“Choro Carioca: Música do Brasil” durante a Olimpíada

Criado especialmente para o calendário cultural dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o show reúne alguns dos principais músicos da cena contemporânea do choro como Cristovão Bastos, Maurício Carrilho, Luciana Rabello, Aquiles Moraes e Magno Julio

 

Foto: Flora Pimentel
Foto: Flora Pimentel

Espaço dedicado à memória, ao ensino e difusão do choro no Brasil e no mundo, a Casa do Choro presenteia a cidade durante a Olimpíada Rio 2016 com o espetáculo “Choro Carioca: Música do Brasil”. Com temporada de 10 de agosto a 8 de setembro, sempre às quartas e quintas-feiras, o show conta a história do mais antigo gênero musical brasileiro, seus compositores e fatos marcantes ilustrados por projeções que retratam as transformações da cidade ao longo dos séculos. O projeto integra o Circuito Cultural Rio, idealizado pela Secretaria Municipal de Cultura e pela Prefeitura do Rio, para a programação cultural dos períodos Olímpico e Paralímpico. A entrada é franca. 

Da chegada da corte portuguesa, trazendo consigo instrumentos como o piano, o roteiro passeia por ritmos pré-choro como o lundu e a polca, passa pelas rodas de diferentes épocas e termina no choro contemporâneo. Nesse mergulho fica evidente como as histórias da cidade do Rio e do choro são indissociáveis: “É uma cultura que tem mais de 150 anos, que deu origem a toda música carioca que veio depois. A raiz é o choro, e o público precisa ter a ideia dessa grandeza, com a seriedade e a profundidade que essa música merece” – defende Luciana Rabello, presidente da Casa do Choro e idealizadora do projeto. 

Aparecem então grandes nomes como Chiquinha Gonzaga, Henrique Alves, Joaquim Callado, Anacleto de Medeiros, Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Radamés Gnattali, Dino 7 Cordas, Meira, Canhoto, Altamiro Carrilho; e os músicos que levaram adiante essa cultura a partir dos anos 70, como Raphael Rabello, Luciana Rabello, Maurício Carrilho, Cristovão Bastos – os três últimos, aliás, estarão no palco ao lado de Aquiles Moraes e Magno Julio, que representam a nova geração. 

Registros de Lima Barreto e Paulo César Pinheiro pontuam alguns momentos do espetáculo, que também traz projeções de fotografias raras e de obras de artistas como Portinari e Debret. “Choro carioca: Música do Brasil” tem coordenação geral de Luciana Rabello, direção musical e arranjos de Mauricio Carrilho e Pedro Aragão e direção de imagem de Zeca Ferreira. 

Idealizado pela Prefeitura do Rio, o Circuito Cultural Rio conta com mais de 700 atrações, selecionadas e patrocinadas por meio dos editais da Secretaria Municipal de Cultura, que serão apresentadas em mais de 100 espaços culturais espalhados por toda a Cidade, além dos eventos que acontecem ao ar livre. Com peças de teatro, exposições, shows, espetáculos de dança, atrações circenses, eventos de gastronomia, manifestações de rua, saraus, bailes e afins, o Circuito Cultural Rio vai possibilitar uma experiência integral da diversidade cultural carioca.

 

Choro Carioca: Música do Brasil

Com Cristovão Bastos (piano) Mauricio Carrilho (violão), Luciana Rabello (cavaco), Magno Julio (percussão) e Aquiles Moraes (trompete)

De 10 de agosto a 8 de setembro

Quartas e quintas às 12h30 | Gratuito

                                                      

Casa do Choro

Rua da Carioca, 38 – Centro, Rio de Janeiro :: Tel.: (21) 2242-9947 :: Capacidade: 100 lugares

Acessibilidade: Acesso para portadores de necessidades especiais

Bilheteria aberta 1h antes dos espetáculos

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: