Bichectomia diminui as bochechas e afina o rosto

Foto: Google Imagens/ Divulgação

Cada vez mais frequente entre celebridades como Kim Kardashian, Megan Fox e etc, a bichectomia é um procedimento cirúrgico que visa diminuir as bochechas e afinar o rosto do paciente. Na cirurgia é removido um tecido gorduroso, semelhante aos encontrados em outras partes do corpo, porém essa gordura não desaparece com dieta, pois a mesma não é utilizada como fonte de energia.  O Dr Fábio Paes explica como é realizada a cirurgia de bichectomia. O especialista diz que a cirurgia é oral, realizada com anestesia local, onde se retira a bola de bichat, que acumula a gordura que se encontra na região das bochechas.

Dr. Fábio, que atua há mais de 17 anos como cirurgião dentista, mestre em reabilitação oral com ênfase em facetas de porcelana, professor no Instituto Lenza, de Pós-Graduação em Odontologia, professor na faculdade de Odontologia da UFG e Proprietário na empresa Implante Center, explica que a cirurgia pode ser realizada em quase todos os pacientes, mas o procedimento só é contraindicado para aqueles com problemas específicos de saúde como: com doenças sistêmicas graves, paciente que estiver utilizando corticoides, aqueles com distúrbios da hemostasia e coagulação, presença de infecções bucais e dentárias. E também para pacientes onde a análise facial não indica uma melhora estética.  

 

“O corte é pequeno (cerca de 1 cm) na parte interna da boca e depois é suturado com pontos de fios absorvíveis, que não deixam cicatrizes”

 

Fábio Paes
Foto: Divulgação

Ele ainda explica que a bichectomia possui alguns riscos, como em qualquer cirurgia oral, como: Edema (inchaço no rosto), hematoma (áreas arroxeadas na face), trismo (dificuldade de abrir a boca), hemorragia e infecção pós-operatória. A operação é irreversível e existe o risco de algumas complicações como lesão do canal da parótida ( por onde passa a saliva) e neuropraxia de ramos do nervo facial que podem levar a paralisia facial. Esses riscos e complicações podem ser minimizados com uma técnica cirúrgica apurada do cirurgião dentista e o respeito e cumprimento das recomendações pós-operatórias pelo paciente.

Dr Fábio Paes alerta que os cuidados no pós-operatórios são determinantes para que o procedimento seja um sucesso e o paciente alcance o resultado esperado. Os cuidados incluem repouso por 3 dias, restrição de dieta, evitar radiação solar e exercícios físicos intensos por 1 semana. Além de tomar a medicação prescrita que são analgésicos, antibióticos e anti-inflamatórios. Adequada higiene oral e uso de antisséptico enxaguante a base de clorexidina.

 

 

 

 

 

 

https://www.facebook.com/drfabiopaes

http://www.fabiopaes.com.br/

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: