Caixa Cultural Rio de Janeiro exibe retrospectiva do ícone do Cinema Francês Jacques Demy

Além de 15 filmes, programação da mostra conta com palestras e contação de histórias para crianças

 

Foto: Divulgação

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro recebe, de 10 a 22 de outubro de 2017 (terça-feira a domingo), a mostra de cinema Jacques Demyentre o realismo e a fantasia, que abrange um amplo painel da carreira do cineasta francês, associada à música marcante de compositores como Michel Legrand e ao talento de estrelas como Catherine Deneuve, Anouk Aimée, Marcello Mastroianni e Gene Kelly. Serão apresentados 11 filmes do cineasta, cinco dos quais serão projetados em sua bitola original 35 mm e três ainda inéditos no Brasil, além de quatro produções relacionadas ou influenciadas por seu trabalho.

Na seleção, o curador Sylvio Gonçalves incluiu obras bastante conhecidas, como Os Guarda-Chuvas do Amor(1964), estrelado por Catherine Deneuve e vencedor da Palma de Ouro de Cannes. Outras duas produções com Deneuve ganharão exibição: o musical Duas Garotas Românticas (1967) e a fábula Pele de Asno (1970).

O público carioca também terá a oportunidade de conferir longas do início da carreira de Demy, como Lola, a Flor Proibida (1961) e A Baía dos Anjos (1963), que, ainda que estivessem inseridas no célebre movimento da Nouvelle Vague, acabaram sendo pouco conhecidas por aqui. O mesmo ocorre com títulos como Um Quarto na Cidade (1982), Parking (1985) e Trois Place Pour Le 26 (1986), que, por conta do declínio da distribuição de filmes europeus a partir dos anos 1980, permanecem inéditos nos cinemas brasileiros.

Agnès Varda, viúva de Demy e cineasta igualmente influente, participa da temporada com os documentáriosLes Demoiselles ont eu 25 ans (1993), O Universo de Jacques Demy (1995) e o drama Jacquot de Nantes(1991), inspirado na infância do homenageado. Destaca-se, por fim, a presença do aclamado musical La La Land – Cantando Estações (2016), amplamente influenciado por Demy.

O mergulho na trajetória do diretor francês será complementado por palestras e debates acerca de diferentes aspectos de sua obra, bem como por uma série de sessões comentadas, com a presença de cineastas, críticos e acadêmicos. Já os pequenos poderão participar de uma sessão de contação de histórias no Dia das Crianças (12 de outubro), logo após o filme infantil Pele de Asno (1970)às 15h.

Ao longo de toda a temporada, um catálogo com textos inéditos será distribuído gratuitamente. Em paralelo à programação na CAIXA Cultural Rio de Janeiro, a mostra inclui exibições gratuitas no Cinemaison, cineclube do Consulado da França no Rio, no dia 16 de outubro (segunda-feira). O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

Programação:

10 de outubro (terça-feira)

19h – Os Guarda-Chuvas do Amor (1964)de Jacques Demy, França, 91 min, 35mm, 12 anos

11 de outubro (quarta-feira)

16h – A Lenda da Flauta Mágica (1972), de Jacques Demy, Inglaterra, 86 min, Digital, Livre

18h – Lola, a Flor Proibida (1960), de Jacques Demy, França, 90 min, 35 mm, 14 anos + Palestra Introdução ao cinema de Jacques Demy, com João Luiz Vieira *sessão gratuita

 

12 de outubro (quinta-feira)

14h – A Baía dos Anjos (1963), de Jacques Demy, França, 90 min, 35mm, 14 anos

15h – Pele de Asno (1970), de Jacques Demy, França, 91 min, Digital, Livre + Contação de histórias *sessão gratuita

18h –Jacquot de Nantes (1991), de Agnès Varda, França, 118 min, 35mm, Livre 

13 de outubro (sexta-feira)

16h –  Les Demoiselles ont eu 25 Ans (1993)de Agnès Varda, França, 1993, 64 min, Digital, 10 anos

17h30 – Sessão comentada Duas Garotas Românticas (1967), de Jacques Demy, França,125 min, 35mm, 10 anos, com a presença do curador da mostra Sylvio Gonçalves *sessão gratuita

 

14 de outubro (sábado)

14h – Pele de Asno (1970), de Jacques Demy, França, 91 min, Digital, Livre

16h – Lola, a Flor Proibida (1960), de Jacques Demy, França, 90 min, 35 mm, 14 anos

18h – Um Quarto Na Cidade (1982), de Jacques Demy, 90 min, Digital, 14 anos

15 de outubro (domingo)

15h – Um homem em estado…Interessante (1973), de Jacques Demy, Itália, 92 min, Digital, 14 anos

17h – Duas Garotas Românticas (1967), de Jacques Demy, França, 125 min, 35mm, 10 anos

16 de outubro (segunda-feira)

*Excepcionalmente a programação acontecerá no Cine Maison – Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro

18h – Sessão comentada Os Guarda-Chuvas do Amor (1964)de Jacques Demy, França, 91 min, 35mm, 12 anos, com presença do curador da mostra Sylvio Gonçalves e do crítico Leonardo Luiz Ferreira

20h30 – Pele de Asno (1970), de Jacques Demy, França, 91 min, Digital, Livre

 

17 de outubro (terça-feira)

16 h – O Segredo Íntimo de Lola (1969), de Jacques Demy, EUA, 97 min, Digital, 14 anos

18h – A Baía dos Anjos (1963), de Jacques Demy, França, 90 min, 35mm, 14 anos + Palestra A música no cinema de Jacques Demy, com Ricardo Leão

18 de outubro (quarta-feira)

15h – Duas Garotas Românticas (1967), de Jacques Demy, França, 125 min, 35mm, 10 anos

17h30 – La La Land – Cantando Estações (2016), de Damien Chazelle, EUA, 124 min, Digital, Livre + PalestraA influência de Jacques Demy no cinema contemporâneo, com o crítico de cinema Mario Abbade.

19 de outubro (quinta-feira)

16h – Os Guarda-Chuvas do Amor (1964)de Jacques Demy, França, 91 min, 35mm, 12 anos

18h – O Universo de Jacques Demy (1964), de Agnès Varda, França, 91 min, 35 mm, 14  anos + DebateJacques Demy: Entre o realismo e a fantasia, com Sylvio Gonçalves, Leonardo Luiz Ferreira e Moisés Liporage

 

20 de outubro (sexta-feira)

16h30 – Lola, a Flor Proibida (1960), de Jacques Demy, França, 90 min, 35 mm, 14 anos

18h30 – Jacquot de Nantes (1991), de Agnès Varda, França, 118 min, 35mm, Livre 

                                                                                                                                             

21 de outubro (sábado)

14h – O Segredo Íntimo de Lola (1969), de Jacques Demy, EUA, 97 min, Digital, 14 anos

16h – A Baía dos Anjos (1963), de Jacques Demy, França, 90 min, 35mm, 14 anos

18h – Parking (1985), de Jacques Demy, França, 95 min, Digital, 14 anos

22 de outubro  (domingo)

14h – Pele de Asno (1970), de Jacques Demy, França, 91 min, Digital, Livre 16h – Jacquot de Nantes (1991), de Agnès Varda, França, 118 min, 35mm, Livre 

18h – Trois Places Por Le 26 (1986), de Jacques Demy,106 min, Digital, 10 anos

Serviço:

Jacques Demy: entre o realismo e a fantasia

Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro

Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)

Telefone: (21) 3980-3815

Data: de 10 a 22 de outubro de 2017 (terça a domingo)

Horários: Consultar programação

Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia

Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 13h às 20h

Lotação: Cinema 1 – 78 lugares (mais três para cadeirantes) / Cinema 2 – 80 lugares (mais dois para cadeirantes)

Acesso para pessoas com deficiência

Classificação indicativa: Consultar programação

Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: