Marilou Winograd inaugura exposição no Centro Cultural Correios

   “Assim como Lewis Caroll em Alice no País das Maravilhas, pretendo levar o visitante da minha exposição para ‘o outro lado do espelho’”, afirma, metaforicamente, Marilou Winograd

 

Duchamp
Foto: Divulgação

 

No dia 8 de novembro, o Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro, vai inaugurar uma exposição chamada “A Obra como Espelho”, de Marilou Winograd, sob curadoria de Ruy Sampaio. Essa individual marca os vinte anos de carreira da artista e vai ocupar três salões do terceiro andar.

Obras grandes – instalações de 3 metros de altura por 6 metros de largura -, formam conjuntos ao lado de outras menores, como as quarenta caixas acrílicas que ostentam dedais, agulhas e fios de cobre que tecem redes de memórias que se ampliam, na concepção da artista. 

 

 

 

“Fotografias ampliadas com layers de outras imagens rasgadas sobrepostas funcionam como se atravessassem os espelhos através das camadas da obra, numa viagem ao tempo/memória do visível, tornando o invisível parte da obra”, explica a artista.

 

Nascida no Egito, Marilou Winograd chegou no Rio de Janeiro em 1960. Formada em Artes no CEAC (Centro de Arte Contemporânea), IBA (Instituto de Belas Artes) e EAV (Escola de Artes Visuais do Parque Lage), participou de exposições individuais, coletivas, congressos, seminários no Brasil e no exterior (1971/2017). É uma das curadoras e idealizadoras do projeto Zona Oculta – entre o público e o privado – com 350 artistas mulheres (2004/11), do projeto Acesso Arte Contemporânea com 158 artistas visuais (2011/17) e de muitas exposições  coletivas, ocupações e convocatórias. Em 2002, publica o livro ¨O Silêncio do Branco¨, relato visual da sua viagem à Antártica num contraponto com a sua obra.

 

 

Serviço:

A Obra como Espelho – Marilou Winograd

Abertura: 8 de novembro de 2017, às 19h

Visitação: de 9 de novembro de 2017 a 7 de janeiro 2018

Centro Cultural Correios

Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro

Telefone: 2253-1580

Horário: de terça a domingo, das 12h às 19h

Classificação: livre

Entrada Franca

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: