Azimut traz novo modelo no Rio Boat Show

Eventos, Feiras, Turismo

 

Foto: Alberto Sodré/divulgação

Foto: Alberto Sodré/divulgação

 

Após a reforma da Marina da Glória, a maior feira de outdoor da América Latina voltou ao Rio de Janeiro e expos iates, lanchas, caiaques, pranchas, motores, e outros equipamentos náuticos, em 120 marcas consagradas, como Azimut, Yamaha, Schaefer, Cimitarra, entre outras. O evento teve duração de 10 dias, entre 8 e 17 de abril.

 

 

 

 

Azimut 56/ Foto: Alberto Sodré/divulgação

Azimut 56/ Foto: Alberto Sodré/divulgação

 

 

Uma das grandes novidades do evento foi o iate Azimut 56, um barco de fabricação brasileira.  A embarcação não perdeu seus traços e características baseados no Azimut 83, onde o designer Italiano é marca registrada da empresa.  Primeiro iate de carbono em território brasileiro, o design, a marca definiu através de seu público alvo os interesses que iria abordar no seu novo investimento.

 

 

Francesco Caputo, Davide Breviglieri e o diretor de pós-vendas da Azimut do Brasil Giuseppe Donadio

Francesco Caputo, Davide Breviglieri e o diretor de pós-vendas da Azimut do Brasil Giuseppe Donadio

 

 

O coquetel de lançamento, promovido pela Azimut Yachts junto ao revendedor Yacht Collection, contou com a participação de convidados entre clientes, imprensa e fãs da marca que estavam curiosos em ver de perto o novo barco de 17 metros de comprimento, 3 cabines e espaços externos diferenciados.

 

 

 

Francesco Caputo Foto: Alan Neves

Francesco Caputo
Foto: Alan Neves

 

 

 

Francesco Caputo, diretor comercial da Azimut Yachts, contou que escolheu o salão náutico na Marina da Glória no Rio de Janeiro, por ser o melhor momento para o lançamento do novo modelo.

 

 

 

Davide Breviglieri Foto: Edna Rocha

Davide Breviglieri
Foto: Edna Rocha

 

 

Davide Breviglieri, CEO da Azimut Brasil, revela que as preferências do consumidor brasileiro são diferentes do convencional. O brasileiro prefere uma popa (parte traseira inferior externa dos iates) maior, com churrasqueira e espaço para convidados, enquanto o resto do mundo tem maior gosto pelo flybridge (parte superior externa).

 

 

 

 

Foto: Alberto Sodré/divulgação

Foto: Alberto Sodré/divulgação

 

Breviglieri ressalta que esse modelo agradou também aos clientes da empresa na Venezuela, Colômbia, e países do Caribe. Ele acrescenta que a condição climática é um dos fatores que elevam o interesse pelo Azimut 56, onde o público latino permanece mais tempo na parte externa, do que na parte interna do iate. Para ele, a Azimut focou o sonho e desejo de seu cliente, de um iate confortável, elegante, singular e que atenda as todas as necessidades de lazer.

Written by Ana Christina

Deixe um comentário

Assinar InFoco por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 1.980 outros assinantes

%d blogueiros gostam disto: