Casa do Choro apresenta: Homenagem a Hermínio Bello de Carvalho, Breno Ruiz, Bruno Rian e Izaias

Programação de 21 a 26 de Novembro

 

A Casa do Choro fica na Rua da Carioca número 38, a poucos metros da Estação de metrô da Carioca e oferece programação cultural de qualidade e a preços populares de segunda a sábado. Inaugurada em 2015, funciona num casarão histórico de fachada islâmica conhecido como “Mourisquinho”, restaurado com apoio financeiro do BNDES e patrocínio da Petrobras. Antes e depois das apresentações é possível visitar o centro de pesquisa Jacob do Bandolim, com relíquias e um acervo de partituras e documentos relacionados à história do choro. Outra atração da casa é a exposição permanente“Imagem Recitativa”, também patrocinada pela Petrobras, com obras dos artistas plásticos Ciro Fernandes e Renato Amorim.

 

Herminio, Gabi e Vdal Foto: Lciola Vilela
Herminio, Gabi e Vdal
Foto: Lciola Vilela

21 e 22/11 | Choro das Seis e Meia apresenta: Hermínio Bello de Carvalho, aos 80: Uma rosa para o poeta

Com Gabi Buarque, Vital Assis e Os Matutos

“Hermínio Bello de Carvalho, aos 80: Uma Rosa Para o Poeta” faz parte de um projeto idealizado para comemorar o marco dos 80 anos de vida do poeta, compositor e produtor cultural que, há 60 deles, se dedica à nossa música popular. A apresentação é um painel afetivo da obra do Hermínio Bello de Carvalho como letrista, e o recorte que será interpretado por Gabi Buarque, Vital Assis e Os Matutos diz respeito às composições de Hermínio em parcerias com músicos de gerações mais jovens, como Vidal Assis, Lucas Porto, Fernando Temporão, Guilherme Sá e Kadu Mauad, além de parceiros marcantes, como o cantador paraense Vital Lima e o sambista carioca Moacyr Luz. No roteiro, pérolas como “Meu vadio coração” (com Lucas Porto), “O samba é minha nobreza” (com Teresa Cristina e Luciane Menezes), “Pastores da noite” (com Vital Lima), “Quando o amor acaba” (com Moacyr Luz), “Penúltimo desejo” (com Vidal Assis) e “Timoneiro” (com Paulinho da Viola).

Casa do Choro: Rua da Carioca 38, Centro | 2242-9947 | Seg e Ter, às 18h30 | R$30 | Livre

 

 

Breno Ruiz Foto: Sérgio Ferreira.
Breno Ruiz
Foto: Sérgio Ferreira.

23 e 24/11 | Choro das Seis e Meia apresenta: Breno Ruiz 

Nascido no interior de São Paulo, Breno Ruiz é pianista, compositor e cantor. Acompanhando-se ao piano, o compositor apresentará, na Casa do Choro, canções inéditas registradas em seu primeiro álbum: Cantilenas Brasileiras. O repertório, fruto da parceria com Paulo Cesar Pinheiro, inclui choros, modinhas e lundus, além de canções como Calundú, gravada por Renato Braz e Maogani no CD Canela, e Milagres, recentemente gravada pelo MPB4 no CD “O Sonho, a Vida, a Roda Viva”, comemorativo aos cinquenta anos de carreira do grupo. Juntam-se a ele, ainda, os músicos Igor Pimenta (baixo acústico) e Gabriel Alterio (bateria).

Casa do Choro: Rua da Carioca 38, Centro | 2242-9947 | Qua e Qui, às 18h30 | R$30 | Livre

 

 

 

Bruno Rian Foto: Divulgação
Bruno Rian
Foto: Divulgação

25/11 | Saraus Cariocas apresentam: Bruno Rian

Antes de se aperfeiçoar no piano, mesmo instrumento que consagrou o pai, Deo Rian, Bruno Rian passou também pelo pandeiro e pelo cavaquinho. O músico sempre investiu na carreira de “chorão”, participando de vários projetos culturais da cidade do Rio de Janeiro e tendo significativa produção musical em CDs, atuando como diretor e coordenador musical e principalmente como solista convidado. Em sua apresentação na Casa do Choro, trará composições de seu primeiro CD como solista individual: Bandolim Chorão. Fiel à linguagem chorística, preocupou-se em mesclar neste projeto um repertório de músicas inéditas, compostas por jovens músicos na primeira década deste século, associado a um repertório de canções desconhecidas ou ainda não tocadas em bandolim, criadas por compositores nascidos no século XIX. Bandolim Chorão engloba também composições do próprio Bruno Rian e de dois ícones do Choro, vivos e em atividade: seu pai, Déo Rian e o grande Altamiro Carrilho.

Casa do Choro: Rua da Carioca 38, Centro | 2242-9947 | Sex, às 12h30 | R$30 | Livre

 

Izaias Foto: Eduardo Lobo
Izaias
Foto: Eduardo Lobo

25 e 26/11 | Saraus Cariocas apresentam: Izaias

Izaias Bueno de Almeida começou a tocar bandolim aos dez anos de idade. Aos dezesseis, já se apresentava na extinta TV Tupi e em pouco tempo ganhou destaque em apresentações de diversas emissoras. Posteriormente, criou o conjunto “Izaias e Seus Chorões”, o mais antigo conjunto instrumental de São Paulo, que já acompanhou músicos como Altamiro Carrilho, Paulinho da Viola, Chico Buarque de Holanda, Nélson Gonçalves e tantos outros. É autor de marcantes composições, como os choros “Tão Só”, “Prantos”, “Correndo da Chuva” e “Dona Nêga”. Ao longo de sua carreira, Izaias se apresentou em uma série de festivais nacionais e internacionais de grande expressão, como o “Festivalles Navarra” (Espanha), o festival mundial de música popular (Austria) e o show de lançamento do álbum “Tocando com Jacob”, organizado pelo Instituto Jacob do Bandolim em 2006. Agora, chegou a vez da Casa do Choro receber esse ilustre bandolinista.

Casa do Choro: Rua da Carioca 38, Centro | 2242-9947 | Sex e Sáb, às 18h30 | R$30 | Livre

 

 

Casa do Choro

Rua da Carioca, 38 – Centro, Rio de Janeiro

Tel.: (21) 2242-9947

Capacidade do Auditório Radamés Gnattali: 100 lugares

Acessibilidade: Acesso para portadores de necessidades especiais

Bilheteria aberta 1h antes dos espetáculos (pagamentos apenas em dinheiro)

Vendas online: www.ingresso.com/rio-de-janeiro/home/local/show/casa-do-choro

Mais informações sobre a Casa do Choro: www.casadochoro.com.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.