Theatro Municipal apresenta tributo a Maria Callas, coreografia do Balé da Cidade e Concerto de Natal

Dezembro é marcado pelos espetáculos de diversos corpos artísticos do Theatro Municipal: a Orquestra Sinfônica Municipal homenageia Maria Callas nos dias 8 e 9/12, o Coral Paulistano apresenta seu Concerto de Natal nos dias 10 e 13/12; a Orquestra Experimental de Repertório recebe o violonista Fábio Zanon no dia 10 de dezembro; e o Balé da Cidade de São de Paulo apresenta Horizonte +, entre os dias 14 e 17/12.

 

Foto: Divulgação

O mês de dezembro marca o encerramento da programação da bem-sucedida temporada Entusiasmo. Dessa forma, o Theatro Municipal de São Paulo celebra o fim desse ciclo com espetáculos memoráveis, entre clássicos e estreias na programação. Alguns destaques são Orquestra Sinfônica Municipal apresenta Tributo a Maria Callas, com as sopranos Camila ProvenzaleEiko Senda e Rosana Lamosa; a remontagem do Balé da Cidade de São Paulo do espetáculo Horizonte +, que integra o projeto Balé na Cúpula; a Orquestra Sinfônica Municipal apresenta Maracatu e Burana, em um encontro único entre Maracatu de Chico Rei, de Francisco Mignone, e Carmina Burana, de Carl Orff. Entre os eventos tradicionais de dezembro, o já conhecido do público 2º Concurso de Canto Lírico Joaquina Lapinha, que terá um concerto com os vencedores da edição acompanhados da Orquestra Experimental de Repertório, divide as expectativas com o esperado Concerto de Natal, com o Coral Paulistano.

 

Confira esses destaques e mais na programação mensal!

No início do mês, a Orquestra Sinfônica Municipal apresentará Serenata para Cordas nos dias 1 (sexta), às 20h, e 2 (sábado), às 17h, na Praça das Artes, na Sala do Conservatório. Sob a regência de Alessandro Sangiorgi, o grupo de cordas da orquestra executará obras como a Suíte Antiga, Op. 11, de Alberto Nepomuceno, Holberg Suite de Edvard Grieg, e Serenata Para Cordas, Op. 22, de Antonín Dvorák. Os ingressos para as apresentações regulares custam R$32, a classificação é livre, e a duração total do concerto é de 65 minutos. Além disso, haverá uma apresentação externa do mesmo concerto no dia 3, às 11h, no Teatro Flávio Império, na região leste da cidade, com entradas gratuitas.

O evento Balé na Cúpula – Cartas Digitais: Balé Anatomia Expandida ocorrerá nos dias 1º de dezembro (sexta-feira), às 20h, 2 de dezembro (sábado) às 17h, e 3 de dezembro (domingo) às 17h. Dirigido por Alejandro Ahmed, o espetáculo trará o resultado de uma residência que reuniu membros do Balé da Cidade de São Paulo e da Companhia Ballet Paraisópolis. A proposta explora o uso da técnica do balé clássico como suporte de treinamento diário, questionando esta arte e se aprofundando nela a partir de perspectivas históricas e contemporâneas. Os ingressos custam R$40 (inteira), a classificação é livre para todos os públicos, e a duração total do evento é de 60 minutos.
 

No dia 6 de dezembro, quarta-feira, às 20h, o Coro Lírico Municipal e a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, sob a regência de Carlos Prazeres, apresentarão o evento Réquiem de Mozart, apresentando Réquiem em Ré menor de Wolfgang Amadeus Mozart na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Campinas. Os solistas serão Elayne Caser, soprano, Keila de Moraes, mezzo-soprano, Miguel Geraldi, tenor, e Leonardo Pace, baixo. Os ingressos são gratuitos, a classificação é livre para todos os públicos e a duração total do concerto é de aproximadamente 50 minutos.

Encerrando o ciclo literário do projeto Encontro com Autores, no dia 7 de dezembro, quinta-feira, às 19h, um encontro com a presença do vencedor do Prêmio Jabuti de 2023, a ser anunciado no dia 05/12, na Sala de Espetáculos do Theatro Municipal. O evento é gratuito e aberto ao público por ordem de chegada, com capacidade para 80 lugares, e a atividade tem a co-realização da CBL (Câmara Brasileira do Livro). Livre para todos os públicos, a conversa tem duração total aproximada de 90 minutos.

Orquestra Sinfônica Municipal sobe ao palco da Sala de Espetáculos para fazer uma homenagem à vida e à carreira de uma das maiores sopranos do século XX, Maria Callas. Trazendo trechos das óperas como La TraviataMadama Butterfly, e Norma, o espetáculo terá regência de Roberto Minczuk com a participação de três sopranos: Camila ProvenzaleEiko Senda e Rosana Lamosa. O espetáculo terá duas datas, no dia 8 (sexta-feira), 20h, e dia 9 (sábado), 17h. Ingressos de R$12 a R$64 e com classificação livre.

Trazendo experimentação e diversidade para programação do Theatro, o Festival Música Estranha será realizado nos dias 7 (quinta), 8 (sexta) e 9 (sábado) na Praça das Artes, abrangendo o Vão Livre, a Sala do Conservatório e a Sala de Exposições. O evento se destaca por acolher as novas direções da produção musical contemporânea, fomentando o diálogo com diversas expressões artísticas e adotando o conceito de pós-gênero como base para sua curadoria. Nesta edição, os temas em destaque nas discussões e atividades formativas visam provocar reflexões sobre a relação humana com os recursos naturais, explorando seus usos sociais, ecológicos e políticos. Mais informações sobre o festival serão divulgadas em breve no site do Theatro Municipal. O evento é livre para todas as idades.
 

No dia 9 de dezembro, o Lab esPinrolê e convidados promovem caminhadas e oficinas de fotografia analógica no entorno do Theatro Municipal. Das 10h às 13h, a oficina Criação de um Caderno de Artista, usando Cianotipia e Encadernação Artesanal proporcionará aos participantes um passeio pelas ruas do centro histórico, coletando elementos naturais para compor imagens em cianotipia. Esse processo fotográfico, que produz imagens em tons de azul, permitirá uma experiência introspectiva e contemplativa durante a construção de um caderno poético.

Na segunda oficina do dia, das 14h às 17h, intitulada Percurso Histórico com Câmara Escura e Retrato com Fotografia Pinhole, os participantes realizarão uma caminhada pelo entorno do Theatro Municipal e do Sesc 24 de Maio. Utilizando uma câmera escura para o reconhecimento e registro fotográfico de prédios icônicos, a jornada incluirá pontos como a Praça Ramos de Azevedo, a rua Conselheiro Crispiniano e a Praça das Artes. Ao final, os participantes experimentarão a técnica de fotografia pinhole, utilizando uma câmera artesanal para fazer retratos, seguida da revelação das imagens em um laboratório portátil. Os encontros têm como ponto de partida a bilheteria do Theatro Municipal, os ingressos são gratuitos e por ordem de chegada, sendo destinados a maiores de 16 anos sem a necessidade de experiência prévia. Os participantes devem chegar com 15 minutos de antecedência à atividade.

Orquestra Experimental de Repertório apresentará o concerto Dwyer e Beethoven, no dia 10 de dezembro, domingo, às 11h, no Theatro Municipal. Sob a regência de Guilherme Rocha com participação de Fábio Zanon no violão, o programa terá o Concerto n.2 para violão e orquestra, de Benjamin Dwyer, e a Sinfonia n.8, de Ludwig van Beethoven. Os ingressos variam de R$12 a R$32 (inteira), a classificação é livre para todos os públicos, sem conteúdos potencialmente prejudiciais para qualquer faixa etária, e a duração total do concerto é de 63 minutos.
 

Já no dia 10 de dezembro, às 13h, o Coral Paulistano, sob a regência de Isabela Siscari, acompanhada por Felipe Bernardo no órgão, realizará o tradicional Concerto de Natal, no Pateo do Collegio, apresentando obras de Gustav Holst, Javier Busto, Anton Bruckner e canções natalinas. Já no dia 13 de dezembro, às 13h, na Escadaria Interna do Theatro Municipal, o Coral Paulistano, dirigido por Maíra Ferreira e Isabela Siscari, protagonizará outra edição do Concerto de Natal, com a participação especial do Coral dos Colaboradores do Theatro Municipal de São Paulo. O repertório deste concerto será anunciado
 

No dia 13 de dezembro, quarta-feira, às 20h, na Sala do Conservatório da Praça das Artes, ocorrerá o evento Bailão Forrozeiro. O espetáculo contará com a participação do Bando de Régia, grupo que mescla o forró raiz com sonoridades contemporâneas, vencedor do Rootstock Music Festival (FRA-2021) e artista revelação no Festival Forró da Lua Cheia (2019). O Bailão Forrozeiro incluirá a presença de um poeta popular (cordelista) no cerimonial, compartilhamento de memórias afetivas do forró e a apresentação musical do Bando de Régia com a participação especial do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, composto por Betina Stegmann e Nelson Rios (violino), Marcelo Jaffé (viola) e Rafael Cesario (violoncelo). O repertório inclui arranjos de músicas de artistas como Gilberto Gil, Luiz Gonzaga, Zé Dantas, Chico Buarque, entre outros. Os ingressos custam R$32 (inteira), a classificação é livre para todos os público e a duração total do evento é de aproximadamente 60 minutos, sem intervalo.

O Balé da Cidade de São Paulo encerra sua temporada do ano em grande estilo com o projeto Balé na Cúpula. Horizonte + é uma coreografia baseada na partitura coreográfica a princípio criada e dançada por Beatriz Sano e Eduardo Fukushima, com música ao vivo do baterista Chico Leibholz. A peça foi composta na relação entre as práticas corporais asiáticas, que os artistas vêm estudando, e o universo de criação da artista visual nipo-brasileira Tomie Ohtake (1913-2015). A coreografia será apresentada em quatro datas: dia 14 (quinta-feira), às 20h, 15 (sexta-feira), às 20h, 16 (sábado), às 17h, e 17/12 (domingo), às 17h, na Cúpula do Theatro Municipal de São Paulo. A duração aproximada é de 60 minutos, a classificação indicativa, livre para todos os públicos, e os ingressos custam R$40 (inteira). A coreografia foi vencedora do Edital de Criação Coreográfica do Complexo Theatro Municipal.

Em uma celebração da diversidade e formação de novos talentos promovidos pela Organização Social Sustenidos, os vencedores do 2º Concurso de Canto Lírico Joaquina Lapinha, dedicado a solistas pretos, pardos e indígenas, farão um concerto com a Orquestra Experimental de Repertório, sob regência de Priscila Bomfim, na Sala de Espetáculos do Theatro no dia 18/12, terça-feira. A primeira edição, realizada no segundo semestre de 2022, premiou, em primeiro lugar, Chiara Santoro Gomes e Isaque Pereira Braga de Oliveira, em segundo lugar, Thaina Roberta da Silva Souza e Marcelo Dias da Silva; e Núbia Eunice Viana Ferreira e Paulo André Nascimento de Jesus Maria na categoria Jovem Solista. Os vencedores da edição 2023 ainda serão anunciados. O espetáculo será às 20h, com repertório a ser anunciado em breve. Ingressos a R$32 (inteira) e classificação livre para todos os públicos.
 

Em um encontro único de sonoridades, a Orquestra Sinfônica Municipal, o Coro Lírico Municipal, o Coral Paulistano e o Coro Infanto Juvenil da Escola Municipal de Música de São Paulo unem-se para apresentar Maracatu de Chico Rei, de Francisco Mignone, e Carmina Burana, de Carl Orff no Theatro Municipal, nos dias 21 (quinta) e 22/12 (sexta) às 20h. O concerto, intitulado Maracatu e Burana, tem a regência de Roberto Minczuk e conta com Mário Zaccaro como regente do Coro Lírico e Maíra Ferreira como regente do Coral Paulistano. Os solistas incluem Maria Carla Pino Cury (soprano), Jabez Lima (tenor) e um barítono ainda a ser anunciado. Os ingressos variam de R$12 a R$64, a classificação é livre, e a duração do concerto é de 120 minutos.
 

Para mais informações sobre os espetáculos, confira a programação completa abaixo, ou acesse o site oficial do Theatro.

 

Serviço

Theatro Municipal de São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, s/nº

Sé – São Paulo, SP

Capacidade Sala de Espetáculos – 1503 pessoas

Assessoria de imprensa

Laila Mahmoud – (11) 99183-3223

laila.mahmoud@theatromunicipal.org.br
 

André Santa Rosa – (82) 99329-6928

andre.lima@theatromunicipal.org.br

 

SOBRE O COMPLEXO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

O Theatro Municipal de São Paulo é um equipamento da Prefeitura da Cidade de São Paulo ligado à Secretaria Municipal de Cultura e à Fundação Theatro Municipal de São Paulo.

O edifício do Theatro Municipal de São Paulo, assinado pelo escritório Ramos de Azevedo em colaboração com os italianos Claudio Rossi e Domiziano Rossi, foi inaugurado em 12 de setembro de 1911. Trata-se de um edifício histórico, patrimônio tombado, intrinsecamente ligado ao aperfeiçoamento da música, da dança e da ópera no Brasil. O Theatro Municipal de São Paulo abrange um importante patrimônio arquitetônico, corpos artísticos permanentes e é vocacionado à ópera, à música sinfônica orquestral e coral, à dança contemporânea e aberto a múltiplas linguagens conectadas com o mundo atual (teatro, cinema, literatura, música contemporânea, moda, música popular, outras linguagens do corpo, dentre outras).

Oferece diversidade de programação e busca atrair um público variado.
 

Além do edifício do Theatro, o Complexo Theatro Municipal também conta com o edifício da Praça das Artes, concebido para ser sede dos Corpos Artísticos e da Escola de Dança e da Escola Municipal de Música de São Paulo.
 

Sua concepção teve como premissa desenhar uma área que abraçasse o antigo prédio tombado do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e que constituísse um edifício moderno e uma praça aberta ao público que circula na área.
 

Inaugurado em dezembro de 2012 em uma área de 29 mil m², o projeto vencedor dos prêmios APCA e ICON AWARDS é resultado da parceria do arquiteto Marcos Cartum (Núcleo de Projetos de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura) com o escritório paulistano Brasil Arquitetura, de Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz.
 

Patrocinadores do Complexo Theatro Municipal de São Paulo – Sustenidos: Nubank, Bradesco e Cescon Barrieu.
 

 

SOBRE A SUSTENIDOS

A Sustenidos é a organização responsável pela gestão do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí e do Theatro Municipal de São Paulo, dos programas Musicou, Som na Estrada, e MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange); e pelos festivais Ethno Brazil e Imagine. Foi responsável pela gestão do Projeto Guri, programa de ensino musical, no litoral e no interior do Estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA, de 2004 a 2021. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos, eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm suporte fiscal da Lei Federal de Incentivo à Cultura e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir no site da Sustenidos.

Quem apoia nossos projetos: Nubank, Visa, Bradesco, CTG Brasil, CCR, Sabesp, Grupo Maringá, SulAmérica, Microsoft, Bayer, CSN, Novelis, Blau, Cipatex, Eixo SP, Rodovias do Tietê, Faber-Castell, WestRock, SKY, BTP, CNH Industrial, Supermercados Tauste e Castelo Alimentos.

Patrocinador do projeto Municipal Circula: Nubank

 

 

Por Divulgação Theatro

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

One thought on “Theatro Municipal apresenta tributo a Maria Callas, coreografia do Balé da Cidade e Concerto de Natal

  • 4 de janeiro de 2024 em 20:59
    Permalink

    Olá, gostaria de conversar contigo para oferecer dois meses gratuitos de entrevistas e publicações em jornais digitais sobre o teu negócio. Publicamos em jornais de alta autoridade com alcance nacional, garantindo uma presença significativa. Isso ajudará a aprimorar as análises, opiniões e reputação online do seu negócio, além de elevar o posicionamento na web para atingir os primeiros resultados nos motores de busca. Se confirmar um número de telefone, posso entrar em contato para explicar como utilizar esses meses gratuitos. Obrigado.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: