17ª edição da Mostra do Filme Livre será realizada nos Centros Culturais Banco do Brasil do Rio e São Paulo

Maior evento de cinema do Brasil, a Mostra do Filme Livre (MFL) chega a sua 17ª edição. Conhecida por evidenciar a produção independente – filmes feitos sem verbas públicas ou sem grandes patrocínios, e de viés mais autoral, é também pioneira na exibição de filmes de diferentes formatos, gêneros, durações e épocas. Em 2018, exibe 200 filmes de todo o Brasil. O homenageado desta edição será o crítico e cineasta paulistano Olívio Tavares de Araújo, com a exibição de quatro de seus filmes e debate nas 3 cidades. A mostra terá entrada gratuita e realizará, além de diversos debates, o curso Cinema e Memória com o pesquisador Hernani Heffner (MAM-RJ), nos 3 CCBBs. Em São Paulo a MFL acontecerá de 22 de março a 15 de abril, no Centro Cultural Banco do Brasil.

 

Foto: Divulgação

 

Homenagem a Olívio Tavares de Araújo

A MFL homenageará o crítico e cineasta Olívio Tavares de Araújo com a entrega do troféu Filme Livre! e com exibições dos filmes “Farnese” (1971), “Brennand e o Sentimento Trágico do Mundo” (1998), “O Olhar Triste” (1994-1995) e “Omissão de Socorro” (2001-2007).  Olívio realizou mais de trinta curtas-metragens, boa parte sobre o processo criativo de artistas plásticos brasileiros. Além de intensa atividade como crítico e ensaísta convidado de vários jornais e revistas, no Brasil e no Exterior, tem atuado como curador de mostras de arte, entre elas duas sobre o pintor Alfredo Volpi. É autor de Imitação, Realidade e Mimese (Imprensa da UFMG, 1963), Thomaz (Grifo, 1980), Volpi: a Construção da Catedral (MAM-SP, 1981) e Dois Estudos sobre Volpi (Funarte, 1986). O realizador participará de debate sobre sua obra nas 3 cidades. (ver programação em www.mostralivre.com )

 

Curso Cinema e Memória

Todos os anos a MFL colabora com a formação de novos realizadores. Nesta edição, o pesquisador Hernani Heffner (MAM-RJ) ministrará o curso Cinema e Memória nas três cidades: RJ, SP e DF.  A participação será gratuita e as inscrições serão realizadas pelo site da mostra em www.mostralivre.com,  onde também é possível ver as datas do curso em cada cidade.

Hernani é pesquisador, graduado em Comunicação Social – Cinema pela universidade Federal Fluminense. Começou sua carreira profissional na Cinédia, em 1986, realizando levantamento de fontes e dados para as edições da companhia, como Palácios e Poeiras – 100 anos de cinemas no Rio de Janeiro. Ingressou na Cinemateca do MAM-RJ, em 1996, passando pela Curadoria de Documentação e Pesquisa e assumindo, em 1999, o cargo de Conservador-Chefe do Arquivo de Filmes. Foi Curador do Festival Cine Música, de 2007 a 2014, e da temática preservação da Mostra de Cinema Ouro Preto – CineOP, de 2012 a 2016. Coordenou a restauração de inúmeras  produções da Cinédia, como “Ébriom”,  “Alô! Alô! Carnaval!” e “Bonequinha de Seda”.

Além das sessões e debates nos CCBBs, a MFL também organiza, de forma independente (sem patrocínios), desde 2005, a maior ação cineclubista do Brasil, os Cineclubes Livres, que em 2017 aconteceu em mais de 70 cidades. A meta este ano é chegar a 100 cidades e 5 mil pessoas de público total nesta ação.  

 

 

Números das inscrições e seleção da MFL 2018

– Este ano a média se manteve, foram 1.140 filmes inscritos, sendo que apenas 186 (16%) tiveram apoio de editais e/ou leis de incentivo.  No total, foram selecionados 140 filmes e outros 60 foram convidados.

– Dos 362 filmes inscritos feitos por estudantes, 30 foram selecionados. Dos 200 selecionados/convidados, apenas 32 filmes tiveram apoio de editais e/ou leis de incentivo.

– Inscritos/Selecionados e Convidados por UF: 

Rj=370/62, SP=226/41, MG=119/23, PE=77/8, BA=50/9, GO=43/6, RS=35/5, DF=33/5, SC=30/6, CE=30/6, PR=30/2, PB=14/2, ES=9/3, RN=3/1, PA=21, AL=14, AM=8, MT=7, SE=6, MS=6, MA=5, RO=3, AC=2, RR=1, PI=1, AP=1, TO=1.

 

Premiação

Este ano a premiação terá dois recortes, concorrendo a um prêmio cada: a Sessão Caminhos, com filmes de estudantes, terá como júri o coletivo ELVIRAS (coletivo de mulheres que escrevem críticas cinematográficas e produzem reflexão teórica sobre audiovisual), e os Panoramas Livres, onde estão os principais curtas, terá como júri a ACCRJ (Associação de Críticos de Cinema do RJ). O prêmio será o serviço de audiodescrição (para cegos) e legendagem descritiva (para surdos), oferecidos pela CONECTA Acessibilidade. Os dois filmes premiados passarão durante o evento em sessão especial para deficientes visuais e auditivos.  

 

Mostra será realizada com entrada franca nos Centros Culturais Banco do Brasil do Rio de Janeiro (21/03 a 15/04), São Paulo (22/03 a 16/04) e Brasília (24/04 a 20/05)

 

Sessão por sessão:

6 sessões Panoramas Livres = COMPETITIVA – exibição dos 26 principais curtas (júri no RJ da ACCRJ – Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro)

2 sessões Caminhos = COMPETITIVA – exibição de 7 filmes de estudantes (júri: Coletivo Elviras)

7 sessões Longas Livres = exibição dos principais longas

Homenagem a Olivio Tavares de Araújo =  exibição de curtas e debate nas três cidades com o realizador paulista Olivio Tavares de Araújo.

Destaque Marcus Curvelo = exibição dos filmes do cineasta baiano, com debate nas 3 cidades

Destaque Renato Coelho, Priscyla Bettim e Atos da Mooca = exibição dos filmes da dupla Renato Coelho e Priscyla Bettim e do coletivo paulista, com debate no RJ e SP

9 sessões Autores Livres = exibição dos filmes de realizadores que já participaram da MFL

4 sessões Questão de Gêneros  = exibição dos filmes de terror, com debate no RJ

Especial Tantão =exibição dos  filmes sobre o artista carioca multimídia Tantão

14 Cabines Livres = exibição dos videoartes e filmes não narrativos passando em loop

5 sessões Territórios = exibição dos filmes sobre questões relativas ao uso da terra, urbanidades e migrações

Mundo Livre = exibição dos filmes feitos fora do Brasil por brasileiros
Pilulas = exibição dos 19 filmes com até 5 minutos

Biografemas = exibição dos filmes com ou sobre outros artistas
Especial Caramujo = exibição dos filmes do ator carioca falecido em 2017, ligado ao coletivo CGB, Cinema Guerrilha da Baixada.

Especial Chorume = exibição dos filmes do coletivo carioca, seguido de debate (somente no RJ)
Especial Luiz Giban = exibição dos filmes montados e realizados por Luiz Giban (em memória)
Especial Híbridos = exibição dos exibição com debate nas 3 cidades do filme, mais em http://hibridos.cc/

Especial Mourão = exibição dos curtas do cineasta carioca Jorge (APENAS RJ)

Coisas nossas = exibição dos filmes feitos pela produção e curadoria da MFL (destaque para o novo curta de Christian Caselli e o novo trabalho de Gabriel Sanna, com Caetano Veloso.  

Curta o Curta – Apenas RJ – Curtas convidados pelo site parceiro da MFL, Curta o Curta.

 

EM CADA CIDADE sessões com filmes locais:

Curta Rio = filmes feitos no estado do RJ

Curta Sampa = filmes feitos no estado de SP

Curta DF = filmes feitos na capital federal

Mostrinha Livre= sessão de 30min. com exibição de curtas infantis para os pequenos.

 

Debates (Cinema 1)

Dia 26-03 – ESPECIAL GRANDE SERTÃO: Anita Leandro, Dôra e Diego Franco

Dia 28-03 – HÍBRIDOS:  Com Priscilla Telmon & Vincent Moon

Dia 30-03 – Longa Livre 4: Simone Cortezão e Diego Franco

Dia 31-03 – CURVELO: com Marcus Curvelo e Gabriel Sanna

Dia 6-04 – ATOS DA MOOCA: Com Renato Coelho, Priscyla Bettim e Caio Lazaneo

Dia 7-04 – OLIVIO: Com Olivio Tavares de Araújo e Gabriel Sanna

Dia 8-04 – QUESTÃO DE GÊNERO: a definir a mesa  

Dia 15-04 – PREMIADOS , 2 JURADOS + 2 PREMIADOS + guiw

 

CIRCUITO DE CINECLUBES

Há mais de anos a MFL realiza ações com cineclubes parceiros, em 2017 chegamos a mais de 4.000 pessoas em mais de 70 cidades! Confira estes números em fotos e detalhes em

http://www.mostradofilmelivre.com/17/pub.php?c=44

 

ENCONTROS LIVRES

Durante os sábados da MFL no RJ serão realizados encontros no auditório do 4º. andar do CCBB Rio, são eles:

Dia 31-03 – ACCRJ – Ricardo Cota, Gilberto Ferreira da Silva Jr. e Filippo Pitanga

O cinema brasileiro nunca esteve em melhor fase, com recordes em todas as áreas, seja território nacional ou estrangeiro. E, atinados com a nova produção desbravadora e repleta de inovações do cenário independente, que dita tendências e quebra moldes, a tradicional Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro acredita que precisava suprir a lacuna crítica em se reaproximar e premiar os filmes brasileiros desde sua gênese de criatividade autoral que prescinde de recursos públicos. Em parceria com a Mostra do Filme Livre, inauguramos o Prêmio da Crítica ACCRJ para ampliar e estimular o intercâmbio de ideias com o que há de melhor nos realizadores brasileiros do hoje e do amanhã.

Dia 7-04 – ASCINE RJ – Associação de Cineclubes do RJ – Encontro aberto sobre Cineclubismo no Rio de Janeiro.

Dia 14-04 – As personagens mulheres nos filmes selecionados pela MFL

Convidadas:  Maria Caú, crítica das Elviras; Raphaela Ximenes, crítica das Elviras; Helena Lessa, co-diretora de Buraco Negro . Mediação: Scheilla Franca. As Elviras convidam para um bate-papo com o público sobre as mulheres representadas como personagens em filmes selecionados pela Mostra do Filme Livre. Participa da conversa a realizadora Helena Lessa, que co-dirigiu o longa Buraco Negro, exibido na programação.

 

WSET Multimídia

A MFL é uma criação e produção da WSET Multmídia, também responsável no Brasil pelas mostras completas dos cineastas David Cronenberg e Michael Haneke. Mais em www.wsetmultimidia.com

 

SERVIÇO  

17ª. Mostra do Filme Livre

Local: Centro Cultural Banco do Brasil

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – 20010-000 / Rio de Janeiro (RJ)

(21) 3808-2020 | ccbbrio@bb.com.br

Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Datas: de 21 de março a 15 de abril

Horários: consultar programação no site http://mostradofilmelivre.com

Entrada Gratuita, senhas distribuídas 1 hora antes na bilheteria

Lotações: 98 lugares (Cinema I), 50 lugares (Cinema II) e 6 cabines

Horários da Bilheteria: Das 9h às 21h.

Classificação: consultar programação por sessão

Acesso para pessoas com deficiência: Sim

Patrocínio: Banco do Brasil

Realização: CCBB

Programação completa:

www.mostralivre.com e ​

http://culturabancodobrasil.com.br/portal/rio-de-janeiro

 

​​

INFORMAÇÕES AO PÚBLICO

SITE: www.bb.com.br

Twitter: twitter.com/CCBB_RJ

Facebook: www.facebook.com/CCBB.RJ

Email: ccbbrio@bb.com.br

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: