Deryk brilha e Flamengo vence a segunda sobre o Botafogo

Por Paulo Henrique Nascimento

 

Rubro-Negro domina o duelo. Jogo 3 da série acontece amanhã, às 14h (de Brasília), novamente no Ginásio do Tijuca Tênis Clube, na Zona Norte do Rio de Janeiro

 

Deryk Ramos
Foto: Paulo Henrique Nascimento

Os torcedores do Flamengo que lotaram o Ginásio do Tijuca, na Zona Norte do Rio, nesta quinta-feira (09), viram seu time mostrar muita raça e técnica para vencer o Botafogo por 81 a 69 em um dia de pontaria afiada do cestinha Deryk Ramos, que fez 19 pontos, sendo cinco cestas de três pontos (alcançando um aproveitamento de mais de 70%). 

 

O time do Botafogo é um time muito chato. Marcam forte demais e anulam quase todas. Estamos conseguindo as vitórias contra eles e esperamos a torcida lote o Tijuca no Sábado para vencer a série, disse o ala Marquinhos. 


 

Com a vitória sobre o Botafogo, o Flamengo precisa de uma vitória para chegar a final do NBB 11 e o Botafogo precisa vencer de qualquer maneira. 


 

– O time do Flamengo é feito para o campeonato. Eles tem um rodízio grande e nós sofremos muito com isso. Estamos tentando de tudo e temos condições de vencer os próximos três jogos – relatou Léo Figueiró. 

 

Os destaques do time alvinegro foram Cauê (16 pontos) e Arthur (14 pontos). Jamaal fez apenas 10 pontos anulado pela defesa do Flamengo.

 

Como foi o jogo?

 

Jamaal
(Subtitulo: Deryk foi o cestinha da partida com 19 pontos)
Foto: Paulo Henrique Nascimento

O Flamengo iniciou a partida com mais gás e dominou a partida no começo. Após um choque contra Maique, Varejão caiu na quadra com dores nas costas e deu lugar a Rafael Mineiro. Jamaal e Deryk trocaram bolas de três.

A torcida cantava o tempo todo e vibrou com um toco espetacular de David Nesbitt. Pouco depois, Varejão voltou já sem dores. Com três de Jhonatan no finzinho, o Rubro-Negro fechou a primeira parcial em 23 a 16. Deryk foi o principal pontuador, com oito pontos. 

Cauê abriu para o Fogão. Jamaal ampliou. A torcida tentou empurrar o Fla quando o Glorioso fez o 22º. Mineiro, de três, marcou os primeiros do time da Gávea. Jhonatan cravou, mas Diego, de três, fez os rubro-negros se irritarem. Da zona morta, Cauê empatou. Gustavinho chamou seu time. Balbi recolocou o Fla na liderança, mas Mayke pontuou, e Cauê deixou o Glorioso na dianteira pela primeira vez (32 a 30). 

Varejão respondeu. Ansaloni, com lance livre, fez para o Botafogo. Uma jogada sensacional de Nesbitt com finalização certeira pôs o Flamengo na ponta. Na linha de lances livres, Diego deixou o alvinegro com um de frente. Ele mesmo ampliou. O Flamengo ainda fez quatro em lances livres, mas o chute de três de Arthur levou para o intervalo com o Glorioso com 40 a 32 no placar. 

Na volta do intervalo, Arthur marcou mais dois para o Botafogo. Deryk encestou mais uma de três e o Flamengo encostou. Rafael Mineiro pontuou e foi para a galera quando o Flamengo passou a frente. Deryk fez de três mais duas vezes. Davi acertou dois lances. O argentino Balbi, com um drible desmoralizante, deixou Guga no chão, e o Fla venceu o terceiro quarto por 61 a 54. 

No último quarto, o Flamengo começou muito bem. Jhonatan Luz colocou uma bola de três e o Flamengo abriu 10 pontos. O Flamengo administrou a vantagem e venceu por 81 a 69, abrindo 2 a 0 na semifinal.

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista que vai te deixar informado sobre tudo que esta acontecendo na cidade do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: