Caroline Correa, a Angelia Jolie brasileira, mãe e atriz, se destaca em Love in Quarentine

“Encontrar equilíbrio entre vida profissional e familiar nem sempre será uma tarefa fácil”.

 

Foto: Divulgação

Vivendo nos Estados Unidos desde 2005, a paranaense Caroline Correa, conhecida por muitos como a Angelina Jolie brasileira, se divide entre ser mãe de 2, esposa, atriz e protagonista do novo longa “Love in Quarentine”, uma comédia que aborda com leveza o relacionamento homoafetivo e um triângulo amoroso. No filme, com direção de Miguel Rodrigues e lançamento previsto para final do primeiro semestre de 2021, ela dá vida à terapeuta Victória. Mas esta não é sua estreia nas telonas. Entre outros, Caroline já brilhou em sucessos como “Velozes & Furiosos” e “Star Wars”. E foi no episódio III: A Vingança dos Sith, que ela teve a certeza da carreira que escolheria.

 

“Estudava publicidade e propaganda na Austrália e trabalhava como modelo. Fui chamada para fazer o teste para um filme que estava sendo gravado em Sydney. Quando passei, não tinha ideia de como esse trabalho mudaria minha vida para sempre”, relembra de como tudo começou. E a partir daí, Caroline começou a se dedicar exclusivamente à dramaturgia, mudando para Los Angeles e trabalhando como atriz.

 

Caroline não parou mais. Um pouco depois fez uma participação no longa-metragem “Star Wars: A Vingança dos Sith” e no sucesso de bilheterias “Velozes & Furiosos”, lembranças que ela guarda até hoje: “Uma experiência única de muito aprendizado e observação, por estar próxima a grandes nomes do cinema internacional”. Seu currículo também conta com o papel de par romântico de Jamie Foxx, em “Sthealth”: “Um profissional e um ator muito generoso”. Por aqui, muitos conhecem Caroline Correa como a Angeline Jolie brasileira e a atriz encara a comparação como um grande elogio: “Ser comparada profissionalmente ou fisicamente com ela, não é uma coisa ruim, não é?”, brinca.

 

“O longa aborda com leveza o relacionamento entre duas mulheres e que acaba sendo abalado na quarentena com a aparição de um ex-namorado. Gosto de enfatizar que o filme não retrata a homossexualidade como um assunto separado, nem como tabu. Afinal de contas, um casamento vem repleto de desafios, incertezas e amor” , segundo Caroline, o diferencial deste trabalho está na naturalidade à frente de cada mensagem.

 

Foto: Divulgação

Com estreia prevista para o primeiro semestre de 2021, “Love in Quarentine” conta a história da artista plástica Alex (Gabi Spaciari), que é casada com a psicóloga Victória (Caroline Correa). As duas vão ver a vida delas virar de cabeça para baixo, quando Alex se vê forçada a ficar confinada com o ex-namorado de Vic, Chris (David Wendefilm), por conta da pandemia. “Fiquei muito feliz com o convite e estou muito ansiosa para ver o resultado final”, comemora. O filme fala de temas universais e atuais como a pandemia, amor, aceitação, empatia e todas as dificuldades que este momento traz. “O filme retrata o amor. A necessidade e a vontade de sermos aceitos assim como somos. Vemos o amor de uma mãe, que só quer ver sua filha feliz e realizada, independente de quem ela escolheu amar”.

Na trama, Vic escreve um livro que se torna best seller no mundo todo, e vai pra Londres divulgar seu trabalho. Chegando lá, por conta da pandemia, os países fecham suas fronteiras e ela fica presa no exterior, sem previsão de retorno: “E aí começa toda a história”, brinca. 

 

 “Pela primeira vez na vida, fiquei longe dos meus filhos”, relembra a atriz que compara sua vida pessoal com a vida da sua personagem: “Me inspirei muito nos meus próprios medos e nas questões que lidamos diariamente quando moramos fora do país e longe da família”, reforça. Com dois filhos, Caroline Correia precisou cancelar todos os planos de ficar no Brasil com a família, para mergulhar de cabeça no projeto.

 

Além de atuar, Caroline aplica seus esforços também em produção e tem uma lista recheada de atrizes e atores com quem sonha em contracenar: “Eu amo o trabalho de Meryl Streep, Jessica Chastain, Tom Hardy, Phoebe Waller-Bridge Bryan Cranston, Beneditch Cumberbatch, Tilda Swinton, De Niro, Michael Fassbender e muitos outros”, brinca. Apesar de amar viver em Los Angeles, Caroline faz planos com o Brasil. Seu objetivo agora é investir na ponte aérea Los Angeles x Brasil. E como todas as mulheres que precisam conciliar a vida pessoal com a profissional, Caroline Correa também busca o equilíbrio entre elas.

 

Foto: Pixabay/Imagens gratuitas

“Na maioria das vezes não achamos que vamos dar conta de tudo e vivemos uma batalha entre o que é certo e o que é nossa culpa. Ficamos longe dos filhos e nos sentimos culpadas por não estarmos no trabalho”, desabafa.

“Tive a oportunidade de me dedicar à família, agora é a hora de voltar a ativa e investir na minha vida profissional. Ela também me completa e me faz mais feliz! Pretendo seguir, fazendo os dois, driblando e aprendendo com cada dificuldade”, finaliza falando do equilíbrio entre os dois mundos.

 

Saiba mais:

www.instagram.com/carolinecorreaofficial

www.instagram.com/loveinquarantinemovie

 

 

 

Por Nobre Assessoria

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *