Rio de Janeiro recebe encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe

Com recorde de inscrições, o evento homenageia os 80 anos do cineasta Zózimo Bulbul

 

Foto: Divulgação

De 30 de agosto a 9 de setembro, o Rio de Janeiro recebe o “Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe”. O evento, que em 2017 completa 10 anos, bateu recorde de inscrições. São mais de 80 produções brasileiras e internacionais de cineastas negros premiados e também de jovens revelações. A programação ocupa os espaços do Cinema Odeon e Centro Cultural Justiça Federal (Cinelândia) e Museu de Arte do Rio (Praça Mauá).

A comemoração de uma década do encontro coincide com os 80 anos de Zózimo Bulbul (in memorian). O ator, cineasta e fundador do Centro Afrocarioca de Cinema Zózimo Bulbul será o grande homenageado desta edição.  Em 2013, ano de sua morte, seu nome foi incorporado ao evento. A efervescência atual do cinema negro brasileiro passa diretamente pelo trabalho realizado pelo diretor de “Alma no Olho”. Referência para uma nova geração que se destaca e se afirma como cineasta negro e negra.

Desde 2014, a convite de Zózimo Bulbul, o premiado cineasta Joel Zito Araújo realiza a curadoria do evento.

 

 

“Um encontro com a característica que o Zózimo imprimiu, onde a maioria dos convidados internacionais é da África, na curadoria eu tenho a preocupação de oferecer um painel do que está acontecendo neste continente, um painel do cinema feito pela África negra”, explica Joel

 

Na edição de 10 anos, o encontro recebe cineastas da África do Sul, Nigéria, Guadalupe, Senegal, Burkina Faso, Etiópia, Camarões, Gana e Ruanda possibilitando, a partir de exibições e debates, o intercâmbio com realizadores brasileiros e da diáspora africana.

Além da juventude, o evento tem como foco o protagonismo das mulheres negras no audiovisual, Pela primeira vez, a pesquisadora Janaina Oliveira é curadora convidada do encontro. A exibição de estreia dos curtas Fé Menina e Tia Ciata são exemplos da expansão do cinema negro pelas lentes das mulheres. Na esteira da representatividade, os filmes abordam o protagonismo feminino. Realizado pelo Coletivo Mulheres de Pedra, “Fé Menina” está no lançamento, na quarta-feira (30), no Cine Odeon.Tia Ciata também é destaque na programação.

Organizado pelo Centro Afrocarioca de Cinema, o encontro é referência no Brasil e no mundo e mantém o objetivo do fundador, Zózimo Bulbul, cumprindo o papel de fortalecer a identidade negra através de processo formativo com exibições, debates, seminários e diferentes ações. Em 2017, o “Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe” recebe 88 filmes, sendo 66 nacionais e 22 internacionais.

 

    

Serviço

 

Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe/10 anos

Data: 30 de agosto a 9 de setembro de 2017 (terça-feira a domingo)

Horário: consultar programação

Local: CCJF – Centro Cultural Justiça Federal, Cinema Odeon, Museu de Arte do Rio – MAR, Rio de Janeiro

Endereço: Cinema Odeon, Praça Floriano, 7, Centro; CCJF, Av. Rio Branco, 241, Centro; MAR, Praça Mauá, 5, Centro.

Ingresso: Cinema Odeon R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia); Centro Cultural Justiça Federal e MAR, entrada gratuita com distribuição de senhas 1 hora antes do evento.

Informações: www.afrocariocadecinema.org.br

Classificação: Livre (sessão 13h) e 16 anos (Demais sessões)

Patrocínio: Rio Filmes, Prefeitura do Rio/Secretaria Municipal de Cultura, Ministério da Cultura/Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural/Secretaria do Audiovisual/Fundação Palmares.

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: