Brasil chora a perda de Paulo Gustavo 

Foto: Ricardo Nunes

Nesta terça-feira (4), morreu  aos 42 anos, vítima de Covid-19, o ator e humorista Paulo Gustavo, um dos maiores nomes do entretenimento brasileiro. Gustavo era um dos artistas mais populares e admirados do Brasil. Quem não sorriu tantas vezes com a Dona Hermínia? O criador desta mãe, que conquistou o país, e de tantos outros personagens inesquecíveis no teatro, na TV e no cinema, estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Depois de apresentar uma melhora e até ter sedativos reduzidos e interagir com os médicos e com o marido, na noite do último domingo, o quadro do ator piorou, ao sofrer uma embolia pulmonar. E nesta terça, um novo boletim foi informado, e constava que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. E conforme nota oficial, Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da covid-19 e suas complicações, às 21h12

Foto: Divulgação

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros, nasceu em Niterói, Rio de Janeiro, no dia 30 de outubro de 1978, foi um ator, humorista, diretor, roteirista, e apresentador brasileiro. Estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras (CAL) no início de 2005, junto com Fábio Porchat, Marcus Majella, entre outros. Indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator, ficou conhecido pelo monólogo “Minha Mãe É uma Peça”, que em 2013, virou um longa-metragem, e virou o filme mais assistido do ano no Brasil. Em 2015, foi publicado como um livro pela editora Objetiva. Devido ao enorme sucesso de crítica e público, em 2016, foi lançado Minha Mãe é uma Peça 2, e, em 2019, Minha Mãe É uma Peça 3, onde presta homenagem aos pais, ao esposo e filhos.

O ator Paulo Gustavo, que eletrizava o público com a mais perfeita tradução da personagem que ele mesmo criou, deixa o marido, Thales, dois filhos, Gael e Romeu, o pai, Júlio Marcos, irmã, Juliana Amaral, e quem inspirou a criação de Dona Hermínia, sua mãe, Déa Lúcia Amaral. Deixa também, o Brasil sem palavras. Famosos e anônimos utilizaram as Redes Sociais para se despedir do ator e agradecer por tudo que ele fez. Uma saudade que vai ficar, para sempre, em nossos corações.

 

 

 

Fontes:

Paulo Gustavo morre de Covid no Rio, aos 42 anos | Rio de Janeiro | G1 (globo.com)

Paulo Gustavo morre em decorrência da covid-19 aos 42 anos (uol.com.br)

Paulo Gustavo – Wikipédia, a enciclopédia livre (wikipedia.org)

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.