‘Queria bola, me davam boneca’: atacante Cristiane fala de futebol na infância

“Desde pequenininha eu tive uma dificuldade grande, eu sempre queria ganhar a bola de presente e me davam boneca. Eu não gostava, queria ganhar uma bola de futebol, que era o que me deixava feliz.”
l
Foto: Divulgação

Essa é uma das lembranças que a atacante Cristiane Rozeira, jogadora da Seleção Brasileira de futebol, conta em episódio inédito da série “Entrevista – Infâncias“, que vai ao ar na próxima terça-feira (dia 12), às 20h45, no Canal Futura.

No programa, Cristiane fala sobre o amor pelo futebol desde a infância, carreira e os desafios que meninas e mulheres ainda enfrentam nesse esporte.
l
Rio 2016
Foto: Edna Rocha

41j

“Eu nunca tinha visto, na época, o futebol como uma profissão. Eu gostava de jogar, era uma diversão e era uma dificuldade muito grande, porque não havia os espaços para a mulher poder praticar o futebol.”

j
Para ela, o cenário hoje é de maior visibilidade e espaço para as mulheres. A temporada de “Entrevista – Infâncias” se dedica a debater os desafios, direitos e anseios das crianças. Pela primeira vez, além de ouvir especialistas, a série dá voz também aos pequenos em todos os episódios. A apresentação é da escritora e pedagoga Caroline Arcari, pesquisadora na área de violência sexual contra crianças e adolescentes.

h
“Estou jogando bola há quase 20 anos na seleção e eu nunca tive tanta visibilidade quanto se tem hoje, porque as mídias sociais facilitam, fazem com que isso chegue até as crianças, até as meninas, e dá uma esperança maior para elas”, avalia.
h
j
j
Entrevista – Infâncias
Canal Futura
De segunda a sexta-feira, às 20h45
Nesta terça-feira, dia 12/01 (terça-feira), episódio “Meninas no Futebol”.

Nesta terça-feira, Cristiane Rozeira, atacante da Seleção Brasileira e do Santos F.C., fala sobre meninas no futebol. A temporada traz diálogos pensando nas realidades do século XXI, entendendo as crianças como atores de seus mundos. Cada episódio aborda um aspecto diferente da infância, permitindo que as crianças também tenham vez e voz.
j
j
j
j
Créditos: Divulgação Canal Futura/ Approach

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.