Inscrições abertas para os blocos de rua do Carnaval Rio 2019

Foto: Edna Rocha

Iniciou nesta quarta-feira, 2 de maio de 2018, a primeira fase do processo de inscrição dos blocos de rua para o Carnaval Rio 2019. Os interessados terão 45 dias, até 15 de junho, para realizar o cadastro através do site http://carnaval.rio/registro.

Nesta etapa, os organizadores dos blocos deverão preencher o formulário on-line para inscrição preliminar, informando dados e contatos pessoais do responsável, além de informações do bloco ou banda, tais como nome, público estimado, local, horário, data, estrutura e formato do desfile, entre outros.

Após o preenchimento e envio dos dados, o organizador receberá por e-mail um protocolo com seu número de inscrição e, posteriormente, o cronograma e passo a passo das próximas etapas. Com um total de cinco fases, o processo inclui o preenchimento do sistema, a análise da inscrição, a entrega do resultado de deferimento ou indeferimento do cadastro, a validação dos documentos, incluindo o nada opor dos órgãos públicos; e posterior entrega do documento definitivo de autorização e assinatura do termo de compromisso, única etapa presencial do processo.

A Riotur antecipou as inscrições com o intuito de melhorar a organização do Carnaval Rio 2019, para que seja possível dimensionar a festa com a antecedência necessária e promover um carnaval de rua mais eficiente. O mote para o próximo ano é focar na qualidade e não na quantidade.

Marcelo Alves, presidente da Riotur, disse que estão  trabalhando em conjunto com os órgãos públicos envolvidos na realização do Carnaval, bem como com as entidades civis, incluindo associações de moradores e responsáveis pelos blocos, com o intuito de planejar e organizar o evento de 2019.

 

“Desta forma, ouvindo e unindo diferentes experiências, acreditamos que reuniremos os esforços de todos da melhor forma possível, com tempo suficiente até a execução do evento, dando voz à sociedade que vivencia e realiza o evento, minimizando o impacto no patrimônio público, otimizando a gestão dos órgãos e, principalmente, oferecendo ao grande público o Carnaval que o Rio de Janeiro merece: organizado, seguro e alegre”, diz Marcelo Alves.

 

 

 

Por: Divulgação

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: