Este inverno vai ser igual àquele que passou! O espetáculo “As três irmãs” vai repetir o sucesso dos anos anteriores

 

A peça de Tchekhov foi contemplada pelo Programa Fomento Olímpico da Secretaria Municipal de Cultura e fará parte da programação olímpica

 

Foto: Morena Cattoni
Foto: Morena Cattoni

Há três anos emocionando cariocas e turistas na Cidade Maravilhosa, a clássica peça “As três irmãs”, do dramaturgo russo Anton Tchekhov, volta ao jardim do Casarão Austregésilo de Athayde, no Cosme Velho, a partir do dia 4 de junho, para apresentações aos sábados e domingos, até 24 de julho, sempre às 16h, com entrada gratuita. Contemplado pelo Programa Fomento Olímpico da Secretaria Municipal de Cultura, o espetáculo – cuja montagem foi idealizada pela diretora Morena Cattoni e pelas atrizes Gisela de Castro e Paula Sandroni – fará parte da programação olímpica. E, graças ao sucesso de público e crítica nas duas temporadas anteriores durante o inverno carioca, a encenação entrou para o calendário de eventos da cidade.

O elenco sofreu mudanças, mas as três irmãs são interpretadas pelas mesmas atrizes das montagens anteriores: Julia Deccache e as já citadas Gisela e Paula.  O cenário também é o mesmo. E nem poderia ser diferente. Afinal, o jardim da residência do escritor que presidiu a Academia Brasileira de Letras entre 1958 e 1993, palco da encenação, tem quase a mesma importância de um personagem, dialogando com os temas da peça. A iluminação é natural, pensando a luz do sol como representativo do tempo, bem como das estações do ano: a peça começa com o dia ainda claro, na primavera, e termina com a chegada da noite e do outono.

A montagem da diretora Morena Cattoni privilegia a natureza, o texto bem falado e a passagem do tempo da primorosa obra de Tchekhov. A peça conta a história das irmãs Olga, Irina e Macha –  representadas por  Paula Sandroni e Julia Deccache e Gisela de Castro –, que moram no interior da Rússia com o irmão Andrei, interpretado por Cirillo Luna. Eles foram criados por um pai militar que os ensinou as maiores virtudes. Porém, onde moram, o conhecimento que têm não serve pra nada útil. Eles recebem a visita de militares em sua casa e filosofam sobre a vida. As três irmãs sonham em voltar à sua cidade natal: Moscou. Esse sonho as move, porém nunca chegam a realizá-lo.

E o sonho de montar esse texto de Tchekhov foi uma meta atingida com sucesso pelas idealizadoras Paula, Gisela e Morena, que reuniram uma equipe de profissionais engajados em torno da permanência do projeto no calendário anual da cidade. Foi, e é, o encontro certo no momento certo. Tudo tão perfeitamente combinado, inclusive a natureza selvagem do jardim, com sua luz natural, que se encaixou à proposta da encenação, emoldurando a passagem do tempo e a interioridade dos personagens tchekovianos.

 

Ficha técnica:

Texto: Anton Tchekhov

Direção: Morena Cattoni

Assistente de direção: Daniel Chagas

Idealização: Gisela de Castro, Morena Cattoni e Paula Sandroni

Elenco: Carlos Neiva, Chica Oliveira, Cirillo Luna, Gisela de Castro, Julia Deccache, José Gomide, Marcelo Morato, Marcio Freitas, Natasha Corbelino, Paula Sandroni, Paulo Japyassu, Paulo Roque e Vini Couto

Ator substituto: Daniel Chagas

 

 

SERVIÇO:

 “As três irmãs”, do dramaturgo russo Anton Tchekhov, montagem de Morena Cattoni

Local: Casarão Austregésilo de Athayde

Rua Cosme Velho, 599 – Cosme Velho

Data: De 4 de junho a 24 de julho, sábados e domingos, 16h

Entrada franca

Censura: 10 anos

Reservas pelo emailastresirmasnojardim@gmail.com

Em caso de chuva, não haverá espetáculo.

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: