Arlindo Paixão comemora 40 anos de arte no Teatro Municipal Ziembinski, na Tijuca

Foto: Divulgação

O cantor e compositor Arlindo Paixão, mais conhecido no meio artístico como MONGOL, comemora 40 ANOS DE ARTE com show, relembrando seus sucessos e suas histórias, no Teatro Municipal Ziembinski, na Tijuca, em única apresentação, no dia 24 de março, as 20h. Nos anos 80/90 Mongol participou de um grupo de atores, músicos, instrumentistas que acompanhavam o Oswaldo Montenegro em seus musicais que se denominavam “Os Menestréis”.

Fez muito sucesso em musicais como ”A Dança dos Signos”, “Léo e Bia” e “Aldeia dos Ventos” e também com seus shows solos de humor e musica, onde contava historias hilárias sobre os moradores de um cortiço, onde morou com o seu padrasto, no bairro do Grajau, no RJ.

Na década de 80 ele compôs canções para os discos de Oswaldo Montenegro. Acomeçar pelamúsicavencedoradofestivalMPB80realizadopelaRedeGlobodeTelevisão.Mongolé o responsável pela letra e pela música de ‘Agonia’, uma das mais executadas daquele ano. Foram tantas outras como ‘Aquela Coisa Toda’ que embalou o auge da adolescência das debutantesefoitemadanovela ‘Marina’damesmaTVGlobo.

 

Serviço: 

MONGOL em 40 ANOS DE ARTE

Com os músicos Fernando Pereira (bateria), Alexandre Rabelo (baixo), Estevão Trindade (teclado), Vander Nascimento (flugelhorn e trompete) e Mongol (voz e violão).

Dia 24 de março / 2018 

Sábado 20h

Teatro Municipal Ziembinski

Rua Heitor Beltrão s/n – próximo ao Metro São Francisco Xavier – Tijuca – tel. 3234-2003.   

Capacidade: 104 lugares

Ingresso: R$ 40,00 / R$ 20,00 (meia entrada para estudantes, jovens até 21 anos e idosos a partir de 60 anos)

Duração: 60 minutos

Classificação: não recomendado para menores de 14 anos

Gênero: Musica e Humor.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: