André Hendges, ator do filme “O Armário Mágico”, bate-papo com a jornalista Andrea Cursino no Festival de Cinema de Vassouras

André e Andrea
Foto: Louise Duarte

O  ator, jornalista, roteirista, produtor e diretor de teatro, André Hendges, que estreou no cinema em 2018 com o longa “O Segredo de Davi”, onde você pode conferir na Netflix, faz parte do elenco do filme “O Armário Mágico”, vencedor do Prêmio Aniceto Matti Audiovisual (2019), produzido em Maringá, com roteiro e produção de Eliton Oliveira, direção Érico Alessandro, que foi exibido no Festival de Cinema de Vassouras, no último domingo (18), foi entrevistado pela jornalista, crítica de cinema, e editora-chefe do site “Cinema para Sempre”, Andrea Cursino, e contou um pouco da sua trajetória. O Festival segue até o dia 24 de junho.

 

Confira a entrevista completa:

 

 

André Hendges
Foto: Edna Rocha

“O Armário Mágico”, que é distribuído pela A2 Filmes e Ruschel Studios, que conta com um elenco formado por Gabi Spaciari, Renato Novaes, André Hendges, Iuri Saraiva, Cris Carniato, André Anelli, Charles Paraventi, Ulisses Larochinski, Sérgio Abreu, Rafael Pereira, Lucca Arusa, Andressa Phamela,  concorre nas categorias de melhor Filme, Direção, Roteiro, Ator, Ator Coadjuvante, Atriz Coadjuvante, Fotografia, Edição, Direção de Arte, Figurino e Som, no festival de Vassouras.

O drama, que se passa em um pequeno vilarejo no sul do Brasil, durante o período da segunda guerra mundial, mostra o desespero de uma família judia, que é obrigada a fugir das perseguições de um grupo de nazistas brasileiros, de origem alemã, liderados pelo Padre Schubert (Charles Paraventi). Quando batem à porta do imigrante polonês Zygmunt (Renato Novaes), para pedir ajuda, ele acaba abrigando o filho do casal judeu Milo (Rafael Pereira), em sua casa, dando início a uma amizade improvável e cheia de magia. 

André Hendges
Foto: Louise Duarte

 

O gaúcho André Hendges, natural de Santa Rosa– RS, co-fundador da Cia do Bife, que já foi modelo internacional, é formado em jornalismo, técnico em artes cênicas, também pós graduado em direção teatral pela Escola Superior de Artes Célia Helena, já atuou em espetáculos teatrais, cinema e comerciais publicitários, séries de TV, como “O Negócio”( HBO), “Rio Heroes” (FOX), “Aruanas” e “Passaporte para a Liberdade” (Globo Play), “Gigantes do Brasil” (History Channel), entre outras. André, que recentemente recebeu o prêmio de melhor ator no FICBC 2021, pelo filme Daily Special, disse que foi muito bom fazer “O Armário Mágico”, pois é um filme lindo, mesmo falando de nazismo, preconceito, perseguição, porém, o que mais importa é a história de amizade entre esses dois personagens e o encontro de gerações. 

Andrea Cursino
Foto: Louise Duarte

 

 

A jornalista, repórter, crítica de cinema, fundadora e proprietária do “Cinema Para Sempre”, Andrea Cursino, que é formada em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), onde atua no corpo docente, contou que no ano de 1991, descobriu o universo da crítica de cinema, quando iniciou uma pesquisa sobre o assunto,  disse  que o “O Armário Mágico” é um filme lindo, poético e reflexivo. 

 

 

Confira as fotos:

 

Rede Social:

https://www.instagram.com/andrehendges/

https://www.instagram.com/andreacursino1/

https://www.instagram.com/cinemaparasempreoficial/

https://www.instagram.com/festivaldecinemadevassouras/

 

 

 

Fontes:

André Assenheimer Hendges – WIKIARTE

Filme maringaense será exibido em festival no RJ; ‘O armário mágico’ concorre em 11 categorias (omaringa.com.br)

André Hendges – Elenco Digital

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *