Vasco vence Flu, em Manaus, e conquista sua 12ª Taça Guanabara

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Neste domingo de manifestações pelo Brasil inteiro, o Vasco venceu o Fluminense por 1 a 0, na Arena Amazônia, em Manaus e  conquistou a Taça Guanabara de forma invicta. O gol que garantiu a equipe da Cruz de Malta foi marcado pelo atacante Riascos.

Os dois times foram a campo e realizaram o espetáculo que o “povo” gosta de assistir. O calor do Amazonas não assustou os torcedores que lotaram a Arena. O jogo já começou quente, o clima era de ansiedade entre os jogadores, que estavam em campo para decidir quem seria o campeão.

 

Foto: Nelson Perez/FLUMINENSE F.C.
Foto: Nelson Perez/FLUMINENSE F.C.

 

 

 

Uma partida equilibrada, o Gigante da Colina precisando do resultado tomou a iniciativa e o Tricolor das Laranjeiras que contava com o retorno do atacante Fred, apostou nos contra-ataques, ainda sim teve um gol de cabeça marcado pelo zagueiro Renato Chaves anulado pelo árbitro que viu falta em Martin Silva.

 

 

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

A segunda etapa seguiu com o mesmo panorama, o Vasco pressionando e o tricolor segurando o empate. Até que aos 21 minutos, Eder Luís em um rápido contra-ataque, deixou Riascos em posição para marcar o gol que consagraria a equipe Cruzmaltina Campeã.  No fim, Osvaldo ainda teve a bola do empate, mas parou em Martín Silva. Festa na colina! O Vasco é pela 12ª vez, campeão da Taça Guanabara.

Um dia em que as TVs abertas deixaram de transmitir as partidas de futebol para acompanhar na íntegra a votação do Impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), foi decidido as semifinais do campeonato Carioca: Vasco x Flamengo e Fluminense x Botafogo. Vasco e Flu terão mando de campo e jogarão com a vantagem do empate.

 

Fluminense: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Renato Chaves (Ygor Nogueira), Marlon Santos e Giovanni; Edson, Douglas e Gerson; Marcos Junior (Higor Leite), Osvaldo e Fred (Magno Alves). Técnico: Levir Culpi.

 

VASCO: Martín Silva; Madson, Luan (Rafael Vaz), Rodrigo (Diguinho) e Henrique; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Eder Luis), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos. Técnico: Jorginho

 

 

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: