Viajar para Paris gastando pouco é possível? Conheça 5 dicas para uma viagem econômica à cidade da luz

Helena Ribeiro, guia conferencista de Paris, dá dicas para quem quer economizar na capital francesa

 

Foto: Edna Rocha

As Olimpíadas 2024 em Paris, na França, estão chegando e a crise e a alta do dólar e do euro não significam que você deve adiar sua viagem para lá. Seja para ir assistir aos jogos olímpicos, seja para turistar, a cidade luz tem fama de ser cara, mas, usando as dicas certas, é possível conhecer tudo de melhor de maneira bastante econômica.

A guia credenciada pelo Ministério da Cultura da França, Helena Ribeiro, mora em Paris desde 2011 e afirma ser possível economizar na cidade, a partir de jeitos alternativos de pesquisar passagens, hospedagens, passeios, lugares para alimentação, além do transporte que irá utilizar. 

 

 

Confira algumas dicas!

 

Escolhendo a passagem 

Algumas dicas podem deixar sua viagem de avião mais barata! Ser flexível com horários a fim de pegar aqueles mais em conta pode ser uma boa pedida. Usar alertas de preços ajuda a monitorar preços entre companhias aéreas, além de ajudar a descobrir promoções. Vale ressaltar que a companhia Air France costuma fazer promoções aos destinos europeus.

 

Foto: Edna Rocha

Onde se hospedar 

Alugar um apartamento, hostel ou albergue pode baratear – e muito – a viagem. Além disso, você pode optar por regiões um pouco mais afastadas do centro de Paris, mas ainda interessantes, como Porte de Versailles.

 

Transporte econômico

Vale apostar bastante no ônibus ou metrô! É possível economizar bastante com o transporte público de Paris ao comprar cartelas de bilhetes ou até mesmo o Paris Pass, que são passes que incluem transporte ilimitado pela cidade por um determinado número de dias.

 

Foto: Edna Rocha

Alimentação mais barata

Uma boa pedida na hora de se alimentar é apostar nas combinações de Prix-fixe ou plat du jour, o que significa “preço fixo” ou “prato do dia”, respectivamente. S São opções que, no geral, são bem mais baratas que os cardápios comuns. 

Outra questão é se você fica em hotéis. O café da manhã por lá costuma ser bem caro, então pode ser melhor sair para comer na rua de manhã, ou até mesmo fazer mercado para esta refeição do dia.

 

Foto: Edna Rocha

Muitos passeios gratuitos!

Grande parte dos museus são gratuitos no primeiro domingo de cada mês. Além disso, você pode conhecer muitas belezas da cidade luz sem gastar nada, por conta própria, como um piquenique no Champ de Mars (e outros jardins e parques), caminhar pela Champs-Élysées, andar pelas margens do Rio Sena e conhecer as pontes de Paris. 

Uma boa dica é visitar igrejas e parques, muitas de forma gratuita. 

 

Confira algumas fotos:

 

Para mais informações sobre experiências em Paris, siga @vivapariscomhelena

 

 

Por Exclame – Assessoria de Imprensa

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *