Casa do Choro – programação de 6 a 11 de junho

“Choro das Seis e Meia” e “Saraus Cariocas” acontecem de segunda a sábado com grandes nomes da música brasileira e estrangeira

 

A Casa do Choro, recém-inaugurado centro de referência ao mais brasileiro dos gêneros musicais, apresenta sua programação semanal, que integra a grade 230 shows previstos para este ano. De segunda a quinta acontecem as apresentações do projeto “Choro das seis e meia”, com incentivo da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – Secretaria Municipal de Cultura. De sexta a sábado é a vez dos “Saraus Cariocas”, patrocinados pela Petrobrás. Toda a programação da Casa do Choro é de classificação livre e possui preços populares (R$30 a inteira e R$15 a meia).

Elodia Bouny; Jaime Alem, Miguel Rabello, Luisa Lacerda e Flora Milito e Marcelo Caldi estão na programação da semana.

 

Programação 6/06 a 11/06

 

Elodie-Bouny Foto: divulgação
Elodie-Bouny
Foto: divulgação

 

6/06 e 7/06 | Elodie Bouny

Elodie Bouny cresceu em Paris onde estudou violão erudito no Conservatório de Boulogne, com Diploma Final com menção mais alta por unanimidade (2000). Mestre em educação musical pela Escola de Música da UFRJ (2012), tem experiência de ensino e trabalho por toda a América do Sul. Premiada mundialmente, atualmente mora em Rio de Janeiro. Seu primeiro disco, “Terra Adentro”, dedicado ao repertório latino americano, saiu em 2011 pela gravadora carioca A Casa Produções e tem produção artística de Yamandu Costa. Além de violonista, Elodie é também produtora artística.

 

 

 

 

 

 

08/06/ 06 | Jaime Além

Jaime Alem Foto: divulgação
Jaime Alem
Foto: divulgação

Com Bruno Aguilar (contrabaixo acústico e violão de 7 cordas) e Reginaldo Vargas (percussão).

O compositor, instrumentista e arranjador iniciou sua carreira aos 16 anos, no interior paulista de Jacareí e foi, por quase trinta anos, maestro de Maria Bethânia. Produziu e dirigiu mais de 15 discos da cantora, além de álbuns de outros artistas, como Mart´nália e Sueli Costa; compôs ainda trilhas sonoras para cinema (Dois Filhos de Francisco e Mutum) e teatro (Três Irmãs, de Tchecov; e Gente Fina é a Mesma Coisa, de Alain Aikbourn). Na década de 70 lançou, em parceria com sua mulher e também cantora Nair de Cândia, dois discos. Além do repertório autoral, neste show Jaime adapta a viola à obra de outros autores, rendendo homenagem a João Pernambuco, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti e Sivuca. Jaime divide o palco com dois grandes instrumentistas: Bruno Aguilar no contrabaixo acústico e violão de 7 cordas e Reginaldo Vargas na percussão, formatando um poderoso trio instrumental

 

 

Miguel Rabello Foto: Divulgação
Miguel Rabello
Foto: Divulgação

 

10/06 | Miguel Rabello, Luisa Lacerda e Flora Milito

Formada em música pela UFRJ, apresenta seu trabalho ao lado do violinista e compositor Miguel Rabello, filho de Cristovao Bastos e Amelia Rabello, e parceiro de Paulo Cesar Pinheiro, Roberto Didio e André Lacerda. Flora Milito é formada em percussão sinfônica pela UFRJ e atua em diversas formações como grupos de jazz, choro, samba e forró.

 

 

 

 

Marcelo Caldi e Soraya Ravenle  Foto: Divulgação
Marcelo Caldi e Soraya Ravenle
Foto: Divulgação

10/06 e 11/06 | Marcelo Caldi e Soraya Ravenle

A atriz e cantora Soraya Ravenle assume um desafio inédito na carreira, um novo show em duo com o pianista e acordeonista Marcelo Caldi, um dos músicos mais completos de sua geração. É um formato que por si só desnuda cada um dos artistas, em que o risco e a simplicidade prevalecem. Ficam à mostra a delicadeza e a força da voz de Soraya e o virtuosismo e musicalidade de Marcelo, no acordeom e no piano. Um espetáculo intimista, calcado no detalhe, na poesia do encontro, na simples vontade de estar junto e conversar através da música. No repertório, destaque para a canção popular brasileira e latina, de ontem e hoje, reunindo compositores como Paulo César Pinheiro, Dori Caymmi, Lupicínio Rodrigues, Guerra-Peixe, Silvio Rodriguez, Chico Buarque, além de criações de Marcelo Caldi, entre outros.

 

Casa do Choro

Rua da Carioca, 38 – Centro, Rio de Janeiro

Tel.: (21) 2242-9947

Capacidade do Auditório Radamés Gnattali: 100 lugares

Acessibilidade: Acesso para portadores de necessidades especiais

Bilheteria aberta 1h antes dos espetáculos (pagamentos apenas em dinheiro)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.