Gabinete de leitura Guilherme Araújo Somos Tropicália – 50 anos do movimento

 

Para comemorar os 50 anos da Tropicália, o Gabinete de Leitura Guilherme Araújo apresentará uma série de encontros poético-musicais ao longo de 2017 

 

Foto: Divulgação

Nesta quinta (23), a partir das 19h30, acontece o ciclo de encontros “Somos Tropicália – 50 anos do movimento“, no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo, em homenagem aos 50 anos do Tropicalismo: as surpreendentes e eletrificadas apresentações de Caetano Veloso e Gilberto Gil no Festival da TV Record em 1967 são consideradas o marco inicial do movimento, que se consolidou com a gravação de “Tropicália Ou Panis Et Circenses”, álbum-manifesto lançado no ano seguinte. Para este mês de fevereiro, o projeto tem o imenso prazer de ter como participantes o poeta e agitador cultural Jorge Salomão, a cantora Ana Cláudia Lomelino (Mãeana + banda Tono) e o músico e compositor Bem Gil (filho e músico de Gilberto Gil, e guitarrista e compositor da banda Tono).

Até dezembro serão programados encontros poético-musicais que ressaltam a importância do tropicalismo na música popular brasileira, com influências que reverberam até hoje no cenário do cancioneiro contemporâneo. As noites vão misturar leituras de poemas e participações musicais em releituras do repertório tropicalista por artistas e poetas – entre novos e consagrados – que de alguma forma ecoam o movimento em seus trabalhos e carreiras.

Os encontros ocorrerão, justamente, no primeiro andar da casa onde morou o irreverente e festivo Guilherme Araújo, célebre empresário e produtor musical dos baianos no final da década de 60, considerado uma espécie de co-criador do Tropicalismo. Por vontade do próprio Guilherme, após sua morte a casa foi transformada em gabinete de leitura, funcionando também como centro cultural. O projeto, sob coordenação e curadoria do jornalista Rafael Millon e do poeta Paulo Sabino (também jornalista), é produzido em parceria com o Gabinete de Leitura.

 

Serviço

Gabinete de Leitura Guilherme Araújo

SOMOS TROPICÁLIA – 50 anos do movimento

Mãena, Bem Gil e Jorge Salomão / Pocket-show e leitura de poesias

23/02 (5ª-feira)

A partir das 19h30

Rua Redentor, 157 Ipanema

Tel infos. 21-2523-1553

Entrada franca c/ contribuição voluntária

Lotação: 60 lugares

Classificação: livre

www.facebook.com/events/1395666403840637/

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: