Ex-The Voice, Ludimillah Anjos, rouba a cena em coletiva de “Ghost – O Musical” no RJ

Foto: Graça Paes

 

Na tarde de segunda-feira, dia 11 de setembro, foi realizada a coletiva de imprensa de “Ghost – O Musical”. Após, uma temporada de sucesso em São Paulo a peça chega ao Rio de Janeiro. E, de acordo com o elenco a versão carioca chega mais madura e mais entrosada.  

De acordo com o elenco, o clássico que encantou o público dos anos 90 no cinema, Ghost, a história de amor além da morte, entre Sam e Molly está no palco, numa versão musical, mas que mantém o enredo cinematográfico, cheio de pitadas de referências brasileiras. Assim como na telona, o amor de Sam e Molly é interrompido pela morte do rapaz. Porém, ao descobrir a verdade sobre a causa de sua morte, o espírito de Sam fica preso neste plano e, para alertar a amada, ele busca a ajuda da falsa vidente Oda Mae Brown.  Para escalar o elenco, Possi procurou atores que agregassem ao projeto.

 

 “Quando escalo um elenco eu procuro gente que me inspire. Que me ajude a desenvolver o projeto”, disse.  

 

E nesta busca ele chegou a André Loddi, um veterano em musicais, escolhido para dar vida ao galã que se torna o espírito na trama, a Giulia Nadruz, também com alguns musicais no currículo, que dá um tom especial e romântico a Molly.

 
“Ghost é uma obra muito conhecida, então as pessoas já vêm com uma expectativa enorme, e é normal que queira nos comparar com os personagens do filme, e em cena nós temos que superar isso. O público já espera se emocionar com o espetáculo e se conectar com os personagens”, explica Giulia.  

 

 

Foto: Graça Paes

 

Igor Miranda interpreta Carl, o grande vilão da história. Na versão brasileira, Carl ganha mais espaço.

 

“Nós criamos um Carl muito particular, com uma personalidade única. Ele tem mais tempo de cena e mais força na interpretação. O diretor quis mostrar a traição e a ganância de uma forma mais marcante”, afirma o ator. 

 

O ator acrescenta que o público irá se surpreender com os efeitos especiais que o espetáculo terá em várias passagens. 

Ludimillah Anjos já entra em cena arrancando risos dos espectadores. Ela hipnotiza o público como a cômica vidente Oda Mae Brown. Vale ressaltar que a cantora e atriz foi indicada para o teste pelo ator e cantor Thiago Abravanel que foi prestigiá-la na coletiva de imprensa carioca. Na versão brasileira, a falsa vidente Oda Mae Brown, ganhou características, trejeitos e figurinos bem brasileiros.  

Ludmillah se tornou conhecida pelo público por ter participado de o ” Ídolos”, em 2006 e do ” The Voice”, em 2012. Ela conta que estar no musical foi mais desafiador que cantar no ‘The Voice’.

 

“É um presente de Deus e dos ancestrais este trabalho. Um grande desafio. Eu sempre tive essa veia cômica, mas quando você parte para uma parte técnica, com um texto grande é mais complicado, mas encarei, passei no teste, já fiz uma temporada em São Paulo e agora estamos no Rio”, declara ela.

 

Foto: Graça Paes

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: