Flamengo vence o Fluminense e é Campeão Carioca pela 34º vez em sua história

O capitão Réver levanta a taça do 34º título do Flamengo
Foto: Gilvan de Souza

Em partida realizada neste domingo (7), no Maracanã, Rio de Janeiro, o Flamengo, que podia até empatar mesmo assim seria campeão, venceu a equipe do Fluminense pelo placar de 2 x 1 e se sagrou Campeão Carioca de 2017. O time comandado por Zé Ricardo chegou a estar perdendo durante a maior parte do jogo mas virou a partida no fim, chegando ao seu 34º título estadual.

O jogo começou com o Fluminense tendo uma postura completamente diferente da que teve no domingo anterior: marcando em cima, sem dar espaços para a equipe Rubro-Negra, que parecia assustada com o domínio Tricolor. Tanto domínio não demorou para surtir efeito; logo aos 3 minutos da primeira etapa, após cobrança de escanteio, Renato Chaves desviou a bola no primeiro pau, e Henrique Dourado, oportunista, completou para o fundo da rede, explodindo a torcida tricolor no Maracanã, e deixando a decisão empatada, já que o Flamengo venceu o primeiro jogo por 1 x 0.

O Flamengo tentava a resposta, mas esbarrava em uma grande atuação da dupla de zaga do Fluminense e ficava exposto aos contra-ataques do Tricolor. Renato Chaves, que falhou no lance que deu a vitória ao Flamengo no primeiro jogo, não dava espaços para Guerrero, vencendo a maioria das disputas com o peruano. Além dele, o capitão Tricolor Henrique, rechaçava grande parte das jogadas aéreas do Flamengo, que não contava com uma tarde inspirada dos atacantes Berrío e Everton.

No segundo tempo pouca coisa mudou. O Flamengo permanecia sem criatividade no ataque e o Fluminense, bem postado defensivamente, era perigoso nos contra-ataques. Até que Zé Ricardo resolveu mudar o time Rubro-Negro: saíram Trauco e Berrío, para as entradas de Gabriel e Rodinei.

A partida ia chegando ao fim e o resultado levava a decisão para a disputa de pênaltis. Porém, aos 40 do segundo tempo, em escanteio cobrado por Gabriel, o zagueiro Réver cabeceou e o goleiro Diego Cavalieri deu rebote nos pés do artilheiro do campeonato,  Paolo Guerrero, que pegou de primeira, empatando a partida, e levando o Maracanã a loucura.

O empate dava o título ao Rubro-Negro, o que obrigou o Fluminense a se lançar ao ataque, ficando exposto na defesa, e em um escanteio para o Tricolor, a defesa do Flamengo cortou e a bola sobrou para Rodinei, que cruzou o campo até sofrer falta de Diego Cavalieri, que levou cartão vermelho pela falta e foi expulso da partida, fazendo com que o Fluminense, que já havia feito as 3 substituições,  colocasse o volante  Orejuela no gol.

Poucos minutos após a expulsão, em mais um contra-ataque do Flamengo, Rodinei novamente cruzou o campo, e dessa vez não desperdiçou: O lateral que atuava como meio campo levou a bola até a entrada da área e só escolheu o canto, virando o jogo, fechando o placar e sacramentando o título carioca de forma invicta para o time do Flamengo.

Com o título, o Flamengo chegou a 34º títulos estaduais, sendo a equipe que mais vezes foi campeã carioca. Em segundo vem o Fluminense que tem 31 conquistas estaduais. O Vasco, terceiro maior campeão, tem 24 títulos, e o Botafogo conquistou o estadual em 20 oportunidades.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: