Victor Maia comemora seis anos na equipe do Lata Velha

Foto: Oseias Barbosa

O ator Victor Maia que comemora seis anos à frente da parte coreográfica do Lata Velha, do Caldeirão do Huck, TV Globo,  é um dos protagonistas de “Ayrton Senna, o Musical”, em cartaz no Teatro Sérgio Cardoso (SP), até 3 de junho. Na peça, ele faz o personagem “o engenheiro”, em que faz dobradinha com Hugo Bonemer, que dá vida a Senna. 

 

“Ele entra na história de forma sorrateira e o meu desafio é deixar a plateia com uma interrogação na cabeça até quase o final do espetáculo sobre ele”, explica Victor sobre seu personagem, no musical. 

 

Victor Maia, comemora seus seis anos à frente da parte coreográfica do quadro “Lata Velha”, do Caldeirão Huck. O ator é uma das peças mais importantes em deixar as pessoas preparadas para encarar a plateia, câmeras, pressão e a emoção de estar ao vivo no palco. Ele cuida de toda a parte corporal, coreográfica, gestual e às vezes até de psicólogo, para estimular os participantes a estarem bem consigo próprios no momento chave.

Maia contou que o convite para integrar o Lata Velha surgiu através da indicação de sua amiga, a coreógrafa Janice Botelho. Ele disse que sua amiga foi convidada para fazer uma coreografia especial para o quadro, mas não pôde aceitar o convite e o colocou em contato com a produção do Caldeirão.

 

“Segundo ela, eu era a melhor pessoa para remontar um trecho do GREASE com pessoas que jamais dançaram. Ela já acompanhava o meu trabalho como coreografo e confiou em mim para realizar essa missão. Quando me ligaram eu fiquei muito empolgado, mas com muito medo, porque não sabia nada a respeito de TV. Convidei uma amiga, Larissa Landim, também bailarina, para me dar assistência e fomos para a luta. E deu certo”, diz o coreografo sobre a primeira experiência no Caldeirão.

 

Victor foi responsável por recriar, junto aos participantes, performances de ícones de pop como: Michael Jackson, Shakira e do mega hit Gangnan Style, de Psy. Ele contou que o Lata Velha junta duas coisas que ama fazer: criar números de performance com dança e teatro e transformar a vida de pessoas e fazer com que elas desenvolvam habilidades artísticas que nem elas sabiam que poderiam executar.

 

“Eu sempre fui fascinado por dança em TV e poder construir isso e levar para o mundo um pouco do meu trabalho através de um programa de televisão é fascinante. Luciano é tudo isso que as pessoas veem na televisão. Um cara generoso, que torce pela equipe e pelo programa. Apaixonado pelo que faz e isso contagia todo mundo que trabalha com ele”, diz Victor.

 

 

João Vitor, Victor Maia e Hugo Bonemer
Foto: Edna Rocha

 

Após 23 anos de sua morte, a trajetória do piloto Ayrton Senna tem levado centenas de espectadores a assistir o musical que leva seu nome, em cartaz na cidade de São Paulo. Um espetáculo produzido pela Aventura Entretenimento, em parceria com a família Senna e com o Instituto Ayrton Senna, dirigido por Renato Rocha, possui suas canções originais e roteiro assinados por Claudio Lins e Cristiano Gualda.

 

 

Fonte: Assessoria

 

 

Revista InFoco

Revista In Foco. Uma revista que vai te deixar informado sobre tudo que esta acontecendo na cidade do Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: