Botafogo perde em casa para Bauru e permanece longe da zona de classificação para os playoffs do NBB10

Rafael Hettsheimer marcado por Atila
Foto: Paula Reis/Tabela Carioca

O Botafogo recebeu a equipe do Bauru, na última quinta feira (05), no ginásio Oscar Zelaya, Rio de Janeiro, em partida válida pelo NBB10 e perdeu para a equipe paulista pelo placar de 60×77. Com grande atuação do pivô Rafael Hettsheimer (cestinha da partida com 24 pontos) o time comandado pelo técnico Demétrius Ferracciú encontrou um Botafogo bem organizado nos dois primeiros períodos, porém com um segundo tempo apático por parte do Glorioso o time do interior paulista abriu vantagem e administrou a partida durante o último quarto do jogo.

Pela equipe do Botafogo o destaque foi o pivô André Coimbra, que por grande parte do tempo se impôs no garrafão e foi a principal válvula de escape do pouco inspirado ataque do Botafogo. Coimbra travou um interessante duelo com Renan, pivô da equipe de Bauru,e terminou a partida com 16 pontos, sendo o cestinha do Glorioso. O destaque negativo ficou por conta do armador norte-americano Cameron Tatum, que parecia mais preocupado com a arbitragem do que em jogar basquete. O americano terminou a partida com apenas 3 pontos dos 26 que tentou.

Com a derrota o Botafogo ocupa a 11º posição na tabela de classificação, com apenas duas vitórias em dez jogos. Na próxima rodada o Glorioso visita o Joinville, no Centreventos Cau Hansen, em Santa Catarina, em um duelo da parte de baixo da tabela.

 

O jogo

 

1º Quarto: Com um bom início de partida, a equipe do Botafogo marcava forte na defesa e trabalhava o jogo interno no ataque, principalmente com o pivô André Coimbra. O armador Guga ditava o ritmo do ataque do alvinegro, contando ainda com bons bloqueios na hora dos arremessos. Pela equipe de Bauru, um festival de bolas de 3 arremessadas de forma equivocada atrapalharam a pontuação da equipe, mas com uma melhora defensiva nos minutos finais e uma cesta de 3 pontos do armador Kendall Anthony o time paulista encostou no placar, terminando o período em 18×16 para o Botafogo

 

2º Quarto: O Botafogo continuava trabalhando bem seus ataques na área pintada, a entrada do pivô Rodrigo Bahia, além de melhorar a defesa alvinegra, contribuiu para o crescimento ofensivo de André Coimbra, que chegou até a acertar cesta de 3 pontos, para delírio dos 468 espectadores presentes no ginásio Oscar Zelaya. O time de Bauru iniciou o período novamente precipitando arremessos, mas a volta de Rafael Hettsheimer fez com que a equipe trabalhasse mais o jogo próximo a cesta, virando a partida para a equipe paulista, mas logo em seguida com uma bola de 3 do ala Gabriel, o Botafogo retomou a liderança, fechando o quarto em 19×19, no agregado a partida foi para o intervalo com vitória do Glorioso por 37×35.

 

3º Quarto: Se fosse para nomear o período, certamente ele seria chamado de Rafael Hettsheimer. O pivô de Bauru, com 15 pontos apenas no 3º período, comandou a virada da equipe paulista logo no início do quarto. Com um forte trabalho no poste baixo, e principalmente, com uma pontaria afiada nas bolas de 3 pontos, o jogador de Bauru doutrinou pra cima de uma equipe que parecia não ter voltado do vestiário. Com um ataque incrivelmente sem organização, contando com uma fraquíssima atuação de um de seus principais jogadores,  o armador Cameron Tatum que terminou o período mais uma vezes sem pontuar, o time de Bauru venceu o período pelo impressionante placar de 26×8, virando a partida no placar total para 62×45.

 

4º Quarto: Com a vantagem conquistada após o apagão do Botafogo no terceiro período, a equipe paulista apenas administrou o placar, contando com o nervosismo da equipe carioca, que em lances de pura desatenção entregou a bola nas mãos do ala Duda, de Bauru, que retribuiu o presente com uma cesta de 3 pontos, e em seguida, novamente em erro de passe, Jaú, o jovem pivô de Bauru, roubou a bola e enterrou com vontade a bola na cesta. Com a vitória assegurada, o técnico de Bauru, Demétrius Ferracciú aproveitou para descansar seus titulares, dando mais minutos para Jaú, além de promover as entradas de outros jogadores jovens, como João Marcos e Henrique. Mas nem mesmo a inexperiência dos jogadores do Bauru foi suficiente para o Botafogo vencer o período, que terminou em vitória do time paulista por 16×15 e com o placar final de 77×60.

 

Principais pontuadores:

Botafogo: André Coimbra/16 pontos, Guga/10 pontos e Átila/8 pontos

Bauru: R. Hettsheimer/24 pontos, Duda/14 pontos e Anthony/12 pontos.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: