nos shows”, adianta.

 

Serviço:
Show de Nana, lançamento de “CMG-NGM-PDE”, com participações especiais de Lulina, Felipe S. e Hurso Ambrifi + discotecagem de Joyce (Cansei do Mainstream)
Local: Casa do Mancha (R. Felipe de Alcaçova, 89, Pinheiros, São Paulo)
Dia: 11 de janeiro (quinta-feira)
Horário: 21h
Entrada: R$ 20  

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: