Cadeiras Vazias – Projeto idealizado por Dani Turcheto cataloga sambas através dos sentimentos

Foto: Divuçgação
Foto: Divuçgação

O projeto “Cadeiras Vazias”, idealizado e dirigido por Dani Turcheto, comemora e enaltece o samba no ano de seu centenário. A iniciativa reúne depoimentos de pessoas em torno de algum sentimento e inspiradas pelo ritmo. O sambista sempre foi fã do documentarista Eduardo Coutinho e dessa junção nasceu a ideia de catalogar os sambas de uma maneira diferente, por sentimento. Três sambistas sentam-se em volta de uma mesa e deixam uma cadeira vazia, livre para qualquer pessoa que se sinta à vontade interagir, seja cantando, tocando ou apenas falando. As intervenções duram cerca de 2 horas e acontecem em diferentes bairros de São Paulo, sempre em locais públicos de grande circulação e tudo é gravado por uma equipe de filmagem e captação de áudio. 

A ideia principal é que os mais variados tipos de pessoas participem, e não é necessário saber cantar ou tocar bem para isso, sendo a Cadeira Vazia um microfone e espaço aberto ao inesperado. Cada uma das intervenções tem como tema central um sentimento, que orienta a pesquisa musical dos sambistas para apresentar 15 sambas sobre o assunto. Com isso, cada edição é uma ode à emoção escolhida, catalogando sambas de uma maneira inédita, através dos sentimentos, dando-se voz à população. Ao todo, serão 15 intervenções e 15 filmes com 10 minutos de duração cada. 

No site do projeto já existem oito vídeos lançados, cada um com um tema, já foram: Saudade, Alegria, Perdão, Liberdade, Ingratidão, Solidão, Esperança e Paz. Os vídeos estão sendo lançados quinzenalmente. 

Para conhecer o Cadeiras Vazias: http://www.cadeirasvazias.com/

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: