Roberto Carlos comemora 15 anos do projeto “Emoções Em Alto Mar” e presta homenagem a Isolda Bourdot

“Esses 15 anos foram maravilhosos, um projeto que realmente me dá muito prazer em fazer. Só tenho a agradecer as pessoas que me prestigiam e que me acompanham neste projeto. 30 % das pessoas que estão aqui, já vieram a outros projetos. Então, eu tenho um público fiel também. Isso é muito bom! Eu só tenho a agradecer. Obrigado!”,  Roberto Carlos.

 

Foto: Edna Rocha

 

No último domingo, dia 17 de fevereiro, o cantor Roberto Carlos recebeu os fãs e a imprensa para uma coletiva a bordo do navio Costa Favolosa, no Rio de Janeiro, juntamente com seu público, ele celebrou os 15 anos do projeto “EMOÇÕES EM ALTO MAR”. Um dia em que o cantor fugiu das cores que costuma usar e apareceu na coletiva vestindo com uma camisa rosa. O Rei contou algumas novidades. Ele disse que voltou a praticar o idioma italiano, pois pretende gravar um disco em italiano e fazer uma tour pela Europa. Falou sobre as gravações do filme que vai contar sua história, entre outros assuntos. Roberto ainda ficou emocionado quando falou sobre o longa “Minha Fama de Mau”, que narra a vida de Erasmo Carlos, disse que se emocionou com o filme e principalmente com a cena da música “Amigo”. No show, ele contou com a presença de diversos famosos como Paula Toller, Fafy Siqueira, Taís Araújo, Eri Johson, Renata Capucci, Renata Ceribelli, entre outros. Ainda prestou homenagem a Isolda Bourdot, compositora da música “Outra Vez“, que faleceu em dezembro de 2018.

 

Foto: Edna Rocha

 

Roberto, que estrelou filmes inspirados na fórmula lançada pelos Beatles – como Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa e Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora, explicou sobre o filme que irá contar sua história. Ele disse que está acompanhando todo o trabalho de Breno Silveira e Glória Perez e contou que ainda não escolheu o ator que irá interpretá-lo no cinema, mas que Gabriel Leone tem grandes chances.  As filmagens do longa podem começar no segundo semestre de 2019.

O Rei ainda elogiou o ator Gabriel Leone, que o representou no filme “Minha Fama de Mau”, disse que Gabriel o interpretou muito bem e é um ótimo ator. O longa conta a historia do jovem Erasmo Carlos (Chay Suede), morador da Tijuca, nos anos 60 e que alimenta uma paixão pelo rock and roll. Um rapaz que é fã Elvis, Bill Haley e Chuck Berry, enquanto vive de sonhos aprende a tocar violão. Essa fama de roqueiro acaba atraindo Roberto Carlos (Gabriel Leone), os meninos acabam virando amigos e parceiros de vida. Dessa parceria  surgiu a Jovem Guarda, programa de televisão, entre outros trabalhos. “Minha Fama de Mau”, da Downtown Filmes, com direção de Lui Farias, estreou no dia 14 de fevereiro. Roberto esteve no cinema para conferir a história e disse que se emocionou muito, principalmente determinadas cenas, a cena da música “Amigo”, o fez chorar

 

Foto: Edna Rocha

 

“Eu estava ao lado do Erasmo, eu chorei pra caramba. Só de falar me deu vontade de chorar de novo. O filme é muito bem feito, a direção do Lui é muito boa. Enfim, realmente eu gostei muito do filme. O filme é verdadeiro, tem muita graça, muito humor, enfim!”, resumiu.

 

O artista solo com mais álbuns vendidos na história da música popular brasileira, segundo a ABPD,  seus discos já venderam mais de 120 milhões de cópias, ele iniciou a carreira sob influência do samba-canção e da bossa nova, no início da década de 1960, mudou seu repertório para o rock, na virada para década de 1970, reformulou seu repertório rock and roll e se tornou um cantor e compositor basicamente romântico, disse que é bom celebrar 60 anos de carreira da forma que está, em todos os sentidos da sua vida.

O maior ídolo da música brasileira ainda falou sobre uma turnê na Europa e que voltou a estudar italiano. Ele disse que vai fazer uma turnê em Londres e que não entende porque demorou tanto para fazer show na capital inglesa, uma vez que já fez show em Paris e na Itália. Ainda falou sobre o ‘Projeto Emoções” em Cancun, no ano de 2020, e que estão nas negociações finais. Roberto contou que retomou a carreira lá fora e quer gravar um disco em italiano, uma vez que já tinha um interesse da Sony Music que ele gravasse em italiano. Disse que começou a rever algumas coisas em sua vida, tem cantado em italiano e que o navio acabou o induzindo a cantar em italiano.

 

Foto: Edna Rocha

 

“Comecei a falar em italiano de novo, pois tinha abandonado um pouco. Enfim, vou gravar um disco em português esse ano, de repente um disco em italiano e outro em espanhol ano que vem. Não sei quando termino, mas eu começo!”, concluiu.

 

Foto: Edna Rocha

Mais tarde, iniciou o espetáculo com a canção “Detalhes”, que não pode ficar de fora de suas apresentações, e seguiu um repertório repleto de clássicos como “Além Do Horizonte” (Jota Quest), “Desabafo”, “Lady Laura”, “Calhambeque”, além de cantar algumas músicas em italiano como “Champagne” (Peppino di Capri), entre outros sucessos. Na hora de “Champagne“, rolou brindes com a plateia. Roberto fechou o show com a música “Comandante do Seu Coração” e distribuindo rosas brancas e vermelhas para as fãs.

 

Foto: Edna Rocha

 

Uma noite muito especial,  onde Roberto prestou homenagem à compositora Isolda Bourdot, que faleceu no dia 16 de dezembro de 2018. Antes de iniciar a canção “Outra Vez” (composta pela amiga), o Rei declamou algumas palavras e disse ter certeza de que ela falava de um amor que ainda existia até o dia que ela se foi. Tudo diz que foi assim, simplesmente, porque “o verdadeiro amor existe sempre”.

 

“Meu verdadeiro amor, ninguém, verdadeiramente foi. Porque quando se ama verdadeiramente, quem foi, sempre será. Isolda! Grande Isolda! Nosso aplauso! Nosso amor! Nosso carinho!”, declamou Roberto.

 

 

 

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Paula Toller
Foto: Edna Rocha

 

Foto: Graça Paes

 

Foto: Graça Paes

 

Foto: Graça Paes

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

Foto: Edna Rocha

 

 

 

 

 

 

 

Fontes:

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Roberto_Carlos

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2018/12/17/isolda-compositora-do-classico-outra-vez-de-roberto-carlos-morre-em-sp.ghtml

Agência Zapp News

 

 

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista que vai te deixar informado sobre tudo que esta acontecendo na cidade do Rio de Janeiro.

2 comentários em “Roberto Carlos comemora 15 anos do projeto “Emoções Em Alto Mar” e presta homenagem a Isolda Bourdot

  • 8 de março de 2019 em 16:35
    Permalink

    Fui no Projetos Emoçoes de 2019. Gostaria de pedir que tivesse vídeos e fotos compartilhar. Meu celular dava pane toda hora. E tbm a Equie do Projeto publicar. Muito obrigada!

    Resposta
    • 11 de março de 2019 em 20:31
      Permalink

      Boa noite! Madege, claro que você pode compartilhar os vídeos que estão em mossa página. @Revistainfoco
      Obrigada!

      Resposta

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: