Dia da Amazônia: práticas simples e ao seu alcance ajudam a preservá-la

Foto: Edna Rocha

Neste dia 5 comemora-se o dia da Amazônia, a maior e mais biodiversa floresta tropical do mundo. Além de lembrarmos da criação da Província do Amazonas em 1850, por D. Pedro II, também é dia de repensar sobre como não esgotar os recursos naturais, tratar o meio ambiente com respeito e planejar um equilíbrio entre o que retiramos da natureza e o que oferecemos em troca. 

Isto porque a nossa sociedade atual pode ser definida como de consumo, ou seja, populações mundiais inteiras buscam extrair o máximo do planeta, muitas vezes desperdiçando água, desmatando, poluindo e produzindo queimadas, o que têm causado alterações climáticas extremas, aquecimento global, escassez hídrica, desaparecimento das matas e dos biomas naturais e uma amplitude térmica sem precedentes. 

 Se o cenário descrito incomoda, saiba que ele é resultado das contundentes e sistemáticas agressões sofridas pela natureza. Porém, a boa notícia é que práticas relativamente simples podem ser tomadas a fim de neutralizar ou reduzir os danos causados. Confira algumas:

1- Investir em produtos de limpeza sustentáveis e cruelty-free: já existem soluções de consumo consciente e acessíveis aos brasileiros em vários produtos, desde higiene pessoal até soluções de limpeza com a casa, como desengordurantes multiusos, lava-roupas líquido, em barra e em pó, tira limo e bastão tira manchas, que limpam ao mesmo tempo em que não prejudicam os recursos do planeta.  

Um bom exemplo é toda a linha de produtos de limpeza Amazon (da GTEX), comprometida com a redução da poluição por emissão de resíduos tóxicos nos lares. As soluções de limpeza Amazon são feitas com matérias primas naturais como extrato de laranja, formuladas com tensoativos biodegradáveis (ou tensoativos verdes, que podem ser degradados pelos microrganismos presentes na natureza), não possuem cloro nem corantes em sua formulação e são cruelty-free – resumindo, nada é testado em animais.

2 – Optar por embalagens ecologicamente responsáveis: é importante consumir produtos que não tenham embalagem excessiva (redes de lanchonetes utilizam invólucros em cada item e isso não ajuda). Repense se consumir frutas, verduras e legumes que vêm diretamente da terra, utilizando sacolas de pano reutilizáveis para comprá-los ao invés dos saquinhos plásticos que demoram 100 anos ou mais para se decompor não pode ser algo a adotar na sua rotina. Além de fortalecer o agro, cooperativas e comunidades produtoras, você beneficiará sua saúde – e a do planeta.  

Se precisar consumir produtos que venham em embalagens plásticas pois não há opção, prefira itens de empresas que utilizam, por exemplo, tecnologias provenientes de resina reciclada pós-consumo (PCR), como as novas embalagens que envolvem o lava-roupas em pó URCA, um dos mais vendidos do Brasil: 30% do plástico virgem utilizado nas embalagens foram substituídos por plástico reciclado. Desta forma, o plástico pós consumo passa a ser um recurso valioso que é recuperado e aproveitado para um novo produto – eliminando desperdícios. Além do impacto ambiental, optar por embalagens ecologicamente corretas também gera um impacto social importante, pois contribui para fortalecer o trabalho das cooperativas de materiais recicláveis em diversos pontos do país.

3 – Coleta seletiva importa: separar os resíduos orgânicos dos recicláveis em nossas casas e nas empresas nas quais trabalhamos e exigir que haja a separação e a destinação correta do lixo deve ser uma prioridade de cada cidadão consciente. Ao deixar de misturar plástico, metal, vidro, papel e orgânicos, também contribuímos para dar sobrevida ao aterro sanitário, que além de ocupar áreas de solo e ter um elevado custo de operacionalização, reduzem poluições tóxicas que contaminam solos e águas de rios.

4 – Slow fashion é vida: Outra ação bem-vinda é aderir à moda sustentável ou slow-fashion, estimulando a reutilização de peças de roupas, acessórios e de diversos materiais que utilizamos diariamente. Cuidar das roupas com carinho para que possam ser vividas por outras pessoas, é uma bandeira da marca Baby Soft, por exemplo. Ao optar por utilizar os sabões e amaciantes concentrados da marca, além de gastar um menor volume de água porque seus ativos são concentrados, reduzindo o desperdício hídrico, é possível contribuir com todo um movimento de conscientização que a companhia batizou de “Ame Suas Roupas”.

O amaciante concentrado da linha Infinity Care Baby Soft trata progressivamente as peças de roupas porque tem queratina em sua formulação, prolongando a vida útil dos tecidos, prevenindo bolinhas, o alargamento dos tecidos e o desbotamento das cores. Procurando opções como estas, é possível utilizar as peças por mais tempo – e repassá-las ao próximo com qualidade.

5– Use a água de forma racional: sabemos que 97,5% da água do planeta é salgada, portanto não é potável. Poupar este recurso finito é essencial para garantir o desenvolvimento sustentável, que significa suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem suas próprias necessidades. Economizar hoje garante o abastecimento das gerações futuras, evita crises hídricas e ainda auxilia no orçamento familiar com a diminuição de valor na conta mensal. Escolher empresas que tratam a água em seus processos e utilizam a água de reuso, como a Gtex, também é fundamental.

Sobre a GTEX

A GTEX é uma empresa 100% nacional e que há 50 anos vem inovando o mercado de higiene e limpeza, oferecendo soluções para famílias com cuidados para a casa e para roupas. Com operações em oito estados, sendo oito plantas industriais e cinco grandes Centros de Distribuição, possui 11 marcas (Baby Soft, Urca, UFE Coco, Amazon H2O, Hiper Clean, Ruth Care, Espumil, Classic, Dipol, Cristal e Rio), mais de 400 produtos e está presente em mais de 50 mil pontos de venda por todo o país. Apoiada em pesquisa e desenvolvimento, com foco em inovação e excelência, a GTEX vem mantendo a liderança no mercado de saboaria artesanal com coco e alcançando share de 20% do mercado nacional de amaciantes. 

Por A4&Holofote Comunicação

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *