Mostra na Caixa Cultural Rio de Janeiro apresenta Filmes da Animação Tcheca

Jirí Trnka
Foto: Divulgação

O universo onírico do artista considerado o “Walt Disney do Leste Europeu” invade a CAIXA Cultural Rio de Janeiro, até o dia 28 de maio de 2017, na mostra de cinema As marionetes de Jirí Trnka com exibições inéditas no Brasil. Serão apresentados seis longas-metragens e 15 curtas de animação inspirados nos contos de fadas, lendas medievais e acontecimentos históricos do tempo do artista tcheco. O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal e apoio do Consulado da República Tcheca. 

“Jirí Trnka é um dos diretores de animação mais importantes da história do cinema, embora ainda seja relativamente pouco conhecido por aqui. Ele influenciou bastante o que é feito principalmente na animação européia desde então, e frequentemente figurou nas listas de melhores filmes da (prestigiada revista francesa de cinema) Cahiers du Cinema”, comenta o curador Pedro Henrique Ferreira. “O que mais chama atenção no trabalho dele é o caráter experimental das narrativas e o espírito fabular que ele consegue criar com marionetes e cenários montados, ao mesmo tempo em que versa filosoficamente, nas entrelinhas, sobre a sua relação com o momento histórico que viveu”, analisa. 

 

Uma prova dessa relação com o momento histórico é o curta O Limpa-Chaminés (Pérák a SS, 1946), baseado na lenda urbana tcheca sobre um homem comum que provoca soldados nazistas

 

O ano tcheco 800
Foto: Divulgação

 

Entre os destaques da mostra, estão também as cópias restauradas de dois longas-metragens: O ano tcheco (Spalícek, 1947) e  As velhas lendas tchecas (Staré povesti ceské, 1953). A produção investiu, ainda, na telecinagem 2K e digitalização de dois outros filmes: o curta-metragem O Circo de Hurvinek (Cirkus Hurvinek), de 1955, e o terceiro trecho do longa O bom soldado Schweil (Dobry Vojak Svejk), de 1955. Todos os filmes serão exibidos em blu-ray, em HD.

 

 

 

 

Programação:

 

24 de maio (quarta-feira)

18h – Sessão de Curtas-Metragens 2, 53 minutos

A história de um violoncelo (Román s basou, 1949), 13 min, Livre

O moinho do diabo (Čertův mlýn, 1949), 21 min, Livre

Canção da Pradaria (Arie Prarie, 1949), 19 min, Livre

19h10 – As Velhas Lendas Tchecas (Staré pověsti české, 1953), 80 min, Livre

 

25 de maio (quinta-feira)

17h – O bom soldado Schweil (Dobrý voják Švejk,1955), 76 min, Livre

18h30 – O príncipe Bayaya (Bajaja, 1950), 87 min, Livre

 

A mão
Foto: Divulgação

26 de maio (sexta-feira)

17h – O Rouxinol do Imperador (Císařův slavík, 1949), 72 minutos, Livre

18h30 – Sessão de Curtas-Metragens 4, 83 min

A paixão (Vášeň, 1962), 9 min, Livre

A avó cibernética (Kybernetická babička, 1962), 9 min, Livre

O Arcanjo Gabriel e o Sr. Alce (Archanděl Gabriel a paní Husa, 1964), 26 min, Livre

A Mão (Ruka, 1965), 18 min, Livre

 

27 de maio (sábado)

18h15 – Sonhos de uma noite de verão (1959) – 76 minutos

 

28 de maio (domingo)

15h – Sessão de Curtas-Metragens 3, 64 minutos

O circo feliz (Veselý cirkus, 1951), 11 min, Livre

O peixe dourado (O zlaté rybce, 1953), 15 min, Livre

Dois gelinhos (Dva mrazíci, 1953), 16 min, Livre

O circo de Hurvinek (OiCirkus Hurvinek, 1955), 22 min, Livre

16h30 – Sessão de Curtas-Metragens 1, 48 minutos

Vovô plantou uma beterraba (Zasadil dědek řepu, 1945), 10 min, Livre

Animais e Bandidos (Zvířátka a Petrovští, 1946), 9 min, Livre

O Limpa-Chaminés (Pérák a SS, 1946), 14 min, Livre

O Presente (Dárek, 1946), 15 min, Livre

 

 

Serviço:

 

Mostra de Cinema As marionetes de Jirí Trnka

Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2

Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)

Telefone: (21) 3980-3815

Data: de 16 a 28 de maio de 2017

Horários: Consultar programação

Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.

Lotação: 80 lugares (mais dois para cadeirantes)

Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h

Classificação Indicativa: Livre

Acesso para pessoas com deficiência

Patrocínio: Caixa Econômica Federal

 

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: