Detetive Pokémon: Garantia de diversão, fofura e muita risada

Por Maurício Filho

 

Foto: divulgação

Se você já sonhou em sair pelo mundo em uma grande aventura pokemón e ser o maior e  melhor mestre de todos, você  vai entender que em “Pokémon: Detetive Pokémon”, primeiro live-action inspirado no anime japonês criado por Satoshi Jajin, lançado no ano de 1996, tudo seria possível. Por mais que a trama não gire em torno da captura e treinamento dos monstrinhos, somos inserido diretamente nos cenários dos animes de Satoshi e dos famosos  jogos desenvolvidos pela Nintendo. POKÉMON: Detetive Pikachu, apresentado pela Warner Bros. Pictures e a Legendary Pictures, uma produção da Legendary Pictures, em associação com a Toho Co., um filme de Rob Letterman, estreia nesta quinta, dia 9 de maio.

A maior parte da história se passa na cidade de Ryme City, lugar onde é normal a convivência livre dos humanos e pokémons sem a necessidade de serem capturados e treinados para batalhar, eles servem como companheiros ajudando seus donos nas tarefas diárias, mas acontecimentos recentes ameaçam dar fim a essa realidade.

Dando inicio a trama central temos o jovem Tim (Justice Smith), que recebe a ajuda de um falante e fofo Pikachu, com a voz do hilário e irreverente Ryan Reynolds, (Deadpool), tentando resolver o mistério em torno da estranha morte de seu pai e detetive Harry Goodman. Aliado aos dois temos Lucy (Kathryn Newton), uma repórter em início de carreira que parte com eles atrás de pistas para solucionar a ameaça que paira sobre a cidade podendo acabar com a pacifica interação entre pokémons e humanos.

Com direção de Rob Letterman (“Goosebumps – Monstros e Arrepios”, “Monstros Vs. Alienígenas”), o filme conseguiu retratar perfeitamente os adorados pokémons dos animes e dos jogos, algo que sempre preocupou aos fãs quando foi anunciado a realização do live-action. Assim como a escolha de Reynolds para dublar o famoso pokémon, mas quem quiser apreciar o trabalho do ator terá de procurar o filme na versão legendada, pois a maioria das salas são para a versão dublada.

O longa não tem uma trama muito forte ou complexa na investigação de Pikachu e Tim, poderia ter usado mais elementos e ou acontecimentos, chega um momento que tudo já parece ter sido resolvido e em outros o filme parece correr. A história é voltada para um público mais infantil, não trazendo o sentimento de nostalgia podendo não agradar ao público mais antigo e talvez a ausência das batalhas, foco principal do anime, possa desanimar alguns mais.

No geral o filme “Detetive Pokémon“, não decepciona e traz perfeita caracterização, bons efeitos especiais, um ritmo que não vai cansar seu espectador e vários momentos engraçados que vão arrancar risos e  fazer o público voltar a sonhar em ser um mestre ou apenas ter seu próprio pokémon. É um filme para toda a família, um bom início de adaptação no cinema para os fãs e até para quem não conhece a saga, vale a pena conferir e se apaixonar de vez.

POKÉMON: Detetive Pikachu também é estrelado por Justice Smith (“Jurassic World: Reino Ameaçado”) como Tim; Kathryn Newton (“Lady Bird – A Hora de Voar”, da série de TV “Big Little Lies”) como Lucy, uma repórter em começo de carreira atrás de seu primeiro grande furo; além de Suki Waterhouse (“A Série Divergente: Insurgente”), Omar Chaparro (“Homens ao Mar”), Chris Geere (da série de TV “Modern Family”) e Rita Ora, com o indicado ao Oscar Ken Watanabe (“O Último Samurai”) e Bill Nighy (“Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”). Desenvolvido pela Creatures Inc. O filme foi produzido por Mary Parent e Cale Boyter, da Legendary Pictures; e Hidenaga Katakami e Don McGowan, da The Pokémon Company. Os produtores executivos foram Joe Caracciolo Jr., Ali Mendes, Tsunekazu Ishihara, Kenji Okubo, Toshio Miyahara, Hiro Matsuoka e Koji Ueda.  

 

 

 

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista que vai te deixar informado sobre tudo que esta acontecendo na cidade do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: