Grupo Curta! homenageia Zé Celso com exibição de episódio inédito da série exclusiva ‘Companhias do Teatro Brasileiro’ neste domingo, 9

Foto: Divulgação/Curta!

O diretor, ator e dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, falecido nesta quinta-feira, 6 de julho, aos 86 anos, é homenageado pelo Canal Curta! e pelo streaming Curta!On – Clube de Documentários com exibições de produções que mostram sua imensa contribuição para as artes cênicas no Brasil. Domingo, dia 9, às 22h30, no Curta! haverá uma exibição especial do episódio inédito dedicado ao Teatro Oficina da série “Companhias do Teatro Brasileiro” – que estreia em 25 de julho. “Evoé – Retrato de Um Antropófago”, que integra a série “Iconoclássicos” e terá reapresentações até segunda-feira, dia 10. No Curta!On – Clube de Documentários, está disponível gratuitamente o episódio “Vitais Alegorias: Oswald de Andrade e ‘O Rei da Vela'”, da série “Caixas Mágicas”.

“Teatro Oficina”, episódio inédito de “Companhias do Teatro Brasileiro”, traz entrevistas com vários artistas que construíram a história do Oficina. Além de Zé Celso, há depoimentos das atrizes Ítala Nandi, Kate Hansen, Miriam Mehler, Analu Prestes e Etty Fraser, do cenógrafo Hélio Eichbauer e dos cofundadores do grupo, Amir Haddad e Renato Borghi. Eles narram curiosidades como a reação inicial de Zé Celso à obra “O Rei da Vela”, que viria a ser um de seus grandes sucessos. O diretor simplesmente não se animou com o texto de Oswald de Andrade. Coube a Renato Borghi mudar sua opinião, lendo todas as falas de todos os personagens em qualquer lugar que estivesse com Zé Celso.

Outro acontecimento marcante mostrado no episódio é o incêndio que destruiu a sede do Teatro Oficina, em 1966, causado por paramilitares. Zé Celso se vestiu “elegantemente” e visitou os escombros, afirmando que o teatro iria renascer melhorado e mais grandioso. Enquanto muitos de seus colegas choravam, ele fazia planos e dava declarações otimistas. A partir daí, o grupo se mobilizou e arrecadou fundos através de remontagens de peças antigas para construir uma nova casa de espetáculos.

 

Roberto Bomtempo, diretor da série “Companhias do Teatro Brasileiro”, expressou sua admiração por Zé Celso: “Não poderíamos ter feito uma série de teatro sem contar com um episódio sobre o Oficina e ter conversado com Zé Celso. Ele era um dos mestres maiores. Com ele aprendemos a arrebentar as barreiras. Era o teatro em sua amplitude. Jamais existirá outro igual. A festa lá em cima vai ficar bem mais animada”.

 

A série, produzida pela Camisa Listrada e viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), estreia no dia 25 de julho, com o episódio “Cia. Dramática João Caetano”. Ao todo, serão 15 capítulos, que contarão a história do teatro no Brasil por meio de suas principais companhias. Agendado em setembro, o episódio “Teatro Oficina” foi antecipado para este domingo, 9, como uma pré-estreia, em homenagem a Zé Celso. No dia seguinte, ele estará disponível no Curta!On – Clube de Documentários.

 

 

Estudioso do teatro, Daniel Marano, que assina a pesquisa da série, também lamentou a morte do artista: “Afirmar que Zé Celso era a maior personalidade viva do teatro brasileiro é um erro. Ele não era uma personalidade, era uma entidade. O próprio teatro em carne e osso… e espírito. Toda sua existência foi dedicada a sensibilizar as pessoas através da linguagem teatral. É justamente por isso que nem mesmo sua dolorosa morte conseguirá pôr um ponto final em sua existência. Zé Celso viverá em nós, viverá em todos aqueles que foram tocados por suas autênticas, poderosas e transformadoras criações teatrais”.

 

O documentário “Evoé – Retrato de Um Antropófago”, parte da série “Iconoclássicos”, retrata José Celso Martinez Corrêa através de imagens deste século e do anterior, muitas garimpadas do vasto acervo histórico do Teatro Oficina. No filme, o espectador tem um contato íntimo com o pensamento do diretor teatral, que fala sobre a arte e sobre episódios pessoais que o marcaram, como a tortura sofrida durante a ditadura. Ele visita ruínas de anfiteatros gregos e opina: “Graças ao Vinicius de Moraes e ao Tom Jobim terem feito a ligação entre a Grécia e o morro e o samba e o candomblé, nós passamos a entender mais a Grécia do que os gregos”. Além desta quinta, haverá exibições em horários variados até a segunda, 10. No domingo, 9, às 20h30, poderá ser assistido antes do episódio de “Companhias do Teatro Brasileiro”.

 

No Curta!On – Clube de Documentários, é oferecido gratuitamente para novos cadastrados, e para os assinantes o episódio “Vitais Alegorias: Oswald de Andrade e ‘O Rei da Vela'”, da série “Caixas Mágicas”. Ele aborda o legado do romancista, dramaturgo, ensaísta e pensador Oswald de Andrade, por meio de sua obra teatral mais famosa, “O Rei da Vela”, encenada por Zé Celso.

 

Curta!

Até segunda-feira – 10/07

Foto: Divulgação/Curta!

Diversos horários – “Evoé – Retrato de Um Antropófago” (Documentário)

“Evoé”, um filme da série “Iconoclássicos”, mistura de forma labiríntica depoimentos recentes e imagens históricas da carreira do diretor, ator e dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina. O documentário faz viagens a pontos-chave da trajetória de Zé Celso: Sertão da Bahia, Praia de Cururipe, em Alagoas (onde o Bispo Sardinha foi devorado), Epidaurus e Atenas, na Grécia, e o apartamento de São Paulo. Com acesso livre ao infindável e sempre crescente arquivo do Teatro Oficina, misturados com imagens contemporâneas, constrói-se aqui uma visão muito particular de uma das maiores personalidades das artes do Brasil de todos os tempos.  Direção: Tadeu Jungle e Elaine Cesar. Duração: 104 min. Classificação: 16 anos. Horários alternativos: 07 de julho, sexta-feira, às 15h; 08 de julho, sábado, às 13h30; 09 de julho, domingo, às 20h30; 10 de julho, segunda-feira, às 09h.

PROMO: https://youtu.be/tcF5FrhV1To

 

Domingo – 09/07

22h30 – “Companhias do Teatro Brasileiro” (Série) – Episódio: “Teatro Oficina”

Com grande repertório cênico, o Teatro Oficina se destacou por levar a realidade brasileira para suas peças teatrais. Passando por repressão extrema na época da ditadura militar, o Teatro Oficina se reinventou e se mantém até hoje como uma das mais longevas companhias teatrais no Brasil. Direção: Roberto Bomtempo. Duração: 26 min. Classificação: 10 anos. 

PROMO: https://youtu.be/DfMQ0X0Y8jg

 

Curta!On – Clube de Documentários

Caixas Mágicas” (Série) – Episódio: “Vitais Alegorias: Oswald de Andrade e “O Rei da Vela”

Tropicália é um retrato de um dos movimentos mais marcantes na cultura brasileira, o Tropicalismo. Feito com imagens de arquivo dos anos de 1960, o documentário traz material fotográfico, sequências de filmes e programas de TV recuperados e deliciosamente embalados pela música de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Os Mutantes e Tom Zé. Um momento de descoberta e confronto no início dos anos de chumbo. Direção: Rodrigo Campos. Duração: 26 min. Classificação: 12 anos.

PROMO: https://youtu.be/7UUfwMFue3w  

Sobre o Grupo Curta!

O Grupo Curta! tem como missão a difusão de conteúdos audiovisuais relevantes nas áreas de artes e humanidades, sejam brasileiros ou estrangeiros, através da TV linear (canal CURTA!), de plataformas de streaming de operadoras de telecom e da internet. A curadoria de conteúdos é, portanto, o motor central do grupo e foi uma das que mais aprovaram projetos originais para financiamento da produção pelo Fundo Setorial do Audiovisual: já foram mais de 125 longas documentais e 872 episódios de 77 séries que chegam ao público em primeira mão através de suas janelas de exibição:

O canal Curta!, linear, está presente nas residências de mais de 10 milhões de assinantes de TV paga e pode ser visto nos canais 556 da NET/Claro TV, 75 da Oi TV e 664 da Vivo Fibra, além de em operadoras associadas à NeoTV; 

Curta!On, o clube de documentários do Curta!, na ClaroTV+ e em CurtaOn.com.br, conta com mais de 800 filmes e episódios de séries documentais, organizadas por temas de interesse como Música, Artes, MetaCinema, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mitologia e Religião, Sociedade e Pensamento. Há também pastas especiais com novidades – que estreiam a cada mês –, conteúdos originais exclusivos, biografias, além de uma degustação para quem ainda não é assinante do serviço.

Tamanduá TV, plataforma marketplace aberta para qualquer internauta, já reúne mais de quatro mil conteúdos. O usuário pode alugar filmes e séries específicos ou assinar de forma econômica um dos pacotes que contêm conteúdos segmentados por área de interesse: CineBR, CineDocs, CineEuro, CurtaEducação (para professores e estudantes do Ensino Médio e Enem), MetaCinema (para aficcionados e estudantes de Cinema), entre outros. Os pacotes CineBR, CineDocs e CineEuro são disponibilizados desde 2018 como serviço de valor agregado (SVA) para perto de oito milhões de assinantes de banda larga fixa (ISP) da operadora CLARO, sem custo adicional. 

As atividades do Grupo Curta! também promovem a geração de royalties para produtores audiovisuais independentes, com a exploração de seus direitos audiovisuais nas diferentes janelas de streaming. O pacotes Cines da Tamandua TV e do Curta!ON estão repassando anualmente mais de R$ 1,5 milhão de reais em royalties para os produtores dos conteúdos que difunde.

 

 

Por Agência Febre

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *