Como manter em dia a saúde mental das crianças

Foto: Divulgação PSallum

Mesmo com a flexibilização da quarentena, muitas escolas ainda permanecem fechadas e as crianças passando o dia em casa. É preciso estar atento. O isolamento social gera muitos questionamentos e, assim como os adultos, as crianças também podem sofrer de ansiedade e outros desequilíbrios emocionais. Alguns dos sintomas são: falta de apetite, compulsão alimentar, insônia, medo, fobias, entre outros.

Dado publicado pela OMS, comprova que, no Brasil, a incidência de ansiedade em crianças é preocupante. Estima-se que o distúrbio afete em torno de 1% a 3% da população entre 0 e 17 anos, o que equivale a 8 milhões de crianças e adolescentes.

Segundo a Terapeuta Floral e Pedagoga, Márcia Rissato, algumas atividades são aconselhadas para este período, como por exemplo, a Yoga e meditação.

“Elas trazem a consciência corporal e o aquentamento da mente. Durante os exercícios, as atividades, as práticas, a criança se percebe de uma maneira lúdica, delicada aonde ela deposita a atenção naquele momento e ajuda  inclusive na concentração , calma e tranquilidade”, afirma a especialista.

A respiração pode ajudar todo mundo, inclusive as crianças. O ato de respirar, de ensinar a criança a prestar atenção, de uma maneira lúdica, na respiração, acalma os ânimos. Os óleos essenciais também podem ser ótimos aliados.

“A laranja doce traz alegria e também tranquilidade, é um óleo essencial seguro, leve, como abraço de mãe”, explica Márcia Rissato.

Para as crianças que tem dificuldade de dormir, a dica é: criar um ambiente agradável para que a criança sinta tranquilidade na hora de ir para a cama. Deixar uma luzinha agradável, contar uma história, cantar uma musica, criar um ritual e, obviamente, um cheiro é sempre muito importante. A lavanda é super equilibrante e traz tranquilidade para este momento.

Por PSAllum Comunicação

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista Eletrônica que vai te deixar informado sobre diversos eventos. Fique Ligado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.