Últimos dias para aproveitar o FIL que termina no dia 6 de novembro

Foto: Divulgação

O FIL Festival está quase no fim. Mas ainda dá tempo de se deliciar com a programação que vai até o dia 6 de novembro no CCBB Rio, na Casa França-Brasil e no canal do festival no YouTube com atrações especiais para o mundo infantojuvenil. São elas:

 

BEM NO MEIO

A estreia da Ópera-instalação Bem no Meio, contada de forma diferente este novo projeto da inquieta escritora, atriz, diretora e idealizadora do FIL, Karen Acioly, convida o público a assistir às sessões contemplativas do espetáculo. Serão oito únicas apresentações onde o espectador poderá ver e sentir a ópera expandida em sessões de cinemópera (cinema + ópera + instalação). Dias 29 e 30/10 e 5 e 6/11, com entrada gratuita. (14h e 16h) no Teatro III.

“Bem no meio” é uma ópera-instalação inédita, idealizada pela multiartista Karen Acioly, com música do compositor francês Camille Rocailleux. Em uma dimensão fora dos padrões, a ópera mistura canto lírico e literatura à dança e à projeção digital. Nessa experiência sinestésica, o espectador vai assistir imagens projetadas em diversos espaços cênicos para criar, por meio de uma dramaturgia pontilhada, sua própria interpretação da história. 

A obra narra a história da menina Bem, que tem o divino dom de entrar e sair de dentro dos livros, e que nasce com um estranho buraquinho nas costas, de onde surgirá uma asa. A ópera-instalação inspirou o livro de mesmo nome, lançado, em 2022, pela Editora Saberes e Letras. As projeções são feitas diretamente na instalação cenográfica do espetáculo. A ideia aborda, metaforicamente, a expansão dos sentimentos das personagens retratados em closes e fragmentos. Nas apresentações contemplativas, o público poderá ver e sentir a ópera expandida em sessões que passeiam pelas linguagens da ópera, das artes digitais projetadas e filmadas de modos diferentes.

 

“É o que chamamos de ressonância. O público vê muitas imagens da cena, tanto os complementos em mapping como a ópera toda filmada. Um quebra-cabeça de imagens que segue o fluxo musical da ópera”, explica Karen.

 

Baseado em histórias de crianças de pais separados, Bem no Meio joga uma lupa sobre os sentimentos infantis pouco escutados pelos adultos. A ideia surgiu após dois anos de pesquisa narrativa em que Karen teve uma escuta atenciosa entre diversas crianças de 4 a 12 anos, de diferentes escolas, sobre temas delicados de seus cotidianos dentro do FIL Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens (em 2018 e 2020) – de modo virtual. A pesquisa faz parte da dissertação do Mestrado em Educação “A dramaturgia da ópera para crianças – cultura e simbolismos” (UFF/2022) e do corpus do mestrado “A Dramaturgia do espaço na ópera para crianças”, da Université Sorbonne Paris 3, (2019/2021), ambos inspirados na obra dos filósofos Gaston Bachelard e Gilbert Durand, autores que estudam o imaginário.

Diante do processo, várias questões recorrentes surgiram, como a separação dos pais e a invisibilidade das crianças no mundo dos adultos.

 

“Percebi que o que mais machucava as crianças era a falta de escuta aos seus sentimentos e dores profundas. Resolvi então escrever um libreto, usando a linguagem do maravilhoso, do inquestionável, em que a voz das crianças pudesse ser ouvida. A potência da poesia, do canto lírico e as multilinguagens da ópera podem fazer essa ponte”, diz Karen.

 

 

Sobre a autora: 

Karen Acioly inventa histórias para crianças de todas as idades em livros, peças de teatro, óperas, filmes, desenhos animados e festivais. Doutoranda e mestra em Educação (UFF) com pós-graduação em literatura infantil e juvenil, maîtrise em teatro (Sorbonne) e mestranda em Mídias Criativas (UFRJ). Escreveu mais de 30 peças teatrais e encenou a maioria delas. Recebeu diversos prêmios em literatura infantojuvenil (FNLIJ) e teatro. É inventora, diretora geral e curadora do FIL – Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens.

 Vídeo : https://vimeo.com/676665135/1e2e1b5e04

AH, SE LA FONTAINE ESTIVESSE AQUI! – A CIGARRA E A FORMIGA:

No dia 29, o festival apresenta o espetáculo “Ah, se La Fontaine estivesse aqui! – A Cigarra e a Formiga”, único evento realizado na Casa França-Brasil (gratuito), dia 29/10, às 11h, nos Jardim da Casa França – Brasil.

O espetáculo reconta a consagrada história da Cigarra e a Formiga, num jogo teatral dinâmico em que fábula e vida das personagens-atrizes se misturam. Concebido pela diretora Marta Paret para ser encenado em jardins, parques e praças, o conto A Cigarra e a Formiga, livremente adaptado pela autora Denise Crispun, com música original de Marcelo Alonso Neves, narra o encontro entre duas amigas, Aurora e Julieta (Carol Machado e Laura Becker), que decidem encenar uma peça.

Sobre a adaptadora:                                                                               

Denise Crispun é escritora, autora teatral e roteirista carioca. Formada em história, enveredou pelas letras e pelos roteiros em diferentes formatos. Sem preconceito linguístico ou de estilo, salta do drama à comédia apenas pulando um parágrafo. No teatro, tem mais de vinte peças encenadas em todo Brasil. Na TV, além de colaborada em seriados e novelas, escreve e cria séries de humor. Roteirista de documentários, séries infantis, além de desenhos animados, publicou seis livros para crianças e um livro de ficção científica para jovens. Este ano está lançando seu primeiro livro de contos.

Sobre o autor: Jean de La Fontaine (1621-1695) nasceu em Chateau-Thierry, na região da champagne, França, em 1621. Também poeta, tornou-se mais conhecido por suas inúmeras fábulas, dentre elas “A Lebre e a Tartaruga”, “O Lobo e o cordeiro”. Quando criança, pôde conhecer os sons, as árvores e animais das florestas no interior do país, tendo, inclusive, atuado como guarda florestal durante a juventude, profissão também exercida pelo seu pai.

SEMINÁRIOS FIL:

O FIL ainda promove o Seminário FIL – Encontros Notáveis: A Experiência da Literatura – 3 a 5 de novembro de forma on-line pelo canal do FIL no YouTube. O Seminário visa reunir criadores de diversas linguagens artísticas, pesquisadores, autores, ilustradores, dinamizadores, produtores, bem como editores de diversas cidades do Brasil e de Portugal, para refletir sobre questões fundamentais da literatura infantojuvenil. O seminário foi pensado para um público amplo, aí incluídos pais, professores, educadores, pedagogos e demais interessados, a fim de contribuir para a democratização do livro e da leitura em nosso país. Será transmitido pelo Canal do FIL Festival no Youtube e contará com importantes nomes da Literatura Infantil e Juvenil como Regina Zilberman, Socorro Acioli, Beth Serra, Olivio Jekupé, Léo Cunha, Volnei Canônica, entre muitos outros. Serão 12 encontros com temas que movem importantes questões da LIJ (Literatura Infantojuvenil) na contemporaneidade. O seminário foi pensado para um público amplo, aí incluídos pais, professores, educadores, pedagogos e demais interessados, a fim de contribuir para a democratização do livro e da leitura em nosso país. Para se inscrever, basta acessar o link – https://www.fil.art.br/fil-semin%C3%A1rio-online .

FIL SAUDADES:

Há 19 anos o FIL existe, e com ele muitas saudades de coisas lindas que já passaram pelo festival. Como o tempo é o melhor companheiro e o FIL é passarinho que voa com ele, resolvemos trazer algumas preciosidades ao longo de sua jornada. Selecionamos 4 espetáculos que reúnem vários momentos do FIL. Direta ou indiretamente. São espetáculos bem antigos, mas nem por isso pouco inventivos. Segundo Karen Acioly, essas imagens e cantorias exigem outro tempo, outro olhar. Um tempo para quem gosta de pesquisar, um tempo estendido no tempo, sem pressa. Serão disponibilizados no canal do FIL no Youtube “Sinfonieta Braguinha” (2003/2021), “Hans o Faz Tudo” (2007) e “Fedegunda” (2008) – todos no dia 29 de outubro às 11h. Mais em https://www.fil.art.br/saudades.

 

Serviço:

FIL – Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens – Edição Especial

A Experiência da Literatura

Últimos dias – 29 de outubro a 6 de novembro

 Espetáculos:

 Ópera instalação “Bem no meio” – dias 29 e 30 de outubro e 5 e 6 de novembro, às 14h e 16h, Teatro III do CCBB Rio – https://www.fil.art.br/bem-no-meio

“Ah, se La Fontaine estivesse aqui! – A Cigarra e a Formiga” – dia 29 de outubro, às 11h na Casa França-Brasil (Gratuito) –

https://www.fil.art.br/a-cigarra-e-a-formiga

Seminário:

Seminário FIL – Encontros Notáveis: A Experiência da Literatura – 3 a 5 de novembro pelo canal do FIL no YouTube (Gratuito) – https://www.fil.art.br/fil-semin%C3%A1rio-online 

FIL Saudades:

29 de outubro às 11h pelo canal do FIL no YouTube (Gratuito): “Sinfonieta Braguinha”, “Hans o Faz Tudo” e “Fedegunda” – https://www.fil.art.br/saudades

Centro Cultural Banco do Brasil

Rua Primeiro de Março, 66

Centro – Rio de Janeiro

Informações: (21) 3808-2020

bb.com.br/cultura |twitter.com/ccbb_rj | facebook.com/ccbb.rj | instagram.com/ccbbrj 

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), emitidos na bilheteria física ou site do do CCBB – ingressos.ccbb.com.br .

Meia-entrada para estudantes e professores, crianças com até 12 anos, maiores de 60 anos, pessoas com deficiência e seus acompanhantes e casos previstos em Lei. Clientes BB pagam meia entrada pagando com Ourocard.

 

 

Por Divulgação Casa França-Brasil/ CCBB RJ/ FIL

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *