Especial Festa Junina: Bolo de milho é o prato típico preferido dos brasileiros, diz Google

A informação de um levantamento feito pela Food Connection; entenda

 

Foto: Divulgação

Depois de um mês de maio que demorou praticamente um ano, junho chegou e com ele começa também a temporada de festas juninas por todo o país. É momento de dançar forró, pular fogueira, vibrar com as quadrilhas e, principalmente: aproveitar as delícias desta época. E opções não faltam: são diversos tipos de doces, salgados, caldos, sopas, quentões, cachorros-quentes e por aí vai. No entanto, dentre tantos pratos típicos, os brasileiros têm um preferido: o bolo de milho. Por mês, 246 mil pesquisas no Google são feitas sobre esse quitute. A informação é de um estudo feito pela Food Connection, um hub de conteúdo sobre a indústria alimentícia, com base no volume de buscas que cada produto na plataforma. 

Depois do bolo de milho, o cuscuz é o item mais procurado, com 110 mil buscas no maior motor de buscas do mundo. Em seguida aparecem arroz doce e canjica (ambos com 90.5 mil), caldo verde (74 mil), pamonha (60.5 mil), paçoca (49,5 mil), bolo de aipim (40,5 mil), cocada (33,1 mil), sopa de ervilha (27,1 mil), curau e pé de moleque (ambos com 22,2 pesquisas) fechando o top 10. As demais informações estão disponíveis na tabela abaixo: 

 

Por que o bolo de milho é popular nas festas juninas? 

 

Há quem diga que a história do bolo de milho é mais antiga do que a do próprio Brasil em si, por isso ele é tão popular. Antes mesmo da chegada dos portugueses, ele já era consumido pelos índios tupis guaranis em acontecimentos importantes, como o batismo de uma criança. Na época, era chamado de “Mbojape”, e era servido em folhas verdes e assado entre as cinzas e brasas

Assim, com a colonização, o seu consumo foi integrado às festas realizadas em homenagem à colheita do próprio milho, cuja colheita termina no mês de junho, quando também são realizadas as festas em homenagem aos santos Antônio, João e Pedro na igreja católica. Essa era uma tradição na Europa, de festejar a safra do trigo, que foi adaptada no Brasil. Nessas festas, outros pratos feitos à base de milho como a pamonha, o curau, a canjica e o próprio milho, seja assado ou cozido também eram servidos.  

 

Muito mais do que uma brincadeira: As festas juninas são um ativo econômico! 

 

Apesar de alegres, se engana que as festas juninas não devem ser levadas a sério do ponto de vista econômico Todos os anos, a venda de pratos típicos como o próprio bolo de milho e itens de decoração para esse tipo de evento geram oportunidades àqueles que querem se destacar tanto no setor de serviços como da indústria de alimentos e bebidas. Isso em todos os estados do Brasil! 

Em Curitiba, segundo matéria do jornal Bem Paraná, um comércio local espera um aumento de até 20% nas vendas com produtos para a realização de arraiás, como artigos para festas, comidas e bebidas. 

Na Paraíba, a expectativa é que o São João de Campina Grande, considerado o maior do mundo, movimente mais de R$ 400 milhões na economia da cidade. 

Além disso, no Rio de Janeiro, em entrevista ao portal Diário do Rio em maio deste ano, Felippe Augusto, CEO da BoateBus, comenta que as festas juninas eventos têm o poder de atrair o público por conta da possibilidade justamente de experimentar as comidas típicas e assistir apresentações artísticas. 

 

“As festas juninas movimentam diversos setores da economia do Rio de Janeiro. É necessária a contratação de profissionais para organizar os eventos, como músicos, dançarinos, artistas, chefs de cozinha, garçons, seguranças, entre outros. Além disso, elas também fomentam o comércio local, beneficiam vendedores de alimentos, bebidas, roupas típicas, artesanato e outros produtos relacionados às festividades”,  explica. 

 

 

E, afinal, como fazer bolo de milho? 

Não tem como fazer um artigo falando de bolo de milho, da importância econômica das festas juninas  sobre bolo de milho em festas juninas sem dar dicas de como preparar um bolo de milho para festas juninas, né? Diante disso, separamos duas receitas que são muito pesquisadas no Google: bolo de milho verde e bolo de milho cremoso. Aí vai: 

 

-Bolo de milho verde:

Ingredientes:

  • 2 xícaras de milho verde (fresco, em lata ou congelado)
  • 3 ovos
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de óleo vegetal
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de fubá
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • Uma pitada de sal (opcional)

 

Instruções:

  1. Pré-aqueça o forno a 180°C e unte uma forma de bolo com manteiga ou óleo. Reserva.
  2. No liquidificador, acrescente o milho verde, os ovos, o açúcar e o óleo. Bata bem até obter uma mistura lisa e respeitada.
  3. Transfira a mistura líquida para uma tigela.
  4. Adicione a farinha de trigo, o fubá, o fermento em pó e uma pitada de sal (se desejar). Misture delicadamente até obter uma massa apreciada.
  5. Despeje a massa na forma previamente untada.
  6. Leve ao forno pré-aquecido e asse por aproximadamente 40 a 50 minutos, ou até que o bolo fique dourado e firme ao toque. Para verificar o ponto de cozimento, insira um palito no centro do bolo – se sair limpo, o bolo está pronto.
  7. Retire o bolo do forno e deixe-o cozinhar antes de desenformar.
  8. Sirva o bolo de milho verde em fatias e aproveite!

 

Este bolo de milho verde é leve, úmido e tem um sabor maravilhoso. É uma ótima opção para desfrutar no café da tarde ou em qualquer ocasião especial.

 

 

-Bolo de milho cremoso

Ingredientes:

  • 1 lata de milho verde (escorrido)
  • 3 ovos
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 xícara de leite
  • 1/2 xícara de óleo vegetal
  • 1 xícara de fubá
  • 1/2 xícara de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

 

Instruções:

  1. Pré-aqueça o forno a 180°C e unte uma forma de bolo com manteiga ou óleo. Reserva.
  2. No liquidificador, acrescente o milho verde, os ovos, o leite condensado, o leite e o óleo. Bata bem até obter uma mistura tolerada.
  3. Em uma tigela separada, misture o fubá, a farinha de trigo e o fermento em pó.
  4. Despeje a mistura líquida do liquidificador sobre os ingredientes secos e mexa delicadamente até incorporar todos os ingredientes.
  5. Transfira a massa para uma forma previamente untada.
  6. Leve ao forno pré-aquecido e asse por cerca de 40 a 50 minutos, ou até que o bolo fique dourado e firme ao toque.
  7. Retire o bolo do forno e deixe-o cozinhar antes de desenformar.
  8. Sirva o bolo de milho cremoso em fatias e aproveite!

 

Este bolo de milho cremoso é uma delícia para saborear no café da tarde ou como sobremesa. Você também pode adicionar coco ralado à massa para dar um toque extra de sabor.

 

Com o bolo pronto, agora é só sair e ir curtir os arraiás. Anarriê! 

 

 

Por Search One Digital – A sua agência de Marketing Digital, mais autoridade, visibilidade e vendas para o seu site!

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *