“Jamevú Sessions” apresenta: Nilson Chaves e Silvan Galvão na Casa Francisco

Música da Amazônia inaugura o mais novo espaço musical de Santa Teresa
 
 
Foto: Reprodução Facebook

O projeto “Jamevú Sessions“, com a finalidade de abrigar nomes da cultura amazônica e experimentações artísticas diversificadas, irá apresentar, no próximo dia 24 de junho, às 19h30, o cantor, compositor e instrumentista Nilson Chaves (artista premiado e conceituado há décadas como um fiel representante da boa música de sua região) juntamente com o percussionista Silvan Galvão, que mistura influências regionais à contemporaneidade e outro expoente da cultura nortista.  O nome do projeto, “Jamevú”, é inspirado na expressão je m`en vais” (tô indo!) deixada pelos franceses na pequena cidade da Amazônia, Cametá.

 O show “A música da Amazônia” na “Casa Francisco” será em um terraço panorâmico, de frente para o Pão de Açúcar. O evento, entre 15 e 22 horas,  contará com boa música durante todo o tempo, gastronomia paraense e drinks especiais como o “jambujá” (a caipirinha amazônica). Os ingressos custarão apenas 40 reais e poderão ser adquiridos na hora ou, antes, na própria Casa Francisco (Rua Murtinho Nobre, 75 – Sta.Teresa). 
 O espetáculo intitulado “A Música da Amazônia” será uma viagem às raízes e ao imaginário caboclo, através de um singelo encontro entre essas duas gerações da música popular amazônica. Serão relembrados clássicos de Nilson Chavescomo “Sabor Açaí”, “Olho de Boto” e “Flor do Destino”, somados aos carimbós do mestre Silvan Galvão, que vem encantando o público carioca desde sua vinda para o Rio de Janeiro.
 
Nilson Chaves, linguagem poética, cultural e indicação ao Grammy 
 
Nilson Chaves é um dos grandes representantes da música da Amazônia, com reconhecimento nacional e internacional pelo trabalho desenvolvido com linguagens poética e musical esmeradas e forma personalíssima de cantar a região. Com 27 discos e 5 DVDs gravados, vencedor do Prêmio Sharp de 1994, também foi indicado ao Grammy Latino do ano de 2000.  É um artista reconhecido entre seus pares e já foi gravado por boa parte de nossa MPB.
 
 
Silvan Galvão – rítmos amazônicos e linguagem contemporânea
 
 
Silvan Galvão desenvolve um trabalho baseado nos ritmos regionais amazônicos como o carimbó, marabaixo, batuque e o lundum-marajoara, explorando uma linguagem universal nos arranjos e inserindo-os assim no contexto contemporâneo. Os lançamentos mais recentes da carreira foram o CD “Tambores que Cantam” (2º álbum da carreira/2016), e o videoclipe da música “Puxirum”.
Criada originalmente em Copacabana, a “Casa Francisco” de Santa Teresa ganhou espaço muito maior e mais adaptado para recepcionar e divulgar  culturas diferenciadas como as da região norte, isso, paralela à sua atividade principal de hospedagem, no formato “Guest House – Best Experiences”.. Paula Rache, uma carioca que viveu anos em Belém e também na França, também tem planos, juntamente com a sócia paraense Diana Figueroa, de investir em espetáculos internacionais e de jazz. A intenção das proprietárias da  “Casa Francisco” é investir, cada vez mais, em temporadas e eventos diversificados, experimentações culturais.  
 
 
 
S E R V I Ç O: 
 
“JAMEVÚ SESSIONS”  Apresenta  : NILSON CHAVES e SILVAN GALVÃO
SHOW: “A MÚSICA DA AMAZÔNIA” – CASA FRANCISCO, DE SANTA TERESA
Dia 24 de Junho –  19h30 (show principal)
Abertura da casa: 15h// fechamento 22 horas
Rua Murtinho Nobre, 75
Drinks, Comidas e música da melhor qualidade
Ingressos – R$40,00 – na hora e/ou antecipadamente na Casa Francisco
Capacidade – 100 pessoas
Classificação etária – Livre (menores com responsáveis legais)
Aceitam:Cartão de Débito 
 casafranciscogh@gmail.com / 21 98300-9803 (wapp)

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: