Segundo dia de desfiles do Grupo especial no Rio ficou marcado pela criatividade, irreverência e crítica social

Beija-Flor
Foto Edna Rocha

A noite de segunda, dia 24 de fevereiro, segundo dia de desfiles do Grupo Especial do Carnaval, no Rio de Janeiro, contou com Elza “Eterna” (Mocidade), falcatrua e malandragem de Adnet (São Clemente), ainda teve o passeio pelas ruas de uma Beija-flor inesquecível. Os desfiles ficaram marcados pela criatividade, irreverência, crítica social, e a disputa está acirrada pelo título da Campeã 2020. Diversos famosos como os ex jogadores Roberto Dinamite, Ronaldinho Gaúcho, entre outros, passaram pelo Sambódromo nesta segunda.

f
São Clemente
Foto Nilber Ferreira
O pontapé inicial da noite de 24, trouxe a máxima “cômico se não fosse trágico“, sobre mazelas triviais de cada “santo” dia. O enredo “Conto do Vigário” da São Clemente brincou com laranjas, bilhetes premiados e mandou na letra para cair na Fake News. O humorista Marcelo Adnet, humorista, além de participar da autoria do samba enredo subiu como destaque em carro alegórico representando o presidente Jair Bolsonaro.
h
Vila Isabel
Foto Edna Rocha
Apresentando outro conto, mas não do Vigário, a Vila Isabel de Noel e Martinho, trouxe para a Marquês de Sapucaí a mística indígena, contando a formação de vários povos do Brasil que itinerantes formam a capital Brasília. A modelo Aline Riscado assumiu o posto de Rainha da Bateria da Azul e Branco, da Zona Norte, antes ocupado pela atriz e apresentadora Sabrina Sato.
f
Salgueiro
Foto Nilber Ferreira

A terceira escola a passar na avenida foi a Acadêmicos do Salgueiro, que montou um circo para contar a história do primeiro negro palhaço do Brasil, Benjamin de Oliveira, artista multifacetado da cultura brasileira. Ilusionismo na comissão de frente mostrando o sonho de criança de Benjamin, artista circense. Malabares, equilibrismo, atirados de faca, ciganos, cartomantes, animais (cenográficos ) e a velha arte de todo palhaço, fazer rir o respeitável público. Em 2020 serão comemorados 150 do seu nascimento, o pioneiro no país do circo-teatro.

h
Unidos da Tijuca
Foto Nilber Ferreira

Disposta a sonhar e acreditar em um troféu em sua galeria a Unidos da Tijuca levou arquitetura e urbanismo para a avenida. O engenheiro desta engrenagem, Paulo Barros ousou mais uma vez no enredo “Onde nascem os sonhos“, propondo como as ciências da construção podem construir uma cidade sustentável, digna e saudável principalmente para menos assistidos poder público. O carro fechamento do desfile, apresentou o Cristo Redentor inclinando os braços abençoando o Rio de Janeiro.

j
Elsa Soares – Mocidade
Foto Edna Rocha

A cantora Elza “Deusa” Soares, foi o enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel, que biografou sua trajetória pobre e sofrida, na comunidade da Moça Bonita (atual Vila Vintém), programas de calouros com Ary Barroso e a forma que enfrentou o preconceito como mulher negra numa sociedade hipócrita. O aparato hi tech reproduziu sua imagem com hologramas em diademas refletindo o seu nome e a sigla do pavilhão de Padre Miguel nas cabeças das componentes da comissão de frente. Outra Elza holografrica aparecia projetado em tripé. Mocidade foi a 5° escola desfilar na passarela.

h
Selminha Sorriso e Claudinho- Beija-Flor
Foto Edna Rocha

A entrada da Nilopolitana Beija-Flor, lembrou um ferro velho, ledo engano. A azul e branco da Baixada Fluminense, reproduziu em sua comissão de frente uma épica e moderna batalha do trânsito, comum em nossas estradas. O enredo dos carnavaslescos Alexandre Louzada e Cid Carvalho, “Se essa rua fosse minha”, mostrou trilhas e caminhos, por terras e mares culminando na Marquês de Sapucaí, em que a Beija- Flor é a maior vencedora desta fase do Carnaval Carioca.
Destaque para Selminha Sorriso, completando 25 anos de desfiles fazendo par com Claudinho, compondo o primeiro casal de mestre-Sala e Porta Bandeira da escola. Jojô Todynho, literalmente causou como destaque de chão, incendiou a Apoteose.

Beija-Flor
Foto Edna Rocha

j

Mais uma vez, no final da apresentação, o público presente tomou a passarela do Samba tornando real a ideia da Beija-Flor.
g
Nesta quarta-feira, dia 25, a partir das 15:30, acontece apuração dos desfiles do Carnaval 2020 e vai definir a grande Campeã. 
j
j
j
jj
j
j
Confira as fotos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.