Começa amanhã o Rock in Rio Humanorama: Festival de conversas anuncia Lázaro Ramos e Marcos Piangers no painel sobre paternidade no dia 31 de julho

Encerrando o evento, os convidados vão falar sobre os novos rumos das relações familiares e o papel do pai na criação dos filhos

 

Foto: Divulgação

O Rock in Rio Humanorama 2022 está chegando! De quinta-feira at[e domingo, 28 a 31 de julho, o público será convidado a participar de mais 110 atividades distribuídas entre os quatro dias de evento. Com mais 30 horas de conversas online, 100% gratuitas, o Humanorama vai reunir vozes potentes e diversas na disseminação de conhecimento sobre temas urgentes da nossa sociedade. E, uma das conversas confirmadas é do ator Lázaro Ramos e do autor Marcos Piangers sobre paternidade. Com a presença da produtora executiva do filme, Deborah Nikaido, o painel vai aprofundar o tema em relação à responsabilidade paternal em um processo que, desde que o mundo é mundo, sempre foi assumido pela mulher. Além das conversas online, pela primeira vez, o Rock in Rio Humanorama acontece de forma presencial no Learning Village, em São Paulo. Os ingressos para a experiência estão à venda no site do festival.

“Como um pai pode fazer o mundo melhor” é inspirada no filme ‘Papai é Pop’, protagonizado por Lázaro, e que se baseia no livro de mesmo nome. Marcos Piangers escreveu despretensiosamente seu livro em 2005, quando sua filha mais nova tinha 3 anos e a mais velha 10 anos. Sem esperar, o livro alcançou 500 mil cópias. Neste ano, a obra se transforma em um filme com Lázaro Ramos e Paola Oliveira.

É esse painel que o Humanorama traz em 2022, uma discussão tão importante quanto urgente que busca construir uma sociedade mais humana, começando nas relações familiares e nas crianças. Qual a importância de um pai participativo? Quais são os impactos nas novas gerações em que os pais decidem desconstruir uma masculinidade distante e se reconstruir como parceiros? Homens que desconstroem a ideia de uma masculinidade distante, tornam-se pais e parceiros melhores, formam uma cadeia positiva com filhos mais felizes.

 

Para Lázaro, o tema vai além. “Ele vai no tipo de líder que a gente escolhe, no tipo de masculinidade que a gente constrói, que é muitas vezes construído na agressão. Isso diz muito sobre o jeito que a gente vive em comunidade. Quando o papel do pai se torna ser a pessoa que cuida, que participa, que tem prazer em ser pai, um local de muitos desafios e prazeres, eu acho que isso contamina tudo, nosso bairro, nossa cidade, nosso país”, disse o pai e ator. Além disso, ele relata, durante a conversa, que o processo do erro e do acerto está no seu dia a dia até hoje e que a cada fase da criança, é necessário aprender coisas novas.

 

Como homem negro, Lázaro ainda acrescenta: “O homem negro nesse lugar é algo muito diferente. Vi pais negros sendo representados como violentos, ausentes ou como pessoas que não tinham caminho de solução”. O ator ainda comenta que o filme lançado traz um lugar iluminado, aponta uma luz e dá um caminho, ao invés de reiterar essa imagem negativa já consolidada.

A VP de Learning Experience do Rock in Rio, Agatha Arêas, comenta sobre a ideia do festival. “Um mundo melhor se faz a partir de uma sociedade mais saudável – física e emocionalmente – habilitada para viver em conexão com o planeta. Buscamos com o evento compartilhar conhecimentos e ampliar o nosso olhar sobre coisas que acontecem a nossa volta e é comum a todos que vivem em sociedade. É hoje que começamos a construir o futuro que tanto almejamos e nada melhor do que termos boas conversas para crescermos e nos desenvolvermos cada vez mais como pessoas”, comemora.

A conversa será transmitida online, de forma gratuita, na plataforma do evento. Para participar basta se inscrever no site. E para aqueles que puderem comparecer ao evento presencial, em São Paulo, os ingressos e a programação completa estão disponíveis no site do evento.

 

Sobre o Rock in Rio Humanorama 

O Rock in Rio é tanto uma plataforma de comunicação quanto um veículo de emoções e causas. Temos o compromisso de ajudar a construir um mundo melhor, não apenas por meio da música e do entretenimento, mas também por causas sociais e ambientais. Rock in Rio Humanorama é a lente que traz a visão e os valores do festival para a conversa que acontece além das fronteiras da Cidade do Rock.
 

Um projeto da Unidade de Aprendizagem do Rock in Rio, tentamos ajudar as pessoas a verem seu papel no mundo de uma forma diferente: com a atitude Rock in Rio. Ao convidar nosso público a refletir sobre questões urgentes em nossa sociedade, gerando conversas e movimentos, também os conectamos com o espírito do tempo.
 

 

Sobre o Rock in Rio

O Rock in Rio foi criado para dar voz a uma geração e promover experiências únicas e inovadoras. Em 1985, o evento foi responsável por colocar o Brasil na rota de shows internacionais. Batendo recordes de público a cada edição e gerando impactos positivos nos países onde é realizado, se consagrou como o maior festival de música e entretenimento do mundo. Consciente do poder disseminador da marca, hoje o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas num planeta mais saudável.
 

A internacionalização da marca começou por Portugal, Lisboa, em 2004, onde o evento acontece até hoje, seguido por Espanha (Madri) e pelos Estados Unidos (Las Vegas). No Rock in Rio, os números não param de crescer. Pelas Cidades do Rock já passaram mais de 10 milhões de visitantes nestas 21 edições. Em 37 anos, o festival ganhou o mundo e tornou-se um verdadeiro parque de experiências, mas muito além disso, cresceu e ampliou a sua atuação, sempre com o olhar no futuro.
 

Adotando e incentivando práticas que apoiam o coletivo, o Rock in Rio preza pela construção de um mundo melhor e se une a empresas que possuem este mesmo olhar e diretriz. Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Desde a primeira edição, já gerou 237 mil empregos diretos e indiretos e investiu, junto com seus parceiros, mais de R$ 110 milhões em diferentes projetos, passando por temas como sustentabilidade, educação, música, florestas, entre outros.

 

 

Por Approach Comunicação

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.