Mônica San Galo lança o disco ‘COMOVIDA’ em São Paulo

“Desejamos que a poesia musicada ganhe asas e siga o seu destino.”, Mônica. 

 

Foto: Divulgação

A cantora Mônica San Galo, irmã de Ivete Sangalo, mostra que tem na sua veia familiar a música, lança no dia 22 de maio, no Bar Brahma, em SP, seu segundo CD da carreira. Com mais de vinte anos de trajetória musical, também é artista plástica e escritora vai dar mais um passo em sua carreira. Ela apresenta seu segundo CD, “COMOVIDA”, um trabalho inspirado nas poesias de Lúcia Cortez Mendonça. O show contará com participação especial do amigo Flávio VenturiniMônica conheceu a poesia de Lúcia Cortez durante o verão de 2017, quando visitava a casa de amigos na Praia de Monte Cristo tomou um café com Lúcia. 

Lá nos mostrou seu livro de poesias, o ComoVida. Em seguida nos contou que seu marido, Joaquim, lhe inspirava e lhe animara a publicar seus escritos, por ver que Lúcia, vez por outra, fazia anotações num caderno. Ela o publicou em 2000, e eu ao ler, em silêncio já cantarolei. Assim começou a surgir meu novo trabalho, ‘ComoVida_Quando a poesia encontra a melodia’’”, conta Mônica. 

A cantora se define mais madura musicalmente nove anos após seu primeiro disco, “Confissões de Madame”, gravado ao vivo no Teatro Castro Alves, em Salvador, e escolheu São Paulo para o lançamento do novo trabalho por conta de sua paixão pela cidade.

Com referências no samba que vão de Adoniran Barbosa, passando por Arlindo Cruz, Paulinho da Viola e Gilberto Gil, além, é claro, do seu pai, também músico já falecido. Mônica escolheu o amigo Flávio Venturini para dividir o palco do Bar Brahma em sua grande noite de estreia.

“Flávio é meu velho amigo, quero muito bem a ele, gosto demais de sua delicadeza, de sua música que acarinha a gente. Só posso dizer que o que ele quiser fazer, eu assino embaixo. Aqueles olhos verdes merecem só o melhor de mim”, diz ela.

Mônica San Galo nasceu em Feira de Santana, Bahia. Mas foi em Juazeiro, também no interior da Bahia, que cresceu e iniciou a extensa bagagem de referências que carrega consigo. A relação com a música começou ainda na infância. Aos seis anos, Mônica tocava e cantava com o pai, grande responsável por revelar este novo mundo à menina. Desde então, o violão é companheiro fiel em praticamente todos os momentos da vida da cantora, que graduou-se em Música pela Universidade Católica de Salvador (UCSal), participou de festivais, tocou em barzinhos e sempre frequentou as rodas de violão de Salvador. Além de cantora, Mônica é artista plástica muito bem acolhida pela crítica e pelo público, além de preparar um livro de crônicas. 

Seus mais de 20 anos de trajetória musical, e suas múltiplas vocações são reveladas em cada um dos detalhes do DVD/CD “Confissões de Madame”, gravado ao vivo no Teatro Castro Alvez, em Salvador, onde Mônica registrou sua história musical, e o classifica como uma “Opereta MPB”, que ajuda a ilustrar seu trabalho, totalmente autoral e inédito, onde reúne a emoção e a técnica de uma artista imensamente original.

Serviço:

Show Mônica San Galo 

no lançamento de COMOVIDA – participação Flávio Venturini

Local: Bar Brahma Centro (Avenida São João, 677 – República – São Paulo)

Dia e Horário: 22 de maio, às 21h 

Valor: R$59,00 couvert artístico

Informações: www.barbrahmacentro.com ou (11) 3367-3601/02/03/04 

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: