Dança em Trânsito percorre seis cidades brasileiras e encerra em Paris sua 15ª Edição

Programação no Brasil inclui espetáculos, workshops, residências e apresentações em espaços públicos, de 17 a 27 de agosto

 

Foto: Divulgação

 

Primeiro festival internacional de dança contemporânea brasileiro a extrapolar os limites do palco e ganhar as ruas e espaços públicos da cidade, o Dança em Trânsito celebra sua 15ª edição reafirmando os números superlativos que têm marcado sua trajetória até aqui. Este ano, 21 trabalhos (doze inéditos no país), de sete companhias brasileiras e outras sete estrangeiras – das quais quatro estarão se apresentando pela primeira vez no Brasil –, fazem parte da programação que começa no próximo dia 17, em Capivari de Baixo (SC), passa por mais quatro cidades no Sul e chega em 23 de agosto ao Rio de Janeiro, onde ocupa centros culturais e teatros, além de espaços públicos, até 27 de agosto. A itinerância e o intercâmbio entre artistas e companhias de diversas cidades do mundo – marcas do festival –, ultrapassam fronteiras este ano e, mais uma vez, levam o Dança em Trânsito a Paris, em outubro.

 

“Independentemente do tamanho de cada edição, o Dança em Trânsito se mantém, ao longo de todos esses anos, coerente com sua proposta de valorizar, democratizar e incentivar a dança contemporânea no país, através do intercâmbio de diferentes linguagens e origens, de forma itinerante, e sempre buscando a formação de novos públicos para a dança e às artes”, resume Giselle Tápias, diretora artística e curadora do festival 

 

Além da programação de espetáculos, que passa pelo Armazém da Utopia, Casa França-BrasilCCBBSESC Ginástico e Teatro Cacilda Becker, o festival terá quatro residências de intercâmbio, com oficinas de criação no Sul – Entre Rios do Sul (RS), Capivari de Baixo (SC) e Alto Bela Vista (SC) – e mais uma em Paris. No Rio, o Cacilda Becker abriga três workshops gratuitos, de 23 a 25 de agosto, ministrado respectivamente por  Edmond Russo, da cia francesa Affari EsteriFlávia Tápias, coreógrafa, bailarina e diretora do Grupo Tápias – companhia associada ao Espaço Tápias e todas as suas produções – e Gaétan Jamard (França) e por Hector Plaza e Agnes Sales (Espanha). As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo email workshop.dancaemtransito@gmail.com

A ocupação das ruas acontece no domingo de encerramento (27/8), com apresentações que começam às 11h no Armazém da Utopia, atravessam a Orla Conde até o Museu do Amanhã e chegam, no início da noite, à Casa França-Brasil e ao Banco do Brasil. Serão, ao todo, dez espetáculos de dez artistas e companhias, espalhados em uma área de cerca de 2km.

 

DANÇA EM TRÂNSITO

www.dancaemtransito.com.br

 

De 23 a 27 de agosto de 2017 – Rio de Janeiro

Patrocínio: Engie Brasil e Banco do Brasil 

Direção artística e curadoria: Giselle Tápias

Assistência de direção e curadoria: Flávia Tápias

Gestão: ID 21

Direção de produção: CDPDRJ

Produção executiva: Karoli Andrade e Sonia Reinstein

Programação visual e web design: TRUQUE www.truque.co

Fotografia: Fernanda Vallois e Thaisa Mezzavilla

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: