Rodrigo Pitta apresenta “Passeata”, novo single do álbum PQP – Porque o Pop ou Pátria que o Pariu

Lançamento da faixa é acompanhado por lyric video

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Depois de polemizar com Elza Soares e Ana Carolina na canção “Será?!”, lançada durante o carnaval de 2016, o músico, cantor e compositor paulista Rodrigo Pitta apresenta “Passeata”, seu mais novo single e faixa do disco PQP – Porque o Pop ou Pátria que o Pariu, atualmente em fase de gravação.

Assim como “Será?!” relembrou a histórica marchinha “Cabeleira do Zezé”, com uma letra que trata sobre a sexualidade alheia, “Passeata” é uma homenagem de Pitta à clássica “Pra não dizer que não falei de Flores”, sucesso de Geraldo Vandré que marcou as manifestações no ápice da ditadura militar nos anos 60.

“Quem vai pra rua está carregando consigo muitas crenças pessoais, se aproveitando do momento para colocar pra fora preconceitos, vontades e hipocrisias. É isso que assusta: ver um país como o nosso vivendo um retrocesso moral e cívico, consagrando racistas, fascistas e homofóbicos”, comenta Pitta. “Essa sociedade que mostra a cara também assusta e o disco como um todo é sobre isso”, finaliza.

“Passeata” foi produzida por Rodrigo Coelho e traz participações especiais do DJ Nuts, do baterista Tutto Ferraz e do percussionista Mestre Da Lua. A canção é a segunda a ser lançada do álbum PQP – Porque o Pop ou Pátria que o Pariu, que está previsto para chegar às plataformas digitais no segundo semestre de 2016, pela Som Livre. 

Para ouvir “Passeata” clique aqui.

Para assistir ao lyric video clique aqui.

Inker Agência Cultural
www.inker.art.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.