Banda Scalene se apresenta no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

O lançamento de magnetite (agosto de 2017), terceiro disco de estúdio do Scalene, foi um passo firme em um terreno ainda não explorado. A banda brasiliense abarcou caminhos sonoros novos e agregou ao trabalho influências da MPB, da música eletrônica e do R&B. Bem-recebido pelo público e pela crítica, o álbum ganhou um desdobramento em abril, quando o grupo lançou – pela slap – o EP +gnetite nas plataformas digitais. Com show marcado no Imperator, zona Norte do Rio de Janeiro, para o  dia 26 de julho (quinta-feira), o quarteto aproveita para mostrar as novas músicas ao vivo.

Produzido por Diego Marx e gravado nos estúdios Red Bull Studio (São Paulo) e Yebba Daor (Brasília), o +gnetite lista 7 faixas e chega com capa assinada por Bruno Luglio. “impulso”, “tempo” e “zamboni” representam a safra inédita, enquanto “cartão postal”, “maré” e “phi” (co-produzida por Aloizio Michael) ganharam novos olhares do grupo, que é formado por Gustavo Bertoni (voz), Tomás Bertoni (guitarra), Lucas Furtado (baixo) e Philipe “Mkk” Nogueira (bateria). Única faixa que não pertence a magnetite, “vultos” completa o EP. Até então, esta só havia sido registrada no DVD Ao Vivo em Brasília (2016). Em +gnetite, ela ganha a sua primeira versão de estúdio.

Serviço

Scalene @ Imperator

Data: 26 de julho (quinta-feira)

Horário: 21h

Local: Imperator

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Ingressos: 1º lote – R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

2º lote – R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia)
Venda: https://goo.gl/2KX1a3

Classificação: 16 anos

Mais infos: 2597-3897

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: