31 de Maio – Dia Mundial Sem Tabaco- Fume e deixe sua pele até 10 anos mais velha

Especialista em estética e medicina ortomolecular alerta sobre os malefícios do cigarro e lista benefícios de quem para de fumar de acordo com o tempo

  

Dra. Bruna Camarão Foto: Divulgação
Dra. Bruna Camarão
Foto: Divulgação

No dia mundial Dia Mundial Sem Tabaco, a Dra. Bruna Camarão, especialista em medicina estética e ortomolecular, faz um alerta sobre os males que fumo causa ao usuário. “O tabaco é um dos piores pró-oxidantes que existe, causando envelhecimento precoce e várias doenças”, explica a médica.

A especialista destaca que o risco de câncer, doenças respiratórias, cardíacas e vasculares, entre tantas causadas pelo fumo, não são suficientes para acabar com esse hábito. Ela diz que na vaidade será possível eliminar o vício no cigarro, pois as pessoas na atualidade se preocupam com a aparência e não querem ter aspecto mais velho.

Foto: Divulgação / Inca
Foto: Divulgação / Inca

Em estudo feito nos Estados Unidos, ela destaca que as substâncias do cigarro diminuem o colágeno e prejudicam a circulação, deixando a pele envelhecida, pois perde a elasticidade. “A pesquisa mostrou a pele de gêmeos comparando fumantes e não fumantes. O resultado foi perturbador, a pele do não fumante aparentava ter 10 anos a menos do que o gêmeo fumante, em média”.

 

Melhorias de quando a pessoa para de fumar

– Após 20 minutos: Pressão arterial e frequência cardíaca normalizam

– Após 2 horas: Não há mais nicotina na circulação sanguínea

– Em 8 horas: Aumenta o nível de oxigênio no sangue

– Em 48 horas: Melhora a sensibilidade do paladar e do olfato

– Em 72 horas: Respirar torna-se mais fácil

– Em 2 semanas a 3 meses: Melhora a circulação e caminhar fica mais fácil

– De 1 a 9 meses: Diminuição da tosse, congestão nasal, fadiga e falta de ar

– Quando se comemora 1 ano sem fumar – O risco de doença coronariana cai para a metade

– Quando de celebra 5 anos sem fumar – A possibilidade de desenvolver um câncer de pulmão cai pela metade, assim como o risco de câncer de boca, garganta e esôfago.

– De 10 a 15 anos sem fumar – A morte por câncer de pulmão e risco de um infarto do coração torna-se similar a dos não fumantes.

Quando uma pessoa traga a fumaça do cigarro, ela inala 4700 substâncias tóxicas e 40 substâncias comprovadamente cancerígenas.

Foto: Edna Rocha
Foto: Edna Rocha

. Contribui para doenças cardiovasculares e é responsável por 45% dos infartos em pessoas com menos de 65 anos;

. É responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão;

. Causa azia, úlcera gástrica e até câncer de estômago;

. Também é responsável por outros tipos de câncer como: boca, laringe, pâncreas, rins, bexiga, mama, e por várias doenças pulmonares, como enfisema e bronquite;

. Responsável também por muitos casos de acidente vascular encefálico, mais conhecido como derrame;

Além disso, há estudos que comprovam mães que fumaram durante a gestação tendem a ter filhos com peso e altura menor comparados as que não fumaram. Sem esquecer a impotência sexual e envelhecimento cutâneo precoce (rugas). As pessoas que param de fumar vão diminuindo esses riscos ao longo dos anos. “Então, se você fuma, é melhorar parar o quanto antes!”, finaliza a Dra. Bruna Camarão.

 

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista que vai te deixar informado sobre tudo que esta acontecendo na cidade do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: