Rodica faz show do CD “Blues in My Blood” no CCJF, no Centro

Foto: Tim Filho

Na terça-feira, dia 19 de junho, o palco do Centro Cultural da Justiça Federal, na Cinelândia, no Centro, ficará pequeno diante da importância do resgate musical, mais precisamente no que concerne “à” história de matizes negras do blues, folk e soul. A cantora Rodica vai apresentar pérolas deste cancioneiro americano, acompanhada pela banda Blues Groovers, interpretando canções de seu último CD “Blues in my Blood”, de autores como Hownlin’ Wolf, John Prine, John Lewis Parker, Bill Whiters, J.B. Lenoir, Chris Smither, Anthony Newley e Leslie Bricusse, dentre outros.

Originalmente de Boston (EUA), a cantora é uma estudiosa da música popular norte-americana e tem se destacado no cenário musical não apenas por sua pesquisa na área cultural, mas também por sua originalidade como uma intérprete de voz inconfundível.  Além de ser cantora, ela também é antropóloga, o que se reflete na natureza de suas pesquisas; ela está sempre atenta para os contextos nos quais surgem as diversas expressões musicais. 

O repertório do show e do CD “Blues in my Blood” nos remete a uma jornada que revela as várias ramificações do blues, no seu diálogo com outros gêneros musicais como o jazz, o country, folk e soul.  Mostra também a riqueza da tradicão do blues, que consegue interagir com outras vertentes sem, no entanto, perder suas origens. No CD, Rodica reuniu um time respeitável de músicos brasileiros para acompanhá-lá num rico e instigante repertório.  O álbum contou com diversas participações especiais – como os integrantes do Julio Bittencourt Trio, o cantor e percussionista mineiro Sérgio Pererê e o cantor carioca Ricardo Werther.   

Serviço:

19 de junho, terça-feira – Rodica faz show de relançamento do CD “Blues in my blood” no CCJF

Hora: 19 horas

Ingresso: R$ 40,00 (R$ 20,00 – meia legal)

Faixa Etária: Livre

Endereço: Avenida Rio Branco, 241 – Cinelândia

Tel.: 3261-2550

(Bilheteria aberta no dia do show, a partir das 16 horas.)

Aceita dinheiro e cartão de débito no dia do show, na bilheteria.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: