Mídia em Foco discute o jornalismo nos dias de hoje

Há inúmeras definições a respeito de jornalismo. Mas eu gosto daquela que diz que jornalismo é separar o joio do trigo e publicar o joio. Essa definição não é minha, é de um cara chamado Mark Twain”, resume Heródoto Barbeiro.

 

Heródoto Barbeiro, Krishma Carreira e Wharrysson Lacerda
Foto: Divulgação

 

 

Jornalismo. Este é o tema do programa Mídia em Foco que vai ao ar na nesta quarta-feira, dia 27, às 22h30, na TV Brasil. Para falar sobre o assunto, o Mídia em Foco entrevista três jornalistas: Heródoto Barbeiro, da Record News; Wharrysson Lacerda, diretor do portal Olhar Digital; e Krishma Carreira.

Coletar, analisar e transmitir informações atuais periodicamente. Essa é uma definição simples que certamente não explica toda a complexidade que envolve a atividade jornalística. Para se ter uma ideia de sua importância, em 1828, o político e historiador Thomas Macaulay se refere pela primeira vez ao jornalismo como o quarto poder. Desde então, ele se tornou cada vez mais influente, poderoso e dinâmico.

A palavra jornal tem origem no latim, diurnális, e significa diário. O título do primeiro jornal conhecido é Acta diurna, criado na Roma antiga. O boletim, esculpido em pedra e exibido em praça pública, trazia diariamente notícias e diretrizes governamentais.

No século oitavo, jornais escritos a mão já existiam na China. A partir da invenção da imprensa, surgem os primeiros jornais modernos e no início do século XIX eles se tornam nosso principal veículo de comunicação.

Em formato documental, o Mídia em Foco abre uma janela na televisão aberta para se pensar os rumos da comunicação. Apresentado pela jornalista Paula Abritta, o programa aborda novas tendências de mercado, produção do conteúdo, evolução das tecnologias, convergência das mídias, regulação e consumo nos dias de hoje e as expectativas para o futuro.

 

                               

“O jornalismo não é imparcial, porque eu acho que ninguém é imparcial”, opina a jornalista Krishma Carreira.

 

Gravada no estúdio da emissora pública em São Paulo, a produção semanal busca contemplar, ainda, a história dos meios de comunicação e sua influência na sociedade atualmente. A proposta é estimular que o telespectador desenvolva uma visão crítica e possa refletir sobre o que observa na mídia.

O Mídia em Foco também pode e deve ser aproveitado no meio acadêmico contribuindo para pesquisas e reflexões sobre os meios de comunicação. Nesta primeira temporada, a TV Brasil produziu 52 programas de 26 minutos.

 

 

“Eu acho que numa sociedade democrática, o jornalismo é uma das instituições mais importantes que a gente tem”, diz Wharrysson Lacerda.

 

 

Serviço:

Mídia em Foco

Quarta-feira, dia 27, às 22h30

TV Brasil

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: