Rádio MEC comemora 50 anos da Tropicália

Foto: Elisa Gaivota

Para comemorar os 50 anos da Tropicália, as Rádios MEC AM e FM do Rio e de Brasília estreiam no próximo domingo, dia 1º de outubro, uma série especial de cinco programas sobre o movimento que sacudiu o ambiente da música popular e da cultura brasileira entre 1967/1968. Os programas têm uma hora de duração e vão ao ar às 20h, na MEC AM Rio, e às 21h, nas rádios MEC FM Rio e AM Brasília.

Os programas trazem os principais expoentes, temas e a herança musical, comportamental e estética da Tropicália. Além da seleção musical, os programas têm depoimentos inéditos e gravações pertencentes ao acervo da Rádio Cultura de São Paulo e da EBC (Rádio Nacional, Rádio MEC, TVE, TV Brasil).

No primeiro programa, que vai ao ar neste domingo, dia 1º, a capa do disco Tropicália é usada como ponto de partida para traçar uma história de como cada um dos artistas chegou a esse disco. O programa apresenta os fatos e datas mais emblemáticos para o Tropicalismo.

A seleção musical acompanha essa ‘chegada’ dos artistas ao Tropicália, mostrando o que já tinham gravado até então. Também mostra outros trabalhos musicais que influenciaram a concepção do disco. Há também entrevistas feitas com os expoentes do movimento no final da década de 1960.

O segundo programa, que vai ao ar no dia 8 de outubro, aborda os poetas e a poesia que influenciou e deu forma às canções da Tropicália. O programa traz entrevistas com teóricos que estudaram esses poetas e material de acervo sobre eles. Também há canções que exemplificam essas influências e trabalhos, tanto dos discos da década de 1960, quanto de trabalhos posteriores, como o LP Tropicália 2.

A relação do cinema, do teatro e das artes plásticas com a Tropicália é o tema do terceiro programa da Rádio MEC, que vai ao ar no dia 15 de outubro. Glauber Rocha, Rogério Duarte, Hélio Oiticica, Zé Celso, Rubens Gershman são alguns dos nomes abordados.

O quarto programa da série, que vai ao ar no dia 22 de outubro, trata da Tropicália e a revolução nos costumes. Nele são abordadas as canções de temática comportamental mais evidente, os valores burgueses em questão, a revolução sexual e os vestígios da repressão política.

O último programa da série, que vai ao ar no dia 29 de outubro, fala sobre os “herdeiros tropicais”. O programa traz entrevistas e seleção musical com artistas como Céu, Lucas Santana e Pedro Luís.

Serviço:

Tropicália – 50 anos

Domingos de outubro: 01, 08, 15, 22 e 29

Rádio MEC AM Rio: Domingo, 20h

Rádio MEC FM Rio e Rádio MEC AM Brasília: Domingo, 21h

Apresentação: Raquel Ricardo

Produção: Adriana Ribeiro, Carlos Soca e Demarie Henriques

Realização: Rádio MEC e Rádio Cultura

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: